[Vídeo] O Facebook quer concorrer com o Youtube?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Agora o Facebook quer ser uma plataforma de vídeos concorrendo com o Youtube. Para isso eles prometem que os vídeo publicados diretamente nas Páginas terão mais visibilidade do que os links de outras fontes.

💥💥 ÚLTIMA CHANCE p/ Salvar seu Blog! 💥💥

Estou encerrando as inscrições para o curso "40 Dias p/ Salvar seu Blog" e esta é sua última oportunidade para aproveitar um conteúdo incrível que pode colocar seu blog no caminho certo. Acesse AGORA mesmo para saber todos os detalhes e assistir às 5 primeiras vídeo aulas gratuitamente. As inscrições encerram dia 31/08/18.

40 Dias p/ Salvar seu Blog | salvarblog.com

Hoje os vídeos são a grande tendência para a internet e cada vez mais as pessoas procuram conteúdo nesse formato. Acredito que os vídeos vão mesmo dominar a internet nos próximos anos, o que justificaria esta nova estratégia do Facebook.

Eu fiz meus testes e publiquei este vídeo abaixo primeiro no Facebook e só depois no Youtube. Realmente a postagem direta do vídeo teve mais visualizações do que uma publicação de um link comum. E bem mais do que a postagem de um link de vídeo no Youtube.

Já falei em outro vídeo de como o Facebook tem usado os algoritmos para diminuir o alcance das Fan Pages, só para eles ganharem mais dinheiro com anúncios. e já publiquei um artigo dizendo o quanto Eu ODEIO o Facebook!

Então, o que você acha disso? Será que o Facebook consegue concorrer e ser mais relevante que o Youtube?

Link: Facebook Ads para Vídeos.

.

6 Comentários

  1. Marcos, muito boa dica! A questão é que o Youtube lhe oferece um canal para organizar os vídeos e também a chance de remuneração com eles – o que me pareceu fácil desde que você siga as regras. No facebook conseguimos aumentar o número de visualizações na fanpage e só. Pensando dessa forma, o Youtube continua na frente pois remunera.
    Você já fez o teste de subir o vídeo diretamente no facebook e depois também colocar o link para o Youtube? Outra forma é fazer como você fez, dizendo ao final do vídeo que as pessoas podem curtir ali e no seu canal. Mas no meu caso por exemplo, que são receitas em vídeo, não existe exatamente um contexto para isso – eu mesma não apareço no vídeo, que aliás sempre imita o cinema mudo.
    abraços
    Mônica Brandão

    Responder

  2. Que comece a batalha virtual! Agora, só falta o Facebook concorrer com o AdSense, oferecendo mais dinheiro para os blogueiros!

    Marcos, os vídeos postados diretamente no Facebook, podem ter no máximo quantas horas ou minutos?

    Responder

    • Paulo,

      Não tenho essa informação, mas penso que vídeos muito grandes (1Gb ou mais) pode ser muito penoso para fazer o upload lá. Se já é complicado e lento no Youtube, imagina no Facebook!?

      Responder

  3. Acredito que o Youtube já está muito consolidado como plataforma de vídeos. É como as funções de aplicativos como skype e whatsapp, ou seja, quando se tem algo padrão para fazer uma atividade, acho que as pessoas acabam se acostumando. Eu, particularmente acredito que o YouTube só tende a crescer, pois há mais canais sendo criados e com conteúdos monetizados.

    Gosto bastante do teu blog, acompanho há alguns anos. Comecei a blogar novamente essa semana. Meu blog: maisotimismo.blogspot.com.br

    Responder

  4. Olá Marcos.
    Acredito que isto vai trazer ao facebook conteúdos de baixa qualidade, além de um público que não dá tanto retorno, pois pelo que vejo o público do facebook o usa mais como um passa tempo, já o público do youtube usa como passa tempo e também para conteúdos educativos que é forte no youtube.
    A grande diferença na qualidade é que o youtube paga e dá treinamento aos seus criadores, quando ao facebook não dá nem um incentivo financeiro, então não vejo motivo para os criadores trabalharem de graça para o facebook ao invés de trabalharem com o youtube.
    Esta é a forma que eu vejo, inclusive cancelei minha conta no facebook.

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.