Copiar é feio. Linkar e citar é lindo.

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Alguns assuntos sempre voltam, mas dessa vez vamos falar de forma mais light e aprender algo simples que todos nós blogueiros devemos pensar e agir. Um argumento que sempre escuto de plagiadores e duplicadores de conteúdo é que estão “divulgando” e “ajudando” a passar uma informação adiante, que a “internet é assim”. Mas será que essa é mesmo a forma de nos ajudarmos?

Copiar é feio.

Mesmo que você tenha boa intenção, querendo apenas “passar uma boa ideia a diante”, simplesmente copiar e colar o que está em outros blogs e sites não vai ajudar em nada. Isso na verdade atrapalha e muito.

Duplicar conteúdo viola princípios básicos do bom funcionamento da internet. A rede é feita de links, hiperlinks, projetada para interligar conteúdo pelas URLs (endereços das páginas). É sempre um lugar apontando para outro, formando uma teia, uma rede de informações.

Isso fica mais claro quando pensamos nas regras de indexação do Google, principalmente com o advento do Panda. A Google abomina conteúdo duplicado, mesmo quando se está citando a fonte ou que você tenha autorização para copiar e republicar. A Google gosta de conteúdo único, original. Ao duplicar e copiar algo (repito, mesmo com autorização) a Google não indexará seu blog/site e o autor ainda pode denunciar você e até processar.

Linkar e citar e lindo.

Para manter a internet viva e relevante, o melhor que se faz é, quando encontrar algo que você gostou e quer que todos leiam, escrever um post/artigo resumindo o que você achou e indicando que seus leitores visitem o link para ler o conteúdo original direto de sua fonte.

Ao indicar conteúdos originais e relevantes para o seu público, a Google vê seu blog/site com bons olhos, o autor original também ficará feliz e pode até se tornar seu parceiro citando você de volta.

Mais ainda o seu público confiará em você, tendo seu blog como referência para encontrarem bons conteúdos e se manterem informados.

Se caso você quiser escrever sobre algo que você leu e gostou em outro lugar, use aquilo como fonte de inspiração, cite e comente o que leu antes e então escreva a sua visão, a sua forma de entender e pensar aquele assunto, ampliando o tema e multiplicando o conhecimento. Aí sim você estará ajudando e promovendo a proliferação de informação na internet.

Já pensou em ser um(a) Blogueiro(a) mais Profissional?

Está cansado(a) de ser um blogueiro mediano(a) e que não tem resultados com seu Blog, não ganha dinheiro e não recebe as visitas que gostaria?

Você chegou aqui procurando como aprofundar seus conhecimentos em Blog, como Ganhar Dinheiro com seu Blog, aplicar as melhores técnicas de SEO, divulgar seu Blog e fidelizar seu público alvo. E posso te ajudar com essas coisas e muito mais, elevando o nível de qualidade do seu projeto.

Desenvolvi um curso completo, totalmente online, cobrindo tudo o que é necessário para um Blog atingir seu potencial máximo, detalhe por detalhe, que vão te tornar um Blogueiro de Elite:
  • Técnicas de produção de conteúdo
  • Fidelização do Público alvo
  • Divulgação e Técnicas de SEO
  • Métodos e técnicas de Monetização
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Esta é sua chance de ser mais profissional e ter um blog eficiente, completo e que pode ser sua fonte de renda permanente. Sou Blogueiro desde 2007 e condensei todo este conhecimento dentro do curso Blogueiro de Elite para entregar a você.

44 Comentários

  1. Olá Marcos, muito bom o post. Eu utilizo em meu blog a ferramenta gratuita Tynt, que basicamente, rastreia dos copiadores de conteúdos de plantão e automaticamente adiciona um link de volta para aquela tal postagem copiada.

    Por dia, em meu blog, são copiados mais de 10 posts, sendo que apenas metade desses copiadores deixam o link para o post original. Em uma semana está estatística chega a quase 100 posts copiados e são poucos os que deixam o link.

    Responder

    • “Que atire a primeira pedra quem nunca copiou um post de outro lugar.”
      Bem pessoal sei que isso é errado mas como informou o amigo André o fato de copiar um texto e no final colocar o link é achar que o blogueiro original vai agradecer a sua “ajuda” mas ninguém é bobo.
      Mas não esqueçamos que realmente eistem pessoas que fazem isso sem má intensão,pelo menos no começo,se depois de um tempo aprendendo sobre técnicas SEO,BackLinks,CrossLink´s,etc o indivíduo continuar copiando…ai é sacanagem.
      Vamos estudar mais e criar para não ter que copiar.

      Responder

      • Desculpaí, mas tenho blog desde 2000 e nunca copiei um post de outro blog.
        Até porque se aprende na escola que “trabalho copiado não vale nota’.

        Responder

      • Desculpa aí também, amigão, mas eu também nunca precisei de copiar nenhum conteúdo de outros blogs.
        Na verdade, nem no começo justifica copiar, pois quem quer blogar e ter sucesso já tem que aprender desde o início.

        Na verdade, é muito bem feito o Google punir quem copia conteúdos, porque muitos desses que copiam nem mesmo citam o link e ainda recebem todos os créditos.

        Infelizmente, ao visitar um blog no Dihitt, identifiquei que o título e o conteúdo do post foi copiado deste daqui do Ferramentas Blog!

        É lamentável que existam pessoas que querem depender do trabalho dos outros para ganhar visitas. Às vezes, nós, blogueiros, gastamos algum tempo – até mesmo algumas horas – pra criar um post, que o plagiador leva menos de 30 segundos pra copiar!

        Responder

  2. Marcos, ótimas dicas! Realmente, copiar conteúdos além de ser uma atitude feia e irregular, faz-nos pensar que o copiador não têm inteligência ou habilidade para construir seu próprio póster!

    Abraços e boa sorte!

    Responder

  3. Tenho o Ferramentas Blog como referência no aprendizado, e sempre encontro tudo aquilo que procuro quando acesso as páginas desse excelente Blog. Ainda ando em passos de tartaruga com meu blog, mas, como sigo os bons, sei que em breve estarei aumentando as passadas, e quem sabe um dia correndo ao lado dessas feras.

    Responder

  4. Haaaa coloquei seu link nessa postagem tb [Link suprimido]
    Eu sempre faço desse geito,mas sempre fico preocupada pensando se estou fazendo do jeito certo mesmo.O q é meu é meu o q é de outros não me pertence…Fique com DEUS.

    Responder

  5. E se eu tenho uma estratégia de conteúdo original transversal que alimenta vários canais proprietários com públicos e regiões específicas? Se o conteúdo é meu e os canais são meus, eu deveria ter o direito de poder replicar esse conteúdo se pra mim e para meus diferentes públicos fizer sentido.

    Um cenário desses exige uma metatag para que eu avise nos meus canais duplicados qual é a fonte principal que deve ser indexada e evidenciar a relação bilateral entre eles. Existe alguma forma de fazer isso? Já vi algumas formas, mas sempre parece ser ou para o google news ou para conteúdos replicados no mesmo site.

    Responder

  6. estou aprendendo e atualizando minhas postagens, assinei por email seus feeds ,sei que ajudará muito com suas excelentes dicas ou melhor ensinamentos…valeu…fuiiiiiiii

    Responder

  7. Como regra geral é ótimo, também acho lindo citar e linkar. Só fico doida quando a pessoa que to linkando tira o conteúdo do ar!!!! Aí lascou né? Faço um texto comentando o lance e parece que to comentando as paredes porque dá o file not found. Então quando eu acho que o conteúdo vai ser deletado eu copio sem dó!

    Pensem nisso.

    Abraços

    Responder

  8. Tema polêmico.

    Eu acho que, citando os créditos, não há muito problema com cópias. Os textos publicados em nosso site são frequentemente republicados em outros blogs. Desde que nos linkem, estamos satisfeitos.

    Mas acho que cada um tem direito a ter a sua própria política, e se o autor de um determinado artigo não quer que ele seja copiado, isso deve ser respeitado pelos outros blogueiros.

    Responder

  9. O máximo que faço é colocar um pequenos trecho e na maioria das vezes prefiro só linkar.
    Infelizmente o plágio não é um problema da internet e sim do ser humano como muitos já disseram,a única coisa que acontece que na web é mais fácil plagiar já que muitas vezes o individuo “preguiçoso” sai impune.

    Porém com a ajuda do panda podemos respirar um pouco aliviado já que os “copy-past” não terão mais tanto sucesso a custa do trabalho dos outros.

    Abraço e obrigado por postar excelentes post,você e o Claudio!

    Responder

      • Também acho isso, Isaías, na maioria dos casos. Mas tem os casos de falta de educação básica, em que o cidadão (?!) não compreende que está cometendo roubo de propriedade intelectual e do trabalho alheio. Tem muita gente que cresceu na Internet e acha que copiar e colar é super-normal.

        Responder

  10. Não sei se chegar a processar alguém por copiar um link é relevante. Concordo que não é legal copiar conteúdo. Particularmente prefiro criar meu próprio conteúdo. Não tenho tanto conhecimento sobre o assunto e não me ficou claro quais os prejuízos para o meu blog se alguém copiar meu conteúdo.
    Acredito que a internet é aberta e o pessoal tem todo o direito de se expressar, de colocar suas ideias e de agir dentro da ética possível.
    Pode ser que com mais informações a respeito eu possa mudar de opinião. Não sei. Só acho um tanto exagerado as pessoas ficarem “irritadas” com uma cópia de seu post.

    Responder

      • Eu não sei se já levo a sério o ato de blogar como você colocou… mas eu levo a sério o meu blog. Quanto à compreensão do que seja ter conteúdo do meu blog copiado por outros, ainda não tenho esse entendimento. Talvez o tempo me ensine como vc falou, talvez se eu buscar mais informações a respeito do assunto. De qualquer forma, no momento atual prefiro pensar que cópia de blog não chega a ser um “crime”.

        Responder

          • Bom, isso é relevante quando se quer proteger seu conteúdo de divulgação ilegal que venha prejudicar o seu trabalho profissional. Mas não vejo problema se alguém copiar por exemplo um simples post contando como foi o dia e o que fez. Acho que essa questão jurídica é muito relativa. Imagina alguém sendo processado por ter copiado um post. Acho q o Brasil tem tanta coisa pra resolver no âmbito jurídico e se essa moda de processar copiados/plagiadores se espalhar vai ficar complicado pro judiciário. Não costumo copiar conteúdo, e não estou fazendo apologia a tal. Mas acho que deveríamos buscar outros meios para resolver o problema, como incentivar as pessoas a serem mais criativas.

            Responder

  11. Tenho um blog em que mesmo que não tenha copiado o artigo, nenhum parágrafo inteiro, mas que a idéia tinha sido de outro, coloco ao final do texto: referências , e linko o blog de onde veio a ideia.Muita gente copia, mas diz que o conteúdo é original, so por que nao copiou as palavras exatas do post….leu o texto e reescreveu com suas palavras…pra mim continua sendo copia..

    Responder

  12. E se eu disser que eu conheci o ferramentas blog por outro blog que pos um video ou uma postagem(nao lembro bem)….e citou o url do ferramentas blog.e hoje to aqui todos os dias visitando o fb.a copia que o blog fez do fb me trouxe aqui.foi ate benefica.pessoas que nao permiem copias do seu conteudo eu chamo de “blogueiros egoistas”.

    Responder

    • Se a pessoa que copiou o meu conteúdo e você viu tivesse simplesmente indicado o link e citado meu blog como referência, você o teria encontrado da mesma forma e isso seria mais honesto e certo.
      Não é questão de egoísmo. É questão de respeito ao trabalho do outro. Não estou aqui escrevendo de graça e trabalhando de graça pra vagabundos roubarem o que faço. Se não tem competência pra criar, então não copia.
      Se gostou do que outro fez, recomende e cite, sem clonar.

      Responder

      • Olá,realmente e muito feio Copiar conteúdo isso é o mesmo que roubar uma bicicleta essa pessoa que faz isso tem que ser punido, quando alguém gosta de algum assunto tem que pedir autorização para publicar.
        sempre que for fazer deixe um link ou coloque a fonte de onde tirou a notícia, assim como nós gostamos de ser respeitado devemos respeitar, caso encontrar um site que te autoriza a compartilhar mesmo que vai ser replica, tem que fazer com consciência, já sabendo que aquele site te dar permissão sim sabendo que quando alguém clicar vai dar no verdadeiro site autor da quele conteúdo,vejo que tem muitos sites blog na net site de noticias do mundo,que a maior parte são pessoas que estão a compartilhar, não vejo nada de errado, o problema e feio e grave quando alguém copiar e quer se dono de uma matéria que não é dela, isso deve ser levado ao tribunal acho crime, e uma grande maldade e respeito a um autor, que seja divulgado de onde vem a fonte o link e o nome do autor da postagem,tudo tem dono nada está na net ou na porta de sua casa para ser tirado roubado, concordo com a postagem do Marco Lemos sucesso.

        Responder

    • Quem copia o conteúdo de outros blog é muito mais egoísta do que quem proíbe, uma vez que este, ao fazer isso, sequer pensou na pessoa vítima de plágio, porém pensou só em ganhar visitas com conteúdo dos outros.

      Nem todo mundo clica nos “links gentis” que ficam no final da página – bem pequenininho – “referenciando” o blog que foi plagiado!

      Concordo com você, Marcos! Não estou trabalhando de graça!

      Responder

    • Com certeza…
      simplesmente traduzir é cópia tb. O melhor é, se gostou de algo em outro idioma, fazer uma referência, adicionando sua opinião e escrever sobre o assunto usando suas palavras, mas sempre reportando ao conteúdo original como fonte. Sem esquecer de linkar.
      Também é bom avisar o autor original que você usou o texto dele como modelo e fonte para criar o seu e que o está citando como referência.

      Responder

  13. Marcos, fiz uma análise de meu comportamento depois de ler este post. Quando puder dá uma olhada por favor no meu twitter @CrsInformatica.
    Segue um trecho: “Primeiro que dizer a todos que este é o meu primeiro post de conteúdo original. Quero dizer também que estou muito satisfeito, por um motivo muito simples. Encontrei finalmente a inspiração para essa virada.”…”Foi então quando li o post “Copiar é feio. Linkar e citar é lindo.” do meu “guru dos blogs”, o professor e blogueiro Marcos Lemos do Ferramentas Blog, descobri que vinha fazendo tudo errado! Acreditem! Minha intenção nunca foi esta!” Valeu!

    Responder

  14. Meu posts do meu Blog eu sempre copiava de outros lugares, a partir do que eu li esta matéria, vou mudar, todos meus conteúdos serão com uma visão critica dos assuntos!!!

    Responder

  15. Pingback: Onde encontrar inspiração para publicar em seu Blog | [ Ferramentas Blog ]

  16. Não sei se o Panda resolve isso tudo não. Ajuda com aqueles que são muito, mas muito caras-de-pau mesmo, a turma do ctrl+C, ctrl+V. Mas vocês já viram aqueles softwares de spinning? O sujeito pega um monte de texto de um monte de lugares, e o software cria automaticamente 100 diferentes versões de artigos baseados naquilo, usando sinônimos e frases alternativas. Por enquanto eu só vi em inglês, mas a coisa é de assustar…

    Responder

  17. Pingback: Copiar é errado e anti-ético, todo mundo sabe. Mas o que é copiar?

  18. Sempre ouvi falar que cópia prejudica a indexação, mas tenho uma grande dúvida. Eu tinha um blog onde descrevi uma viagem de quase 5 meses, dia após dia. Como o blog tinha o nome específico dessa viagem (Mochilão na Ásia), quando resolvi continuar blogando sobre outras viagens, mudei o nome e migrei todo o conteúdo anterior. Essa forma o google considera cópia também? A indexação do blog novo está prejudicada?

    Abraço!

    Responder

  19. Pingback: Tutoriais Web 3.0 » Você sabe o que é plágio e quebra de propriedade intelectual?

  20. Pingback: Ética blogueria – links de referência | .:vida de letícia:.

  21. Pingback: Por que CopyLeft não faz sentido para a Blogosfera? - [ Ferramentas Blog ]

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.