Como ser um blogueiro melhor?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

Penso nisso todos os dias antes de publicar algo neste blog.


Como ser um blogueiro melhor?

  1. Leia mais offline do que online;
  2. Passe menos tempo do seu dia na frente de uma tela;
  3. Carregue menos o seu celular;
  4. Converse com mais pessoas cara a cara;
  5. Pratique uma atividade física regularmente;
  6. Procure ir a lugares onde não tem internet wi-fi ou 3G;
  7. Escreva à mão, usando caneta e papel, como antigamente.

Bom, isso são coisas que eu penso que podem ajudar você a ser um blogueiro melhor. (Depois explico o por quê de um post tão pequeno)

16 Comentários

  1. Com certeza isso faz diferença.
    Na minha opinião, quando você passa mais tempo lendo online ou vendo conteúdo (vídeos, fotos e outros) na Internet, a chance de você (blogueiro) publicar coisas repetidas (vistas em outros sites) é muito maior. Isso prejudica a autenticidade do seu blog.
    No “mundo offline” você tem a chance de observar mais coisas e transformá-las em artigos super interessantes para seus leitores, com coisas do cotidiano.

    Como sempre, um ótimo toque para seus leitores, Marcos !

    Um abraço.

    Responder

  2. Toda vez que vou escrever penso no item 7º
    Tirando esse e o 4º, com quase certeza, não irei conseguir
    Meu PC é igual minha vida faço tudo normalmente mas não consigo ficar longe dele

    Responder

  3. Artigo pequeno, mas qualificado, util. Concordo com todas essas dicas, mas acredito que, ler outros artigos, outros blogs, ajudam na melhoria do blogueiro.

    Responder

  4. “Leia mais offline do que online”

    Eu entendi o que vc quis dizer. Pra evitar um pouco ler online, pq isso pode acabar tirando o seu foco do blog.

    Mas vezes isso é bem difícil pq quem escreve pra midia offline são criaturas chamadas jornalistas. E jornalista é aquela coisa: pior que eles, só os políticos brasileiros e o capeta.

    Se o cara quiser notícia, é melhor entrar num desses portais que só contam os fatos de forma curta e grossa. Se o cara quiser algo mais aprofundado, alguma analise, ai o ideal é ler blogs/vlogs de pessoas que realmente entendam do assunto que estão tratando. Mas nesse caso o conteúdo terá de ser online.

    Responder

    • André,

      ler mais offline não é apenas notícia. Pense em bons livros, literatura, artes… entendeu? Se quer notícias, temos que diversificar o máximo possível, online e offline, mas nem toda leitura é só notícias.
      Leia mais outras coisas, é isso que eu quis dizer, leia além do que você está acostumado a ler, saia da rotina.

      Responder

  5. Ameeei o post..e pra mim foi um verdadeiro desafio escrever no papel..e ontem lembrei do post e escrevi em um cardeno..

    E não é que deu super certo? Hj publiquei um dos meus melhores posts (na minha opnião), e o melhor foi escrito na mão (como antigamente)

    Adorei, obrigada mais uma vez…seus posts sempre são maravilhosos!!

    Abraço Taly

    Responder

  6. ser um blogueiro.
    É uma tarefa dificio essa e muitas das vezes, sei que muitos como eu que tenta manter um blog
    na lei dos buscadores, manter um blog por amor, compartilhar com as pessoas as nossas emoções e de alegria e tambem as vezes de tristezas.
    Desputamos um espaço sem querer disputas, porque eu acho que existe espaço para todos, eu cho!
    Um nós chegaremos lá, e nunca desisto, mesmo que fique dificio das pessoas nos encontrar, mas elas nos acharam em um dessas pesquias do dia a dia.

    Responder

  7. Acabei de comentar no artigo “quer ter um blog, mas não quer ler?” exatamente sobre o ponto “Leia mais offline do que online.” Ler offline é muito mais importante, principalmente porque nos concentramos por bastante tempo na leitura. De uma maneira ou outra, aprendemos a escrever melhor e gostamos ainda mais de ler.

    Abraço!
    Anderson Chipak

    Responder

  8. Pois, é uma das coisas que muita gente já nem consegue fazer, um computador viciou milhares de pessoas, e agora já não vejo tanta gente na rua como antigamente!
    É pena!

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.