Como gerar tráfego de um país específico para seu Blog?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

Pode não ser uma dúvida muito comum, mas há casos em que o blogueiro precisa encontrar um público específico, de determinado país ou língua. Para isso há recursos fáceis de serem aplicados no Blog para que seu blog seja encontrado por pessoas de um determinando país ou língua. Vou mostrar aqui como direcionar seu conteúdo para um público específico.

Fazer download do e-book Como Ganhar Dinheiro com Blog

Os passos que vou mostrar agora podem ser seguidos em partes ou na totalidade, dependendo do resultado esperado. é possível tornar seu blog ou site mais acessível e indexável para determinado país, mas também para determinado idioma ou vários, dependendo do conteúdo produzido.

Cada caso precisa ser estudado em separado para determinar a melhor estratégia a ser seguida.

1. URL do país

É bom registrar um domínio específico para o seu blog/site com a extensão do país de preferência ou algo genérico como o “.com” ou “.net”. Existem formatos de domínios para todos os países do mundo. Isso já é um indicativo da origem.

Registrar domínios de país específico é algo simples e pode ser feito por qualquer pessoa, desde que o endereço esteja disponível.

2. Configuração no Webmaster Tools

Outro passo é avisar ao Google, através do Webmaster Tools (Ferramentas para Webmasters) qual o seu público segmentando pelo país que desejar. Essa é uma mudança muito significativa e deve ser feita somente quando queremos mesmo fixar nosso conteúdo apenas para o país específico.

Menu para segmentar país de Destino no Webmaster Tools

Entrando no menu “Configurações” de sua conta, basta marcar a opção “Segmentar usuários em” e escolher o país desejado. Se quer segmentar vários país, essa não é a ferramenta. Aqui só é possível escolher um único país por URL.

Claro que é preciso ter adicionado o endereço do seu Blog, verificado e enviado também o Sitemap para usar plenamente o serviço da Google.

ATENÇÃO: Só faça isso se realmente quer limitar o tráfego de seu Blog/site para um único país específico.

3. Idioma do conteúdo

Produzir conteúdo na língua de seu público alvo é outro ponto altamente relevante e indispensável. Não basta traduções mecânicas, mas realmente a elaboração de conteúdo original e relevante para aquele público específico. O Google observa primariamente em que língua o conteúdo está escrito para determinar sua relevância e segmentar algumas coisas quase automaticamente.

4. Meta Tag Language

Para facilitar a identificação do idioma que contém certas páginas, pode ser interessante adicionar ao código fonte do seu blog uma Meta Tag de Língua, que avisa aos navegadores, aplicativos de acesso e também para os buscadores, qual é o idioma prioritário daquele conteúdo.

Normalmente pode ser aplicado assim, como no exemplo para “Português do Brasil”:

<meta http-equiv="content-language" content="pt-br" />

Ou então para conteúdo produzido em várias línguas, aqui no exemplo para “Português BR”, “Inglês dos EUA” e “Francês”:

<meta http-equiv="content-language" content="pt-br, en-US, fr" />

A influência dessa Meta Tag na indexação é baixa ou quase nula, mas é relevante quando se quer regionalizar o conteúdo, garantindo mais informações que descrevem bem o seu material publicado.

Bandeiras dos países que falam português

5. Backlinks regionalizados

Também não podemos esquecer da importância e relevância dos backlinks, as indicações e referências ao conteúdo do seu blog feito em outros sites e blogs direcionados para o público regional que você deseja. Desse modo, se quer segmentar para “Franceses” é importante ter seus links divulgados prioritariamente em conteúdos em francês, voltados para essas pessoas e que geram tráfego dessa região.

6. Divulgação regionalizada

Por fim é preciso divulgar diretamente para esse público regional que quer atingir. Há ferramentas nas redes sociais, como o Facebook, que permitem fazer publicidade para regiões específicas. Inclusive o AdWords (publicidades do Google) também permite a compra de anúncios específicos para localizações geográficas bem definidas.

Mas o mais simples é ir onde o seu público está, nos fóruns, nas redes sociais falando aquela língua e debatendo o assunto que você aborda.

Observações finais

Claro que existem pessoas que falam a língua de seu conteúdo em outros países. Aqui recebo muitas visitas de brasileiros que acessam nos Estados Unidos. Mas não preciso de backlinks, indicações de sites de lá.

Mesmo não tendo uma URL regionalizada, como a que uso aqui no [ Ferramentas Blog ], não quer dizer que vou perder tráfego do Brasil, só porque não termina por “.com.br” o endereço do Blog.

Algumas vezes a regionalização pode ser feita simplesmente pelo uso do idioma na produção do conteúdo, deixando todo o trabalho de indexar para o Google definir onde seu público irá achar o que você produz. As pesquisas são “planetárias” e não dá para saber de onde vem o seu público alvo e onde ele está realmente.

Quem desejar informações mais técnicas pode ler esse artigo de orientações do próprio Google sobre sites/blogs multilíngua: Working with multi-regional websites.

12 Comentários

  1. Olá Marcos,
    Tenho algumas dúvidas.

    São elas:

    1. Fazendo isso eu recebei visitas apenas do Brasil?

    2. Caso eu já tenha feito e retire está opção, meu blog ficará visível e voltarei receber visitas de outros países? (Atualmente não possuo o Analytics então não consigo visualizar da onde vem as visitas).

    3. Com esta opção selecionada eu receberei mais visitas do Brasil, ou mesmo ela não estando selecionada a questão quantidade é a mesma?

    Obrigado!

    Responder

    • Henrique,

      1. Se especificar a região diretamente no Webmaster Tools, sim, só do Brasil. O restante das técnicas pode direcionar mais a questão do idioma, tornando seu blog mais acessível para quem fizer buscas em português.

      2. Voltar nas configurações pode levar vários dias (as vezes mais de 90 dias) para ser novamente indexado no Google.

      3. As visitas virão de onde existirem buscas em sua língua. Não dá para saber de onde serão preferencialmente se você não especificar a região no Webmaster Tools.

      Responder

  2. Muito bom seu artigo mas fiquei com uma duvida.
    Se no ferramentas voce pode clicar em apenas um pais (no caso brasil)
    onde ir para divulgar em todos os outros paises? É possivel?
    Agradeço a sua resposta.
    Um abraço.

    Responder

  3. Marcos obrigada pela resposta.
    Mas o que é melhor?
    Marcar Brasil ou deixar desmarcado?
    Tenho uma conta no adsense e estou
    sempre preocupada com o blog.
    Quase sempre não sei o que é melhor.
    Normalmente acompanho as suas dicas
    para aprender um pouco mais.
    Sou apenas uma mãe/dona de casa risos.
    Então diga cá: é melhor marcar
    ou deixar desmarcado?
    Obrigada.
    Um abraço.

    Responder

    • Edinir,

      Como disse no artigo, se não tem certeza de como usar essa ferramenta, deixe o padrão.
      Essa mudança é apenas para casos muito específicos. Não se preocupe com isso.

      Responder

  4. Meu blog (de forma particular) não precisa desta ferramenta, mas achei super interessante. E fiquei mais feliz ao ver a bandeira do meu país (Angola) por aqui [risos].

    Obrigada pela dica.

    Abraços.

    Responder

  5. Marcos, observo que, diferentemente da grande maioria, o meu segundo maior tráfego se origina na Ucrânia, seguido de Rússia, e só então EUA e Alemanha. Não consegui identificar o porquê, especialmente pelo fato da Ucrânia não ser um destino tão comum para migrantes brasileiros.

    E aí surge a minha dúvida, pois adicionei o Google Tradutor na minha template, incluindo a tradução para o Russo e Alemão. Poderia esse tradutor influenciar no tráfego no caso de escassez de artigos de determinado assunto naquela língua. Esta seria a única explicação lógica. Vc tem alguma informação sobre isso?

    Responder

  6. Olá Marcos
    Bem eu vou contar o que está acontecendo com o meu blog e se possível você me diga qual procedimento devo tomar.
    No meu blog, tem dias que obtem-se mais visitas da Malásia do que no Brasil. Acho curioso porque os países citados não tem uma relação tão nítida. Eu não queria restringir as “visus” do meu blog ao publico brasileiro no entanto, meu desejo é que as visitas brasileiras estejam no topo de visitas do meu blog. Ah algo a se fazer quanto a isso ? O que você me recomendaria ?

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.