Quanto custa ter e manter um blog?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

preco-blog A primeira resposta pode ser: “Não custa nada, é grátis!” – mas essa não é toda a verdade e pode te levar para uma cilada. É bom que isso fique transparente, pois um blog tem custos, serviços têm preços e manter-se por muito tempo na blogosfera com um blog de qualidade e relevante vai mexer com o seu bolso de alguma forma. A verdade é que isso pode variar, mas depende de seus objetivos. De forma bem clara e transparente veremos quanto pode custar um blog.

Introdução.

De uma forma geral os blogs são uma forma de democratização da internet e realmente podem sair praticamente de graça, mas isso não significa ser sem custo algum. A internet é o meio de comunicação e distribuição da internet mais eficiente e simples, onde todos podem ter sua voz e espaço, muito diferente da mídia impressa, rádio ou TV que demandam equipamentos e técnicas que a grande massa das pessoas não pode ter.

A internet está acessível a todos, mesmo os mais pobres e não há distinção de pessoas, onde o que realmente conta é sua capacidade de se relacionar, ampliar sua rede de contatos e ter a capacidade de distribuir ao máximo a sua forma de pensar, suas idéias, e ser ouvido. Se compararmos com a TV, uma emissora precisa de equipamentos milionários e um vasto sistema para distribuir seu sinal, fora os custos de produção e criação e o gasto com mão de obra e serviços.

Já um blog, publicar na internet depende, a princípio, de uma única pessoa e esta pode ter tanta força quanto quanto qualquer outro.

Visão geral sobre os Blogs.

Vamos comparar os serviços de dois provedores de serviços para blogagem: o WordPress e o Blogger. Todos os dois têm à disposição um sistema de cadastro gratuito e serviços livres para qualquer pessoa de qualquer parte do mundo. Não demandam conhecimentos técnicos e são bem simples de usar e aprender. Começa-se imediatamente após o cadastro e não precisa aprovação para se começar a publicar.

Basicamente estes serviços disponibilizam via web um painel de ferramentas onde o mais importante é o editor de textos. O usuários só precisa dar um título ao texto, escrever sobre o que desejar e clicar em publicar que, imediatamente já estará disponível para qualquer pessoa acessar de qualquer parte do mundo. Há um layout padrão para a visualização e os elementos de página podem ser criados e movidos conforme desejar o usuário.

Simples e objetivo, como disse, sem demandar nenhum conhecimento e nem é preciso saber como isso funciona. O espaço gasto na internet é ilimitado e o provedor do serviço não coloca limites para isso.

Mas, então, ter um blog não custa nada?

A princípio é verdade que não vai lhe custar nada, mas seu tempo deve ter algum valor. Para se manter um blog gasta-se ao menos seu tempo de alguma forma, seja pesquisando sobre o assunto escolhido, seja escrevendo e preparando conteúdo, distribuindo e divulgando seus artigos e debatendo com outros sites, fóruns e blogs. A pergunta então é: quanto vale o seu tempo?

O que vem a seguir é o quanto você deseja que seu blog seja profissional e sério. Um blog, se sobreviver por um tempo e atingir os objetivos mínimos que você estabeleceu para ele, vai começar a exigir mais tempo e você vai precisar melhorar o serviço que disponibiliza.

Quais podem ser os gastos com um blog?

ferramenta_calculadora Além do tempo, que não dá para medir quanto vale e isso depende de cada pessoa, o que veremos é os serviços agregados que ter um blog pode demandar. Bem como não vamos levar em conta que você teve que comprar um PC, contratar os serviço de internet de alguma empresa – ou mesmo se usa em uma lanhouse. Esses gastos são inerentes e iguais para todos.

1. Registrar um domínio.

Basicamente o principal gasto de um blog seria comparar e registrar um domínio próprio. Isso pode variar de apenas US$0,89 (oitenta e nove centavos de dólar) para até R$50,00 (cinquenta reais).

Isso pode ser muito importante para ao menos garantir que seu blog tenha uma URL mais curta e facilite para seus visitantes memorizar e reconhecer seu blog como um site mais profissional ou comprometido.

2. Hospedagem do Blog (Host).

Este é um serviço que pode variar muito, onde os valores básicos para um uso mais regular varia de R$5,90 (cinco reais e noventa centavos) por mês até US$80,00 (oitenta dólares) por ano – com muito espaço e podendo hospedar mais de um blog nem mesmo host.

Um serviço de Host (hospedagem) pode ser para muita coisa, não apenas para abrigar todo o seu blog – você pode ter um blog sem hospedagem como é aqui no [ Ferramentas Blog ] que continuamos usando o Blogger como servidor – mas pode ser necessário para abrigar outros arquivos e conteúdos que você disponibilize, como áudio, vídeos, imagens, entre outras possibilidades.

Se você usa o Blogger dificilmente vai precisar de uma hospedagem para algumas coisa.

Se você usa o WordPress perceberá logo que o serviço padrão nativo é muito limitado e exigirá de você hospedar seu conteúdo em algum lugar para que seu blog seja mais profissional.

3. Layout exclusivo.

Isso é importante se pensar que há milhares de layouts gratuitos, mas se não se quer ter mais alguém com a mesma cara do seu blog e evitar que alguém copie sua idéia. Um bom trabalho pode ser contratado por US$ 20,00 (vinte dólares) até US$500,00 (quinhentos dólares).

É relativamente fácil, depois de um tempo, customizar um layout gratuito que você encontrar e deixar com a sua cara, mas isso exigirá mais tempo ainda e algum conhecimento em HTML, CSS e Javascript, bem como um pouco de criatividade e saber fazer uso de recursos para imagens. Mas layouts gratuitos têm sempre suas limitações e trabalhar em cima do que outros já fizerem pode ser complicado.

4. Outros gastos menores e indiretos.

Há outras formas de investir em um blog com outros serviços que existem. Aqui no [ Ferramentas Blog ] por exemplo eu já gastei contratando vários domínios semelhantes ao meu padrão para evitar que outros usem. Tenho dois serviços de hospedagem para trabalhar com projetos no WordPress. Mas também contratei o serviço de formulários do Wufoo que me dá mais controle sobre os contatos que recebo – tem um custo mensal de US$9,95 (nove dólares e noventa e cinco centavos) por mês.

Também não podemos esquecer da publicidade e divulgação com banners, links ou artigos, caso queira divulgar seu blog ou serviço em algum outro lugar.Para alguns blogs essa pode ser uma boa forma de divulgação, por exemplo pelo AdWords – os valores desse gasto podem variar e depende do quanto você quer gastar com isso.

Um outro gasto muito comum e que é de grande importância é com seu conhecimento. Eu compro livros e e-books para poder aprofundar meu tema e entender melhor sobre meu nicho escolhido e saber mais sobre blogs e como blogar melhor. Livros são baratos e isso é um bem durável ou seja, não se acaba e sempre dá retorno. Um bom e-book sobre blogar pode custar menos de US$15,00 (quinze dólares).

Concluindo.

Os gastos possíveis com um blog dependerão unicamente de seus objetivos, saber onde se quer chegar. Muito se falar de “ganhar dinheiro com blogs”, mas a verdade é que são poucos que fazem isso de forma eficiente e não estão isentos de gastos. Seu blog exigirá de você muito mais que seu tempo e seu dinheiro e isso pode ser a parte mais fácil. O desafio de manter um blog e conseguir bons resultados dele é muito maior do que as facilidades oferecidas podem fazer parecer.

Não tenha medo de gastar algum dinheiro com seu blog e pense nisso como um investimento sobre um trabalho que está sendo desenvolvido a longo prazo. Determine o que espera e quanto está disposto a gastar e como isso pode significar mais conhecimento e melhorias para o que está fazendo. Faça projeções e escreva seus objetivos para saber o que vale a pena gastar e quanto você tem disponível para isso.

Todo planejamento é sempre importante para seu blog crescer sempre mais e alguns gastos podem ampliar mais ainda as suas chances de se dar bem.

Alguns artigos complementares.

Já pensou em ser um(a) Blogueiro(a) mais Profissional?

Está cansado(a) de ser um blogueiro mediano(a) e que não tem resultados com seu Blog, não ganha dinheiro e não recebe as visitas que gostaria?

Você chegou aqui procurando como aprofundar seus conhecimentos em Blog, como Ganhar Dinheiro com seu Blog, aplicar as melhores técnicas de SEO, divulgar seu Blog e fidelizar seu público alvo. E posso te ajudar com essas coisas e muito mais, elevando o nível de qualidade do seu projeto.

Desenvolvi um curso completo, totalmente online, cobrindo tudo o que é necessário para um Blog atingir seu potencial máximo, detalhe por detalhe, que vão te tornar um Blogueiro de Elite:
  • Técnicas de produção de conteúdo
  • Fidelização do Público alvo
  • Divulgação e Técnicas de SEO
  • Métodos e técnicas de Monetização
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Esta é sua chance de ser mais profissional e ter um blog eficiente, completo e que pode ser sua fonte de renda permanente. Sou Blogueiro desde 2007 e condensei todo este conhecimento dentro do curso Blogueiro de Elite para entregar a você.

21 Comentários

  1. Concordo com você. Dependendo do objetivo do blogueiro, ele realmente deve fazer uma análise do custo do blog, tanto em custo de tempo e dinheiro. Muitas pessoas querem apenas ganhar dinheiro, mas se o objetivo é transformar o blog em uma forma de renda alternativa, então devem encará-lo como um negócio. Qualquer negócio necessita de um investimento inicial e possui um custo fixo.

    Responder

  2. No começo do meu blog (abril) eu não pensava em gastar dinheiro com ele. Hoje já gasto com domínio, host, e-mail, revistas, etc. O assunto que escolhi exige muito de mim.

    Marco Damaceno

    Responder

  3. achei a materia muito esclarecedora , pois nao sabia direito como criar um blog
    agora esta muito melhor ja posso criar meu blog e fazer ele bombar, muito obrigado

    Responder

  4. Estou em casa para cuidar do meu filho (recem-nascido) e aproveitei para blogar, com intuito de ganhar algum dinheirinho. Nao tenho conhecimento especifico de programas, mas estou me esforcando para aprender mais e mais. E as informacoes que obtive atraves deste blog foram de grande valia. Parabens pelo profissionalismo! Sei que o tempo e curto para todos, mas se der, gostaria que visitasse o meu blog. E ficarei muito feliz se pudesse deixar alguma dica ou comentario! Bem, espero estar seguindo direitinho as "instrucoes" obtidas em seu blog!

    Responder

  5. Apesar de meu blog ser considerado um passatempo, gasto muito sim a tres meses atras não sabia nada de Html e ccs, tenho ler comparar e acredito que o resultado estar ficando bacana…

    Responder

  6. Marcos,
    Voce acha que os ganhos com o Adsense e os demais anúncios não cobrem essas dispezas com domínio pago, layout personalizado, etc?

    Porque voce ainda não tem um banner, acho que isso é essencial a um blog .
    Voce poderia me esclarecer esta dúvida?

    Abraço

    Gabriel Moura

    Responder

  7. @Gabriel,

    Vc tem muitas maneiras para cobrir os gastos, mas isso não é o importante aqui. Quis retratar a realidade dos gastos.

    Lembrando que no início de um blog não se ganha dinheiro algum ou muito pouco, é preciso tempo para ganhar algum dinheiro com blog e para esses ganhos serem suficientes para cobrir algo.

    Responder

  8. O Ferramentas Blog é excelente. Parabéns mesmo. E pensar em criar um blog que vá dar dinheiro funciona como qualquer investimento. Você gasta bastante mesmo no início e só vai lucrar um bom tempo depois, é assim que funciona.

    Responder

  9. Ferramentas Blog tem contribuído estrategicamente na geografia econômica da criatividade que passa necessariamente pela blogosfera e os seus efeitos nos resultados econômicos estão na essência dos tres Ts do desenvolvimento econômico: tecnologia, talento e tolerância. “Os problemas que enfrentamos não podem ser solucionados pelo mesmo tipo de pensamento que os criou.” (Albert Einstein).

    Responder

  10. Oie Marcos, pode toda experiência que tive com o meu. Percebi que para não ter problemas futuros. É melhor ter um plano de hospedagem pago. Como anda acontecendo comigo.
    Bjs.

    Responder

  11. Pingback: Como registrar e usar domínio próprio no Blogger | [ Ferramentas Blog ]

    • Amanda,

      leia com mais atenção o artigo.
      Você pode ter um blog no Blogger com domínio próprio. Mas se quer usar o WordPress.ORG, então terá que contratar um Host além de comprar um domínio.

      Responder

  12. Muito bom! gostei demais! Sou novo nisso de blog e agora que comprei um domínio, estou querendo dar uma cara mais profissional ao meu blog, mas ainda não encontrei o q eu quero. De qualquer forma, essa publicação me ajudou muito… 🙂 vlw

    Responder

  13. Não pretendo ganhar dinheiro nem vender nada no blog. Meus fins são filosóficos e filantrópicos envolvendo a caridade desinteressada. Meu tempo é a doação o equipamento é meu capital que utilizarei para trocar informações com pessoais interessadas em reforma interior e afins.
    Para isso tenho que pagar? Quanto? por favor respondam objetivamente sem rodeios nem “justificativas substabelecidas”. Uma taxa mínima será razoável. Não estou afim de enriquecer mais nenhuma Empresa de propaganda.

    Responder

    • Se você ler o artigo, verá que sua resposta está lá.
      Dá pra criar um blog de graça e sem custos extras? Sim, dá.

      Mas é bom dedicar mais um pouco do seu tempo para ler os artigos e ver as suas respostas antes de perguntar sobre o que já foi dito.

      Grato.

      Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.