Meu Namoro e meu Blog

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

namorar O que um Namoro tem a ver com seu Blog?
Nesse domingo dia 9 de Agosto (2009), completamos, Marina Damas e eu, 1 ano de namoro. Gostaria de compartilhar isso com vocês que são meus leitores e estão constantemente visitando o [ Ferramentas Blog ]. E antes que você pare de ler este texto, já respondo a pergunta que motivou este artigo. Os relacionamentos podem nos ensinar muito sobre como precisamos agir para que as coisas durem mais tempo e produzam o resultado esperado e é sobre isso que vamos tratar neste artigo.

 

Eu estava refletindo sobre o que foi todo este ano namorando a Marina e o que me mantem cada dia mais motivado em continuar esse relacionamento. ‚ÄúAmor‚ÄĚ √© a resposta que vem √† mente das mo√ßas que l√™em, e sou obrigado a concordar, mas at√© o amor precisa ser nutrido para que n√£o venha a acabar ou se render √† morosidade, acomodando-se e ficando l√≠vido. Nossas motiva√ß√Ķes iniciais t√™m sempre que ser lembradas para saber porque iniciamos aquele caminho.

 

√Č a√≠ que j√° come√ßamos a pensar em nossos blogs. Algo nos motivou a come√ßar um blog e escrever, publicar na internet. Muitos escolhem por afinidade ou por quererem aprofundar algo que gostam. N√£o importa o nicho, tema, que voc√™ escolheu para o seu blog, o que importa √© que tem que ser algo de que voc√™ agrade e que possa ser motivo de alegria di√°ria, pois um blog, como um namoro, um relacionamento, precisa de dedica√ß√£o di√°ria e s√≥ vamos querer gastar nosso tempo todos os dias com algo que gostamos e que temos interesse.

 

N√£o posso ver a Marina todos os dias, mas telefono sempre e conversamos diariamente, mesmo que sejam amenidades. O contato faz manter o interesse e nos faz querer conhecer sempre mais o outro ‚Äď o que acaba alimentando nossa amizade, o respeito e a cumplicidade.

Voc√™ n√£o vai ‚Äútelefonar‚ÄĚ para seu blog, mas precisa acompanhar a evolu√ß√£o dele, e verificar sempre como tem andado suas estat√≠sticas, conferir os coment√°rios, cuidar do layout, responder e-mails. S√≥ o contato di√°rio com o seu blog, com o trabalho que voc√™ se prop√īs √© que vai te ensinar como continuar melhorando o que faz. √© bom avaliar quanto tempo voc√™ dedica ao seu blog diariamente e isso ser√° uma boa medida para voc√™ saber os motivos dos bons e maus resultados de seu blog.

 

marina-damas-marcos-lemos

Marina Damas e Marcos Lemos (foto: Sara Soares)

 

Quer que seu blog dê bons resultados, que tenha muitas visitas e gere receita para você? Então veja quanto tempo você dedica a ele diariamente e o quanto você se importa com o que faz e o que te motiva a continuar.
N√£o d√° pra namorar e querer ver s√≥ de vez em quando ou n√£o se importar muito com o outro ou querer apenas tirar proveito pr√≥prio, pois isso √© ego√≠smo. Um relacionamento √© uma troca m√ļtua e sincera e precisa ser satisfat√≥ria para as duas partes.
Se quer resultados de seu blog, ent√£o ofere√ßa a ele sua dedica√ß√£o gerando conte√ļdo de qualidade, se relacionando com seus visitantes, melhorando a navegabilidade e o layout de suas p√°ginas. Preocupe-se sempre em escrever mais e melhor sobre o tema de seu nicho, superando as expectativas de seu p√ļblico alvo.

 

Quais s√£o seus objetivos com esse blog?

Todo relacionamento tem que ter objetivos claros e as duas partes t√™m que buscar e sonhar com as mesmas coisas. √Č assim em qualquer namoro, noivado ou casamento. As pessoas s√≥ ficam juntas quando buscam as mesmas coisas e sonham juntas. √Č preciso di√°logo e dedica√ß√£o, muito auto-conhecimento e conhecimento do outro j√° que v√£o caminhar juntos.

Você ainda se lembra de seu objetivo para o seu blog?

Eu me lembro todos os dias de qual é meu objetivo para estar com a Marina e porque quero continuar e passar minha vida com ela. Sonhamos e desejamos as mesmas coisas e nos entendemos bem; somos amigos e nos dedicamos um ao outro para que tudo o que construirmos dê fruto de amor e carinho. Nosso objetivo é a felicidade do outro e isso é algo que precisa ser buscado constantemente e precisa de muita atenção e cuidado.

 

Por fim, um namoro n√£o come√ßa para ser uma brincadeira. Pode come√ßar numa balada, com pequenos encontros distra√≠dos ou mesmo s√≥ ‚Äúficando‚ÄĚ. Mas quando vira namoro tem que pensar no futuro e precisa de aten√ß√£o constante, carinho, afei√ß√£o. √Č preciso que se queria prosperar e dar resultados concretos ‚Äď tem que levar a s√©rio.

A pergunta que faço é: quanto você leva a sério o seu blog?

 

Para terminar, segue uma pequena cr√īnica que escrevi. Para quem n√£o sabe, escrevo cr√īnicas e contos tamb√©m e em breve (eu espero) vou publicar um livro.

 

quarto-casal Na Cama.

Do alto do mezanino v√™-se o interior da casa toda. √Č l√° que est√° a cama; em cima fica o √ļnico quarto da casa que n√£o tem mais do que uma cozinha somada √† uma ampla sala, que √© ao mesmo tempo de TV e de jantar. No canto, embaixo do quarto, junto √† escada de madeira que d√° acesso a este c√īmodo superior, est√° um pequeno quarto de leitura, como sendo um escrit√≥rio com duas paredes repletas de prateleiras tamb√©m repletas de livros; uma poltrona, uma mesa com lumin√°ria e almofadas por sobre o tapete macio e branco. Todos os ambientes decorados de forma simples, distintos, que n√£o se confundem mesmo sem paredes ou portas para separ√°-los.

No lugar do repouso apenas uma cama baixa, mas grande; um criado-mudo de duas gavetas do lado esquerdo, sustentando um abajur de meia-luz amarelada, um romance de poucas p√°ginas. Do outro lado, seu par que sustentava apenas um copo com muita √°gua ‚Äď transparente, reluzindo um fecho de luz atrevido que penetrava o canto da cortina entreaberta ‚Äď a b√≠blia, marcada em v√°rias p√°ginas viciadas, junto a um pequeno ros√°rio de contas em madeira e corda. Rezavam junto todas as noites.

Quase √† beira do mezanino, uma pequena poltrona de cor escura contrastava com o branco da roupa de cama em len√ß√≥is mal arrumados de uma manh√£ azul de domingo. Muitos travesseiros para uma cama onde s√≥ dormem dois ‚Äď todos brancos tamb√©m. Observava sua jovem esposa que ainda dormia serena por entre o emaranhado alvo, deixando √† vista apenas seus ombros femininos, os cabelos jogados de lado revelando uma face linda de menina a sonhar, e as pontas dos p√©s descobertos. P√©s que dan√ßaram felizes, conduzidos pelos passos do amado que agora a observava.

(autor: Marcos Lemos ‚Äď Todos os direitos reservados)

.

11 Comentários

  1. Pensei que vc fosse comunicar que iria parar de postar, pq tinha recebido um ultimato o blog ou eu, mas é bom saber que o namoro e o blog continuarm firme hehehhehehheheh

    Responder

  2. Nossa! Maravilhosa metáfora, Marcos. Mostra seu lado humano, além de um teclado e idéias, mas sem perder o foco e objetivo deste blog. Muito instrutivo e reflexivo este post. Parabéns!

    Responder

  3. Tecnicamente falando como blogueiro e como pessoa absolutamente social:você tem tudo o que uma pessoa poderia querer!!

    Imagine:ter 150 mil pageviews mensais(q pode render algo no Google Adsense) e ter uma namorada fiel como a sua(com todo o respeito,hehehe) s√£o o desejo de qualquer blogueiro iniciante!!

    Parabéns!!

    Responder

  4. Oi, Marcus!

    Parab√©ns pelo uma no de namoro com a Marina. Gostei da compara√ß√£o que vc fez, pois o blog – assim como qualquer relacionamento, exige dedica√ß√£o, carinho e cuidado. Tamb√©m gostei da cr√īnica! Espero em breve ver seu livro publicado.

    Abraço

    Responder

  5. Pe√ßo a Deus que aben√ßoe este relacionamento…
    " O amor não pratica o mal contra o próximo; de sorte que o cumprimento da lei é o amor.( Romanos 13.10 ).

    Responder

  6. Adorei o post e a cr√īnica! Isso mesmo, cuidar da vida, dos amores (porque tenho muitos: filhos e neto tamb√©m!)e do blog,. Estou revendo meus objetivos iniciais pois acho que me perd√≠ um pouco. Obrigada pela dica!
    Tenha uma linda semana com Marina!
    Beijo

    Responder

  7. Eu costumo dizer que o amor acontece,relacionar aquilo que voce gosta com o que mais gosta √© sempre uma forma de demonstrar o quanto se quer disso tudo.PARABENS-pelo blog,que eu amo de paix√£o porque me ajuda muito,parabens pela coragem de expor o seu sentimento que nas entrelinhas voc√™ s√≥ faltou gritar MARINA eu te AMO e n√£o posso viver sem meu BLOG(rs rs),enfim parab√©ns a esse amor que completou duas vidas de forma una.Sa√ļde e Paz

    Responder

  8. Muito legal esse post, bem realista, √≥tima sua cr√īnica, comecei meu namoro com meu blog, fazem 3 meses, por enquanto, estou s√≥ com ele, rsrs, quanto as cr√īnicas, d√™ uma olhada no meu blog, evoluirecrescer blogspot com, se tiver alguma cr√īnica que eu possa publicar em meu blog, ser√° um prazer, tenho imprimido muitas instru√ß√Ķes de seu blog, ainda n√£o comecei a aplic√°-las, pois estou realizando algumas leituras, como vc, tb pretendo escrever um livro, falta pouco, vou dedicar mais que apenas os 20 ou 30 minutos que tenho dedicado a ele.
    Abraço
    Parabéns pelo seu blog.

    Responder

  9. Confe√ßo que quando vi o tema da postagem n√£o levei muito a s√©rio e achei que ia fala outras coisas completamente diferentes. Mais a vida nos reserva momentos como esse em que acabei de ler seu belo e excelente post. Isso √© uma 'li√ß√£o de vida'e muito me acrescentou tanto em minha vida com minha esposa quanto com a reafirma√ß√£o dos meu objetivos para com meu blog. Agrade√ßo primeiro a JEOV√Ā e em seguida a vc por ter me proporcionado a oportunidade de ler essa postagem em meio a tantas que leio de seu e de outros blogs.
    Minha admiração e meu respeito vc já conseguiu com sua gara e competência.
    Abra√ßos…
    Espero o convite hennn!

    Responder

  10. @Alessandro (Enfermagem em foco),

    As vezes é bom lembrar que somos humanos e temos que demostrar isso. Meu blog é parte das minhas atividades, mas não é toda a minha vida.
    N√£o podemos nos fechar numa vida virtual e esquecer que precisamos de coisas mais simples e importantes.

    Sobre o convite…
    todos ser√£o convidados… rs!

    Responder

Deixe um coment√°rio

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.