Os conteúdos mais disputados nos Blogs brasileiros

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Ao criar um blog você pensou num tema, um assunto de seu interesse (assim espero) e resolveu publicar artigos. O que poucos blogueiros fazem ao começar e procurar entender a concorrência e nem fazem ideia de quantos outros blogs tratam daquele mesmo assunto. A empresa Boo-Box publicou um excelente e completo estudo sobre a blogosfera brasileira que pode ajudar muita gente a repensar sua atuação.

Quando falo aqui sobre concorrência, poucos blogueiros entendem onde quero chegar. Então a Boo-Box publicou um estudo que vai deixar algumas coisas mais claras para todos nós:

  • Infográfico sobre o Conteúdo dos Blogs no Brasil (Blog Boo-Box)

Eu não olho para os gráficos e números apenas como informação e passo a diante. Esse estudo é uma grande chance para os blogueiros repensarem suas estratégias nos seguimentos e temas que escolheram e aprendam como é competitivo o espaço na internet. A grande questão é sobrevive, pois não há espaço para todos.

Não se iluda: só os mais competentes se destacam, crescem e conquistam o mercado. Pode ser que esse não seja mesmo o seu objetivo como Blogueiro. Ótimo! Mas se você quer ganhar dinheiro com blog, quer ser lido recebendo milhares de visitas, então tenho aqui algumas coisas para você pensar, pois você não está sozinho nessa.

Um gráfico da pesquisa da Boo-Box já faz refletir muito:

Assuntos relacionados a entretenimento (24%) e tecnologia (20%), são os mais comuns e recorrentes entre blogs. Isso é facilmente verificável, onde a maioria dos blogs é de humor e produtos e serviços tecnológicos.

Isso mostra o quanto é competitivo esse mercado e diminui as chances de novos blogs nessa área se destacaram. São poucos os que realmente produzem conteúdo, onde os outros milhares simplesmente replicam o que leram nos grandes.

O que percebo é que a maioria dos blogueiros veem o sucesso de grandes blogs nos ramos de entretenimento (Humor) e tecnologia (review de produtos e notícias de empresas e seus produtos e serviços) que querem “imitar”, tentar surfar a mesma onda, acreditando que poderão fazer igual.

Veja os gráficos para Entretenimento e logo abaixo os gráficos para Tecnologia:

O que posso dizer é que você pode enveredar por qualquer caminho e assunto que escolher para seu blog, mas alguns caminhos serão mais difíceis que outros. A competição entre os blogs é alta e exige um alto nível de qualidade e até de investimentos em certo setores para se conquistar mais espaço e ser relevante.

A internet conta com milhares de pessoas e pode ser que você está mirando no público errado, fazendo igual o que tantos outros já fazem. Se deu certo para alguns, não significa que dará certo para você também.

Já pensou em ser um(a) Blogueiro(a) mais Profissional?

Está cansado(a) de ser um blogueiro mediano(a) e que não tem resultados com seu Blog, não ganha dinheiro e não recebe as visitas que gostaria?

Você chegou aqui procurando como aprofundar seus conhecimentos em Blog, como Ganhar Dinheiro com seu Blog, aplicar as melhores técnicas de SEO, divulgar seu Blog e fidelizar seu público alvo. E posso te ajudar com essas coisas e muito mais, elevando o nível de qualidade do seu projeto.

Desenvolvi um curso completo, totalmente online, cobrindo tudo o que é necessário para um Blog atingir seu potencial máximo, detalhe por detalhe, que vão te tornar um Blogueiro de Elite:
  • Técnicas de produção de conteúdo
  • Fidelização do Público alvo
  • Divulgação e Técnicas de SEO
  • Métodos e técnicas de Monetização
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Esta é sua chance de ser mais profissional e ter um blog eficiente, completo e que pode ser sua fonte de renda permanente. Sou Blogueiro desde 2007 e condensei todo este conhecimento dentro do curso Blogueiro de Elite para entregar a você.

31 Comentários

    • Com certeza deve ser mesmo.
      Mas a Boo-box fez sua pesquisa baseada em seu banco de dados de usuários de seu sistema. Como a política deles proíbe que blogs de conteúdo ilegal participe, então esta é uma visão bem completa da real blogosfera que produz conteúdo, imagino eu.

      Responder

      • Claro, talvez esses blogs de “downloads ilegais” se possam incluir de certa forma na categoria de tecnologias…

        Obrigado por responder ao comentário ‘-‘

        Responder

  1. “Se deu certo para alguns, não significa que dará certo para você também.” Fato. Mas há de se convir que, você por exemplo, Marcos, formado em letras, poderia fazer um site de textos e literatura. Seria muito mais conivente com a sua formação. Mas acontece o contrário, você se destaca em um dos ramos mais disputados da internet. Como metablogger, deixo aqui meu metapensamento sobre você mesmo, um abraço.

    Responder

    • Jefferson,
      Pense um pouco mais adiante e você verá que estou bem dentro da minha área. Blog é uma forma de comunicação e expressão da linguagem humana. Este nicho de metablogs é realmente muito disputado e o que fiz para me destacar for procurar fazer diferente dos outros, produzir conteúdo de qualidade e constante, com uma linguagem acessível e que pudesse ajudar outras pessoas a entrar nesse universo de relações e troca de informação digital.

      Continuo exatamente na minha área, mas adaptando-me ao que há de mais moderno.

      Responder

  2. Interessante, o ramo de blogs de religião, que é onde trabalho, tem apenas 1%. Será isso um indício do desprezo pela religião por parte da nossa sociedade?

    De qualquer forma, isso significa que a concorrência é bem menor, e há muito espaço para conquistar.

    Responder

    • Pode apostar que esse assunto está entre os mais procurados e realmente há poucos blogs de qualidade sobre o assunto, seja de qual religião for. Vale a pena investir para melhorar nessa área e conquistar mais leitores.

      Responder

      • É, eu acabei de ler o estudo completo, e lá diz que Jesus é um dos nomes mais citados na rede. Então, apesar de haverem tão poucos blogs específicos sobre religião (proporcionalmente falando), parece que o interesse por ela é grande.

        Digo “proporcionalmente falando” porque o número absoluto de sites religiosos deve ser imenso, pois conheço centenas de blogs cristãos. Inclusive possuo um agregador exclusivo para blogs e links calvinistas, e já tem quase 100 blogs cadastrados nele.

        Responder

        • Acredito que há um número pequeno de blog´s neste nicho devido a dificuldade de ganhar dinheiro com este tipo de blog. Bem que o Marcos poderia nos brindar com blog sobre Teologia,visto que ele é formado pela PUC-MG – Marcos você segue linha Católica ou Protestante? e você acha realmente que Jesus virá como dizem os crentes protestantes? – Desculpe minha curiosidade..rs!

          Responder

          • Zaack,
            Penso que, quem cria blogs de temas religiosos mão estào pensando na possibilidade de ganhar dinheiro com ele. Mas é um nicho que também pode ser bem rentável se for bem trabalhado. As pessoas gastam dinheiro com itens religiosos, como livros, CDs e até viagens.

            Sobre minha formação: Sou Católico. Quanto às outras questões: nào é pertinente para os comentários do Blog aqui.

            Responder

  3. Aliás, pelo contrário, procuram é mais sacanagem… achei 6% para conteudo adulto, meio distante da realidade, basta ir no google insights e fazer algumas comparações para algumas keywords de sites adultos e outras de outros assuntos…

    Responder

  4. Os gráficos são muito bons para nos situar nos assuntos, onde precisamos equilibrar na blogosfera brasileira. Mas há um problema aí, quando nos é orientado a criar um blog, a primeira coisa é escrever sobre o que gostamos, não é mesmo? Então, caímos aí numa bifurcação. Seguir o que a pesquisa nos diz para conseguir maior seguidores ou visitas, ou escrever aquilo que nos temos mais aptidão e até mais talento?
    Tinha fazer uma pesquisa mais abrangente como: O que o leitor quer ver e ler na internet? Não sei se vocês me entendem… Precisamos de algo mais palpável em informação. Com isso poderíamos diversificar assuntos, agradando a “gregos e troianos”. Eu fiz o seguinte em meu blog, dosei os assuntos. Eu falo de livros, que viram filmes. Falo de música, mas pondo o meu ponto de vista com vídeo. Falo de bem estar, quando coloco Contos, crônicas, curiosidade e reflexão. Assim eu não deixo meu leitor ficar em um único assunto.

    Responder

  5. Eu não sei quanto aos outros, mas a maioria dos blogs de tecnologia/games (incluindo os grandes, tipo o *******) são uma porcaria. 90% dos posts são “traduções” de notícias que saíram em sites americanos. De vez em quando eles postam alguma coisa original, tipo um review, mas é de vez em quando mesmo.

    Entrei no ******** só pra confirmar, e sim, todos os seis posts da pagina inicial são reciclagens de conteúdo de sites estrangeiros.

    Enfim, quem faz conteúdo original tem chances de crescer, afinal, isso é algo que todos esses blogs não costumam fazer.

    Alias, blog que recicla conteúdo de outros sites, pra mim, não é blog.

    Blog é algo autoral, ou seja, um lugar com textos de verdade, originais, escritos por autor.

    Responder

  6. Acredito que a unica forma de crescer no nicho tecnologia é fazendo tutoriais, pois não falta assunto, todo o dia é lançado um novo programa ou nova função, e é mais fácil produzir conteúdo original, pois não da para competir com grandes portais de notícias.

    Responder

  7. Talvez o caminho seja focar num assunto, mas não perder de vista outros públicos. Meu blog é de entretenimento (não necessariamente de humor), então nele cabe, por exemplo, uma página de joguinhos em flash, mas também temos uma categoria chamada “Papo de blogueiro” onde em alguns posts eu dou de uma metablogger e passo umas dicas sobre blogar.

    Considere-se também o fato de que o público da internet não é muito mais “exigente” (estou usando um eufemismo, professor) do que o da TV. Então, quando um grupinho se forma ao redor de um blog “engraçadinho” ele logo se expande pelo famoso efeito “Maria-vai-com-as-outras”, e aí dane-se o conteúdo, tudo o que o dono do blog postar “vira ouro”, até post ensinando “métodos alternativos para se limpar quando acabar o papel higiênico”.

    Muito útil o post, parabéns.

    Responder

  8. O grande problema de se criar blogs de religião e politica é fato de termos a possibilidade de ser processado por alguma coisa que falemos expressando a opinião. Apesar da liberdade de expressão estar assegurada em lei, algumas opiniões que eventualmente postamos podem acarretar como injuria, difamação, calunia, preconceito etc

    Responder

  9. Eu escolhi um caminho que não sabia onde ia me levar. Escolhi fazer um blog musical, voltado para um nicho que acreditava ser pequeno, Routhern Rock, Country e Jam Bands, e a cada dia me espanto mais, apesar de não ter mais que 10.000 visitas por mês, tenho um público fiel e que gosta do que faço.

    Acho que falta criatividade entre os blogueiros, eles não querem arriscar, quem jogar no time que está ganhando, mas isso não significa sucesso e reconhecimento.

    Responder

  10. Em meu trabalho senti a necessidade de postar o que faço, para facilitar as vendas, assim resolvi criar um blog, mas na verdade o tema já tinha sido escolhido, caixas decoradas com pintura e decoupage, pois é o que projeto e executo. Como gosto de escrever e sou psicóloga coloquei alguns temas transversais, tais como: quando faço a postagem da imagem de porta controle remoto descrevo sobre controle emocional, quando a imagem é uma caixa sem decoupage falo sobre caixa da felicidade e da vida (analogias), quando a caixa tem decoupage (imagem) exploro um pouco de cultura, caixa com uma única cor falo de feng shui. Este ano inovei e acrescentei:agora também ensino pintura decorativa e decoupage em caixas e também em material reciclado.
    “Gentemm” fiquei na dúvida agora, estou no tema educação, artes/desing ou entretenimento (para muitas pessoas pintar é hobby) ?

    Responder

  11. Muito bom eu já tinha visto no boo-box por que uso a ferramentas o infográfico e isso ajuda muito mesmo que procura inovar na web para na ficar plagiando pq como no post anterior foi falado, melhor fazer blogs com temas que poucos criam.

    Responder

  12. Essa pesquisa saiu depois de algumas alterações estratégicas que fiz no meu blog. E acredito que acertei pois estou orientando meu blog em quatro focos principais: tecnologia, entretenimento, informação e negócios. Espero que daqui pra frente meu blog seja valorizado.

    Responder

  13. Nossa, os games representam somente 3% o.O, achava que era mais da maioria, hehehe. Não sei, talvez porque escrevo sobre isso, e visito tantos, que é o que mais vejo na blogosfera, hehe. Muito bom o infográfico.

    Responder

  14. Boa tarde!!
    Mediante os comentarios dos usuarios acima tenho que tecer osmeus tambem sinto-me na obrigaçãõ como blogueiro…..
    Bom eu estou apenas começando o meu e é baseado numa salada de frutas, pois estou esperando nas criticas dos internautas pis é exatamente para eles que faço…
    Abraços e sucessos no seu blog que é maravilhos.

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.