Aprenda escrever bem para salvar seu Blog

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

Uma das coisas mais indispensáveis para qualquer blog é a qualidade do conteúdo. Isso só é possível por uma boa escrita, conhecimento do assunto e disponibilidade para pesquisar e aprofundar mais, mantendo o blog sempre atualizado. Um blog só é reconhecido e sempre visitado se conquistar o seu público pelo que produzir e se for mal escrito tudo isso ficará comprometido, mesmo que seja uma boa ideia. Blogs com um português ruim e difícil de entender, sem coerência estão fadados ao fracasso.

Fazer download do e-book Como Ganhar Dinheiro com Blog

Este é um tempo recorrente aqui no [ Ferramentas Blog ], não só porque sou professor de português, mas também por ser algo realmente indispensável para a sobrevivência a longo prazo do seu Blog. E não estamos falando aqui de pequenos erros de digitação, mas da baixa qualidade do português escrito que vemos em muitos blogs. Erros gramaticais grotescos, sem concordância ou nexo, sem contar os piores erros ortográficos que poderiam ser evitados olhando para o corretor, presente em todos os editores de texto.

Pode parecer radical, mas até defendemos que não se deve criar um blog se não sabe português. Não pense que quero excluir alguém ou cercear a liberdade das pessoas em criar blogs e expor sua opinião. O foco é a educação e o investimento que nós não fazemos para melhorar e ampliar nosso conhecimento. Sem dominar a sua língua você não saberá ler com capacidade de interpretar e nunca será capaz de se fazer entender.

O conteúdo do seu blog é coerente? 5 Dicas sobre coerência textual

E pensando no mundo dos blogs, técnicas de SEO (para melhor indexação no Google) e multiplicação do seu público alvo, um blog com baixa qualidade na escrita e gramática tem menos chances de sucesso. E essa é a posição oficial do Google: Erros de escrita e gramática afetam indexação do Blog no Google.

Algumas dicas importantes

Mesmo depois que saímos da escola precisamos nos manter atualizados e praticando o uso da língua.

  • Ler ao menos um livro por mês – mesmo com o dia a dia corrido, tente separar um tempo para a prática da leitura, algo que não seja uma obrigação e que vá além de tudo o que já somos obrigados a ler.

Lemos muito, mas com pouca qualidade e com pouca atenção ao longo do dia. Ler em quantidade não é o mesmo que ler com qualidade. Por isso mesmo que o livro é seu maior aliado, exigindo atenção e tempo exclusivo.

  • Curso rápido de Escrita e Redação – Para lembrar as coisas do tempo de escola, o melhor é fazer algum curso rápido para reforçar seus conhecimentos e melhorar sua prática no uso da língua.

Não é fazer um curso para revisar todo o conteúdo de português, mas para ir direto à prática, voltado para a escrita e a produção de conteúdo (redação). Com poucas horas de treino você será capaz de desenvolver suas capacidades e parar com erros simplórios.

Um curso que recomendamos é o Curso 24 Horas (Curso de Escrita e Redação), totalmente online e que tem um professor para corrigir seus exercícios e práticas. Algo que você faz em seu computador, nos horários que preferir, com o tempo que achar necessário, super barato.

Curso de Escrita e Redação Online

Com este investimento pequeno, suas chances de sucesso no Blog será bem maiores.

Além disso, o Curso 24 Horas é um ótimo programa afiliado para você ganhar dinheiro com seu Blog de forma direta, ajudando mais pessoas. Existem cursos de todos os tipos e para todos os níveis de conhecimento. Veja a lista completa dos cursos disponíveis. Todos são online e não tem mensalidades.

Ganhe dinheiro oferecendo Cursos no seu Blog
Cursos Online para Blogueiros

  • Revise tudo o que escrever – não se prenda apenas ao corretor ortográfico como uma garantia de que seus textos estão bem escritos. Todas as palavras podem estar certas, mas a gramática pode estar errada. Verifique os plurais, a concordância verbal e a concordância nominal, além da pontuação e separação das frases e parágrafos.

Algumas vezes, o simples fato de ler em voz alta o que acabamos de escrever, pode nos ajudar a reparar os erros, principalmente de coerência e concordância. Um texto sem coerência é aquele que perde o sentido ou que fica difícil entender o que realmente está sendo dito. Pense sempre que outra pessoa precisa ler e entender.

  • Escrever muito – A boa escrita só vem com prática e persistência. Quanto mais escrevermos, menos chances teremos de errar e menos dúvidas vamos ter na ortografia.

A nossa rotina de escrever comentários em redes sociais, enviar SMS e responder emails acaba nos atrapalhando. Mesmo escrevendo com frequência, não fazemos isso com a devida atenção e, muitas vezes não passamos de um amontoado de poucas palavras, cheios de vícios e abreviaturas que não existem. Um bom exercício é usar seus emails para praticar. Tente escrever de forma mais organizada e consciente, especialmente se for para seu chefe.

O mais importante com a língua é não acomodar-se. Procure sempre verificar seus textos e até pedir ajuda quando necessário. Algumas gafes e pequenos erros vão acontecer, mas que sejam por descuido e não por falta de conhecimento prático. Desse modo seu blog terá mais qualidade no conteúdo e seu público vai confiar mais no seu trabalho.

7 Comentários

  1. Realmente a produção de conteúdo e uma boa escrita, simples e detalhada pode fazer maravilhas pelo nosso blog. Falou bem Marcos Lemos, ao citar que não escreva um blog se não sabe português ! Seu post ficou ótimo e acho que passou bem a moral da história que escrever bem é algo que pode ressuscitar nossos blogs !

    Um enorme abraço e boa semana !

    Responder

  2. Eu particularmente, gosto de revisar umas 3 vezes os meus textos, preferencialmente em momentos completamente diferentes. Se, por exemplo, escrevo um post na segunda-feira, eu o reviso mais pro final da semana. É uma forma de encarar o meu próprio texto como um leitor crítico.

    Responder

  3. Coincidência você escrever sobre este assunto. Ainda ontem eu buscava algumas informações em blogs (muito conhecidos, diga-se de passagem) e fiquei impressionado, não só com os erros de digitação e gramaticais, mas também, com os vícios de linguagem. Percebi que boa parte dos blogueiros (que eu estava pesquisando naquele momento) repete a fórmula desgastada de escrever exclusivamente para os motores de busca. É um tal de “artigo de grande qualidade” para cá, “conteúdo de grande qualidade” para lá.

    Eles forçam determinados termos dentro dos posts na esperança de serem melhor indexados pelo Google.

    O pior é que muitos deles estão bem posicionados. Seu conteúdo, no entanto, deixa a desejar. Os erros na escrita são um capítulo à parte.

    Não custa nada revisar o texto antes de publicar.

    Por conta disso, fiz uma limpeza no meu leitor de FEEDs. Tenho lido cada vez mais a mídia especializada e cada vez menos os blogs underground (de fundo de quintal).

    O pessoal que está começando agora não me leve a mal, mas, é muita informação disponível e o tempo é cada vez mais curto. Não dá pra perder tempo com quem, apenas cozinha o texto e ainda escreve mal.

    Erros de digitação, são muito comuns. No fechamento de cada post/edição muitas falhas acabam aparecendo, mas elas são diferentes do analfabetismo funcional reinante e facilmente distinguíveis.

    Continue batendo sempre nesta tecla. Água mole, pedra dura…

    Responder

  4. Olá Marcos Lemos, realmente escrever bem, faz com que as pessoas que visitam seu blog tragam mais respeito e vejam seu blog com outros olhos, como meu blog é voltado para o humor, escrevo muito pouco nele, mais o pouco que eu escrevo procuro sempre não errar no Português.

    Responder

  5. Olá Marcos,

    Gostei muito do tema, e o mesmo veio em ótima hora para mim. Tenho tido algumas dificuldades para escrever no meu blog. Muitos textos de argumentação terminam por sair muito curtos, e isso me desagrada muito. Atualmente não tenho escrito muito nele, recomecei a postar ainda ontem, e o seu texto me ajudou muito, obrigado.

    Responder

  6. Sabe, eu na época de escola, minha matéria preferida era o português. Eu sabia bastante coisa, minhas notas eram fantásticas, meus textos sempre foram referencia dos professores, mas ai eu me formei e parei de escrever e de ler. A alguns meses atrás eu criei meu blog. Cara quando eu peguei pra escrever não sabia por onde começar, não sabia onde colocar virgula, meus textos não tinham acentos, foi feio. Hoje to bem melhor mas ainda tenho muito para melhorar, inspiração eu tenho, nunca me faltou, mas ainda dou uns tropeços na escrita kkk.

    Fica a dica a todos, nunca parem de ler e estudar, sempre se renovando.

    Responder

  7. Não se importar em postar um texto minimamente coerente e esperar bons resultados é desestimular a si próprio. Ninguém nasce sabendo, como uma criança que aprende cotidianamente, assim devemos ser e o sucesso é questão de tempo.

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.