O que me faz sair de um Blog rapidamente e nunca mais voltar #AudioPost

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Fidelizar o seu público alvo é das coisas mais difíceis que existe para um blogueiro. Criamos um blog e queremos ser lidos, receber milhares de visitas, mas não podemos esquecer que a qualidade dessa visita é mais importante que a quantidade. Existem problemas nos blogs que podem afastar seus leitores e aqui enumero alguns.

Para ouvir:

keep_out

As vezes fica parecendo que alguns blogs deveriam vir com um aviso de “Cuidado: mantenha distância”. O que a maioria dos blogueiros esquece ou leva muito tempo para aprender é que pequenos detalhes fazem a diferença na hora de ganhar mais seguidores, atrair mais público e tornar o seu blog mais relevante.

Estava lendo o ProBlogger do Darren Rowse e encontrei o seguinte post:

Eu estava escrevendo um comentário lá, quando percebi que isso seria um ótimo post aqui no [ Ferramentas Blog ]. O post dele enumera 3 pontos que o fazem abandonar um blog rapidamente. Vou enumerar o que ele publicou (de forma resumida) e acrescentar minha opinião:

Problema 1 – Poucos comentários.

Ele usa a quantidade de comentários para medir o quanto um conteúdo é útil. Se encontra muitos “0 comentários” então é sinal de que aquele blog não é bom o suficiente.

Problema 2 – Péssimo layout

Um visual feio, difícil de navegar e com vários problemas para carregar direito faz qualquer um perder a paciência. Isso é sinal de descaso com o seu público.

Problema 3 – Sem idéias originais

Chegar em um blog e não encontrar nada de novo é catastrófico. Ser original é muitas vezes tomar caminhos diferentes do que a maioria e não seguir o que outros já fazem melhor que você.

Então eu aponto a pergunta para você:

O que te afasta rapidamente de um blog e que você considera como sinal de baixa qualidade?

Eu mesmo tenho minhas considerações:

1. Erros gritantes de português.

Errar uma palavra ou outra, tudo bem. O problema é quando não se é possível nem entender do que trata o conteúdo do posts.

Infelizmente isso tem sido cada vez mais frequênte e em todos os níveis sociais. Se você se expõe na internet, publicando em texto, áudio ou vídeo, conhecer sua língua é primordial. Não precisa ser um expert da gramática, mas saber usar seu idioma nativo é obrigação.

2. Respeito e interação com os leitores.

Tem muito blogueiro se isolando por ser incapaz de manter boas relações nas redes-sociais, mas também por parecer que escrevem sem o mínimo de respeito para com as pessoas.

Todos temos direito à uma opinião diferente. Do mesmo jeito que queremos ser respeitados pelos nossos leitores, nós também devemos respeitá-los. Não se pode agir com ofensas, mesmo quando somos ofendidos (para não dar esse direito a ninguém).

Além disso, devemos interagir com nosso público, seja respondendo comentários e contatos, seja nas redes-sociais e fóruns. Esse contato mostra que nos importamos com nosso público.

Bom, essas seriam minhas considerações no comentário que deixaria no blog do Darren Rowse. Agora gostaria de ver a sua opinião sobre esse assunto: o que te afasta de um blog?

Já pensou em ser um(a) Blogueiro(a) mais Profissional?

Está cansado(a) de ser um blogueiro mediano(a) e que não tem resultados com seu Blog, não ganha dinheiro e não recebe as visitas que gostaria?

Você chegou aqui procurando como aprofundar seus conhecimentos em Blog, como Ganhar Dinheiro com seu Blog, aplicar as melhores técnicas de SEO, divulgar seu Blog e fidelizar seu público alvo. E posso te ajudar com essas coisas e muito mais, elevando o nível de qualidade do seu projeto.

Desenvolvi um curso completo, totalmente online, cobrindo tudo o que é necessário para um Blog atingir seu potencial máximo, detalhe por detalhe, que vão te tornar um Blogueiro de Elite:
  • Técnicas de produção de conteúdo
  • Fidelização do Público alvo
  • Divulgação e Técnicas de SEO
  • Métodos e técnicas de Monetização
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Esta é sua chance de ser mais profissional e ter um blog eficiente, completo e que pode ser sua fonte de renda permanente. Sou Blogueiro desde 2007 e condensei todo este conhecimento dentro do curso Blogueiro de Elite para entregar a você.

29 Comentários

  1. Este post é interessante. Parabéns!

    O que me afasta de um blog:
    Fundo preto, visual feio, fotos muito mal feitas, blogueiro que só fala do conjuge como se não tivesse vida própria, comentários inadequados e desnecessários me tratando como se eu fosse mal educada ou débil mental, assuntos que não me interessam.

    O meu blog é bem visitado, mas pouco comentado. Eu não me importo, pois detesto comentários mentirosos e automáticos.

    Obrigada pelas dicas! 🙂

    Responder

  2. detesto blog que tem layoute preto ou cores muito vibrantes,acho que fica horrível para ler…
    aqueles blogs cheio de frufrus também me estressam,e com música que você não sabe de onde vem…
    outra coisa que também me irrita,é o blogueiro fingir que você não existe e NUNCA,mas digo NUNCA mesmo responder um comentário ou elogio que você deixa por lá…não digo que a pessoa tem a obrigação de ficar respondendo tudo e de todos,afinal existem blogs que tem muitos comentários e seguidores,mas uma vez na vida também não mata ninguém,pelo menos da para perceber que a pessoa le o que você escreve….

    Responder

  3. Eu não gosto muito quando os sites, tem muitos erros de português também… Outra coisa que não gosto, é quando o site possui muitos anúncios…

    Mas eu queria que você me tirasse uma dúvida Marcos, por favor… Tem vários posts que meus visitantes comentam, e recebo várias visitas por dia, mas na maioria das notícias do meu blog ninguém comenta… pode me ajudar?

    Responder

  4. @Lucasmon,
    Essa é uma dificuldade de muitos blogueiros: conseguir que todo o blog seja relevante para seus leitores e receba comentários e visitas numa proporção média.
    O melhor no seu caso e lembrar de interligar bem os conteúdos e motivar seus leitores a interagir e comentar.

    Responder

  5. Olha, com todo o respeito, acho que todos os pontos levantados são importantes, mas representam um percentual muito pequeno para justificar a baixa fidelização nos blogs. Na maioria das vezes, o maior responsável seria o próprio leitor que:

    1- Não tem tempo para ler e muito menos comentar (preguiça);
    2- Tem uma bagagem cultural e intelectual tão pequenas que, ou não entendem o artigo, ou não tem capacidade de argumentar, ou as duas coisas (não generalizo aqui, me refiro a uma maioria, mas não ao todo);
    3- É em geral alienado e só se interessa por temas supérfluos.

    Na minha opinião, para aumentar a fidelização nos blogs as medidas necessárias são:

    1- Encontrar as pessoas que realmente se identificam com seu conteúdo – batalha árdua, dificílima e lenta; uma agulha num palheiro, pelo menos para os blogs de nicho.
    2- Fornecer download (não recomendo, mas sem dúvida trás fidelização)
    3- Escrever sobre pornografia, sexualidade ou coisas que despertem algum tipo de interesse sexual. (me recuso a fazer isso)
    4- Escrever sobre fofocas, celebridades e televisão – programas popularescos (também me recuso a isso)
    5- Ter um metablog (não tenho capacidade).

    Bem, essa é minha opinião e acredito que é a de muita gente também.

    Continuarei com meus pequenos blogs sem desanimar, e a luta pela fidelização será constante!

    Abraço!

    Responder

  6. Marcos, se tem uma coisa que me deixa louco é entrar em um blog e começar a tocar música automaticamente. Fui lá para fazer uma leitura e não para ouvir música! A coisa fica pior quando não se acha o player para desligar. Saio na hora!!!

    Abraço!!

    André Sanchez

    Responder

  7. Marcos,
    Ótimo post e concordo com o que você escreveu e alguns colegas nos comentários.
    Eu saio de um blog se tiver: fundo preto, letras muito coloridas, efeitos de chuva de purpurina e afins, música tocando, e muitos erros de grafia.
    Meu blog é frequentado por um certo círculo de pessoas, mas não tem muiiiiiiiiitos comentários, só que não importo, pois prefiro comentários com conteúdo.
    Abraços,
    Letícia

    Responder

  8. Realmente você levanta uma polêmica entre seus leitores e ou seguidores, tudo dito na postagem e relevante.
    Agora quando não gosto da página ou noticias publicadas nem acesso o o blog. Se na lista de blogs que sigo mantenho um sinopse das suas publicações. Então? Não entro.
    Abraço

    Responder

  9. O que me faz chegar em um blog/site e NUNCA MAIS VOLTAR é entrar nele e ouvir música tocando. Meu Deus… isso é o inferno na terra!

    Erros ortográficos em segundo lugar e, em terceiro, postagens em vídeo – acho muito chato!

    O resto eu administro conforme meu interesse! 🙂

    Responder

  10. Olá Marcos, concordo com o comentário do Rodrigo Nogueira, falta mesmo cultura e conhecimento do assunto na maioria dos seguidores de blog, e o pior, blogueiros também, haja vista, a maioria serem adolescentes.Mas valeu pelo post, alias, todos são muito bons.

    Responder

  11. Erros de português, palavrões, agressões ao leitor, música de fundo, excesso de propagandas, texto inútil e é claro a cafonice.
    Tem blog que é muito brega…kkkkk
    Abraços!
    Lidia de Oliveira.

    Responder

  12. Oi Marcos!

    Sou blogueira amadora, "buscapé", de tanto falarem divulgue seu trabalho etc. Pronto! Virei aprendiz…
    Em alguns meses percebi tinha algo autêntico nas mãos, as fotos são autorais, os trabalhos e a maioria dos textos, claro que não sou nenhuma Clarice Lispector, mas dá para "quebrar o galho". A sua abordagem é super pertinente,e estou fora de blog apelativos, e sem emoção do seu dono, não precisa ser um mestre, mas precisa de conteúdo honesto. O resto se releva…

    Grata pelas dicas, estou sempre lendo… Quem sabe aprendo…

    Bjs neste coração bondoso e plugado.

    Responder

  13. Marcos,

    Concordo com os pontos descritos por você e pelo Darren Rowse. Exceto o número de comentários zerados, se eu entrei no blog, li, gostei do assunto, provavelmente irei comentar, independente dos comentários.
    Erros de Português freqüentes para mim é fatal, não volto mesmo. O mesmo se a pessoa faz textos confusos ou sem coerência. Uma vez tudo bem, mas se é constante, não dá mesmo.
    Layout pesado, gifts em excesso ou qualquer coisa que possa poluir visualmente o blog e, principalmente, player de música, podem me afastar do blog, e só volto se a pessoa tiver um conteúdo bem bacana para que a visita possa valer a pena.

    Responder

  14. Ainda aprendendo. Meu blog ainda tem poucas visitas e comentários. Mas o conteudo é revisto antes e depois das postagens. Criticas e elogios são um termometro para o blogueiro. De qualquer forma muito bom o post. Parabens!

    Responder

  15. Olá Marcos,
    O que me afastaria de um blog seria um Layout mal estruturado, pesado, com uma aparência feia. Outro ponto seria o que você mencionou, que foi sobre os erros de português. Mas em relação a falta de comentários eu dou até um crédito. Muitas vezes um blog recebe muitas visitas, mas muitas desssas visitas lêem o post e não comentam, e isso é muito ruim, pois o post pode até ser legal.

    Responder

  16. O que me afasta de um blog:
    1. Layout ruim
    2. Blog mau organizado e cheio de bugingangas
    3. Música que toca ao abrir o site
    4. Falta de respeito com o leitor
    5. Autor que se acha o rei da cocada preta e que impõe opiniões sem
    respeitar o pensamento do leitor

    O que não me afasta de um blog:
    1. Erros de português, pois não significa falta de idéias.

    Vou observar esses pontos no meu blog! (:

    Ah! Parabéns pelo novo lay! Ficou ótimo!

    Responder

  17. Não receber comentários de meus visitantes isso é drástico muito ruim, acho que tanto pra mim quanto para os outros bloggeiros é algo que desanima na criação de um artigo. sendo que na maioria das vezes outros blogs copiam (roubam) nossos artigos sem colocar as fontes de onde ele saio!

    Responder

  18. Pingback: Escolhendo um Layout para seu blog #VocePergunta [Vídeo] | [ Ferramentas Blog ]

  19. Olha, não ia nem comentar, porque como um colega disse, tenho preguiça, mas o que me me instiga fortemente a comentar são os próprios comentários! Afinal tenho que me reportar sobre certas coisas….
    Primeiro, sobre o que alguém disse de seguir blogs sobre assuntos “supérfulos”, acredito que cada um procura aquilo que lhe interessa, o que é supérfulo pra um, pode ser útil a outros. Eu por exemplo, procuro sempre blogs de moda e beleza, pois sou esteticista e maquiadora profissional, são assuntos que me interessam e me trazem o conhecimento necessário à minha profissão!
    Ninguém pode julgar o leitor pelo conteúdo que segue! Mas podemos julga blogueiros pelo posicionamento que tem frente ao seu blog, se achando o último intelectual do planeta! Achando que só seu tema é relevante para a sociedade! Isso me afastaria por definitivo de um blog!
    Tenho conteúdo suficiente para ler um blog sobre maquiagem e outro sobre literatura e comentar nos dois….ou em nenhum se não achar que vale a pena!
    A propósito, Marcos, teu blog é show! Um tapa na cara de mto blogueiro arrogante, e uma grande ajuda a outros que procuram sempre crescer buscando informações idôneas e sem distinções! Vc me ajuda muito!

    Responder

  20. Tem blog que carrega música assim que a página abre. Eu fecho e não volto nunca mais.

    Os erros de português e artigos copiados de outros blogs também são repelentes.

    Responder

  21. Sobre o layout: está questão leva muitas pessoas acharem que blogs não servem para ler, infelismente hoje em dia “mals” blogs estão dominado, e pelo mesmo motivo gera um preconceito muito grande. Quando se tem um nome tipo “Ferramentas blog” já e melhor para atrair um público maior. Mais se colocar Nome pessoal já era leva muito tempo para as pessoas quebrarem o preconceito sobre o determinado nome.

    Um grande abraço. #RT

    Responder

  22. Marcos, o que me afasta de um blog: anúncios desarticulados dos posts, visual ruim, música automática, conteúdo copiado deliberadamente de outras fontes, falta de interação do blogueiro com os visitantes como posts desatualizados, por exemplo. Valeu pelas dicas!

    Responder

  23. Marcos, eu admiro o teu trabalho, mas discordo de algumas coisas que tanto você quanto outros autores pregam como se fossem verdades absolutas. Por exemplo: o verdadeiro “dogma” que vocês criaram e/ou apregoam da obrigatoriedade da interação entre blogueiro e leitores. Na minha opinião, se você tem um blog estritamente pessoal ou do tipo feito para blogueiros (como este) é natural que você tenha um contato mais direto com seu público, respondendo a comentários e escrevendo na primeira pessoa do singular. Entretanto, o conceito de blog evoluiu muito e hoje existem blogs de todos os tipos, inclusive do tipo que uma pessoa escreve, outras lêem e pronto: está feita a interação.

    O que me afasta de um blog:

    – erros gritantes de ortografia
    – falta de conexão entre as idéias
    – layout muito feio
    – blog muito pesado (minha conexão, graças a Deus, é de 15 MB então o que fica pesado pra mim deve ser insuportável para a maioria dos outros internautas)
    – plágio (imperdoável)
    – conteúdo pessoal demais
    – ausência quase total de comentários (embora eu não considere a qualidade de um blog apenas pelo seu número de comentários)

    Abraço.

    Responder

  24. Não gosto em site nenhum: músicas tocando do nada, muitas coisas piscando, e demora pra carregar, não que o meu seja uma maravilha, mas eu tento fazer o possível pra deixa-lo agradável!

    [link suprimido]

    Parabéns pelo site!

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.