Será mesmo o fim dos Blogs?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

dead-end-signPraticamente todos os dias surgem teorias apocalípticas para o fim de alguma coisa na internet. Há outras milhares de teorias para o fim das mídias tradicionais por culpa dessa mesma internet. Claro, os blogs não ficam de fora e o assassino seria as redes sociais como o Twitter e o Facebook. Mas, afinal, os blogs vão acabar?

Essa discussão começou comum artigo do New York Times e que repercutiu na opinião de vários como o Alexandre Inagaki e na coluna da Cláudia Valls, só pra citar alguns. Se quiser ler o que disseram, seguem os links:

Eu mesmo já publiquei sobre isso: As redes sociais estão matando os Blogs?

Não chega a ser absurda essa idéia se levarmos em consideração a forma como as pessoas estão usando a internet hoje em dia. Muito mais preocupadas com a interação social e o conforto de receber informações categorizadas e filtradas segundo o seu interesse, produzir ficou à margem.

Mesmo assim não podemos dizer que as redes sociais como o Twitter e o Facebook vão matar os blogs. São serviços que se prestam a necessidades diferentes do usuário de internet e, ao mesmo tempo, se complementam, chegando ao ponto de até depender um do outro.

As redes sociais precisam ser alimentadas de informações, debates e conteúdo, bem mais do que cabem em 140 caracteres e que um simples clique de “Curtir”, não resolve. Além disso os blogs perderem um pouco o caráter de passatempo ou mero hobby de adolescentes.

blog-blogger-mouse

E não podemos esquecer que as redes sociais são uma grande ferramenta para os blogueiros, não só para difundir seu conteúdo e atrair leitores, como é o lugar a busca por conhecimento, troca de informações e até de manutenção desse conteúdo. (Assista ao vídeo: Sobre divulgação de Blogs)

Notamos que há mais jovens em idade universitária e mais adultos blogando que adolecentes. Estes preferem as redes sociais por serem mais fáceis de usar e manter, ao contrário dos blogs que exigem maior dedicação, especialmente para gerar conteúdo relevante.

Por fim, temos de lembrar que os blogs já estão aí há pouco mais de 10 anos, enquanto as redes sociais com as conhecemos não passam de 3 ou 4 anos. Há uma curva de crescimento para ambos, onde os blogs já estão mais perto do topo, do limite, que as redes sociais.

Mas, não fiquemos apenas com a minha opinião:

o que você pensa sobre o assunto?

Já pensou em ser um(a) Blogueiro(a) mais Profissional?

Está cansado(a) de ser um blogueiro mediano(a) e que não tem resultados com seu Blog, não ganha dinheiro e não recebe as visitas que gostaria?

Você chegou aqui procurando como aprofundar seus conhecimentos em Blog, como Ganhar Dinheiro com seu Blog, aplicar as melhores técnicas de SEO, divulgar seu Blog e fidelizar seu público alvo. E posso te ajudar com essas coisas e muito mais, elevando o nível de qualidade do seu projeto.

Desenvolvi um curso completo, totalmente online, cobrindo tudo o que é necessário para um Blog atingir seu potencial máximo, detalhe por detalhe, que vão te tornar um Blogueiro de Elite:
  • Técnicas de produção de conteúdo
  • Fidelização do Público alvo
  • Divulgação e Técnicas de SEO
  • Métodos e técnicas de Monetização
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Esta é sua chance de ser mais profissional e ter um blog eficiente, completo e que pode ser sua fonte de renda permanente. Sou Blogueiro desde 2007 e condensei todo este conhecimento dentro do curso Blogueiro de Elite para entregar a você.

47 Comentários

  1. O que é uma TV? Um rádio com imagens?!
    O que é uma TV Digital? Uma TV com computador?!
    Em alguns casos, a tecnologia nova substitui a anterior (O CD mata o Disquete. O Pendrive mata o CD. E eu já nem uso pendrive…).
    Em outros, elas se combinam, transformando-se em nova utilidade, e você nem percebe o que ocorreu.
    Não acho graça no Twitter. Aderi há pouco ao Facebook.
    Gosto de ler um texto completo, não tuitadas.
    Acredito que os blogs irão permanecer interagindo com os dois serviços anteriores.

    Responder

    • Prezado Hailton, achei muito interessante e deverás esclarecedor seu comentário acerca do post dos amigos do FerramentasBlog.
      O silogismo existente entre o “criado” sem preceitos futuros e o que se torna ou está por vir.
      A tecnolgia parece avançar mais rápido que a própria humanidade, a forma de vida social que cada um leva… Mas, sociedade não é uma forma de impor outrem a seguir um conceito já formado? Sim, certamente que você também já pensou assim. Mas,… para onde vai todo lixo inútil tecnológico? O que acontece com o meu disquete que foi substituido por um CD, que foi substituido por um pen-drive, que foi substituido por um micro-cartão, que foi substituido pelo sei lá o quê? Os habitantes do planeta precisam pensar que todo o recurso natural é finito e que todos tem direito a sua parcela, que seria igualitária, não fosse a ganância e o capitalismo assoberbado.
      Acredito que o caminho da, por assim dizer, globalização visa ou tende ao mesmo conceito de sociedade, na qual se segue um padrão adotado pelos influentes e/ou poderosos.
      A cerca do Twitter, o considero uma mídia bem compacta sim, talvez por causa de milhões de usuário que o utilizam erroneamente para contar suas aventuras, seu dia-dia, o que está comendo “agora”, que horas tomou banho, etc…
      Contudo, o considero, ainda, um mídia bastante veloz no que diz respeito a informações dos mais variados conteúdos que se dissimina facilmente através de “retwitadas”, se utilizando dos encurtadores de URL, etc. É bem verdade que o Twitter já deveria ter eliminado a restrição com espaço para digitação. Embora fazendo isso ele poderia dar mais uma chance aqueles já citados neste comentário (os que utilizam para contar sua vida), pois é… e quem quer saber que horas um sujeito acorda, toma café da manhã, toma banho ou se lê um livro?
      O senso crítico contido em cada é que diverge tais mídias que são até uma boa solução para acompanhar a tal da “GLOBALIZAÇÃO”. Que muitos ainda não têm acesso porque 1. não querem ou 2. o governo não o subsidia intelectualmente. Fato, a educação brasileira ainda é um sistema falho, deverás falho.

      Reafirmo minha apreciação sobre seu comentário.

      Responder

  2. Creio que será muito difícil as Redes Sociais “tomarem o lugar” dos blogs, pois 140 caracteres ou uma simples curtida não fornece tamanha informação como um post de qualidade em que você só irá conseguir encontrar nos blogs, e não micro-blogs(Twitter).

    Responder

  3. Tem nem perigo de acabarem com os blogs, é um local de muita diversão, prêmios, interação e informações.
    140 caracteres não chegam perto das animações dos blogs, muito menos uma curtida.

    Responder

  4. Acho que não é o fim dos blogs não, como dito no post, “há mais jovens em idade universitária e mais adultos blogando que adolecentes”. Creio que os adolescentes prefiram as redes sociais e os blogs acabaram virando algo mais profissional.
    Contudo, as redes socias, são de extrema importância para divulgação de conteúdo e como uma extensão dos blogs.

    Responder

  5. Não acho que seria o fim, mais acho que já começamos a entrar em (Extinção). Sou adolescente, tenho apenas 15 anos, mais ja sou blogueiro experiente, começei a blogar quando tinha 13, logo me apaixonei pela coisa, busco crescer a cada dia com meus blogs, adquirir mais conhecimento, e fazer novas amizades, infelismente não e o que a maioria dos blogueiros adolescentes querem, o que eles querem e mais seguidores no twitter, fama, varios “curtir”. se isso mudasse creio que os blogs conseguiram mais credibilidade!

    Responder

  6. Sinceramente só uso as redes sociais, devido ao meu blog.
    Sempre me atrairam mais os blog’s, pela informação, pela beleza das templates…
    Escrever num blog é bem mais interessante do que comentar uma foto e/ou gostar de algo/adicionar amiguinhos ._. pelo menos para mim, mas claro que gostos são gostos 😀
    JT, jovem criador do EuJogador 😉

    Responder

  7. O papel das redes sociais (em especial o twitter) em relação a blogs e websites é mais como acessório do que como substituto. Por exemplo, sigo pessoas no twitter que, acredito, podem me fornecer informações vinculadas aos meus interesses, e que eventualmente servem de matéria-prima para meus blogs. Bem como uso meu perfil para divulgar postagens que faço ou assuntos vinculados que vejo em outros blogs e websites – além de opinões curtas.

    Certamente que redes sociais não eliminam blogs, mas há complementaridade – não substituição. Até mesmo pelo perfil que os blogs adquiriram nos últimos anos. Fugindo das amarras da futilidade e se dedicando a discussões mais sérias.

    Há que se falar também que redes como Orkut e Facebook possuem um perfil mais relacional que o twitter. Dessa forma, Facebook e Orkut são concorrentes substitutos, mas não concorrem com a blogosfera e o twitter.

    Bruno Saavedra

    Responder

  8. O boom dos blogs aconteceu porque muita gente “achava” que iria ficar rico com essa nova forma de mídia, mas enfrentaram a dura realidade. Para manter um blog você tem que ter conteúdo, senão ele morre.
    E os nossos jovens de hoje não gostam de pensar, ler e escrever, coisas primordiais para quem quer ser blogueiro, pelo menos os sérios. As redes sociais cumprem esse papel, para esse tipo de pessoas, pois funcionam como um grande MSN, onde escrevem suas idéias errôneas ou não, de uma maneira bem sucinta, sem a necessidade de ter um raciocínio.

    Isso é bom, porque só vai sobrar gente comprometida para manter os blogs ainda em ação, e manter os oportunistas bem longe.

    E por outro lado, as redes sociais são um mal necessário para a divulgação de blogs, ao lado dos agregadores de conteúdos, e portanto elas não matarão os blogs, apenas manterão o equilíbrio.

    É o que eu penso.

    Responder

    • Também concordo com o Crazyseawolf.

      Destes jovens que usavam blog e hoje não usam, muitos deles eram diários ou blogs também para poesia.
      Coisas que apenas amigos e familiares paravam para ler.

      Mas esse negocio de blog morrer é igual querer matar o radio.
      Inventaram o cinema, TV, Internet e etc. Sempre quando algo assim chegava todo mundo falava que o Radio iria morrer e ele esta ai até hoje.
      O mesmo acontece com os blogs, muita coisa vai acontecer, porém tenho certeza que os blogs irão continuar na internet por muito mais tempo.

      Responder

  9. Os blogs não acabarão nunca. Podem diminuir para ficarem só os melhores.
    São escritos por pessoas que teem o que dizer, e bem.
    As “redes” são recadinhos, msn rapidinhos, não teem muito o que pensar, e servem para divulgação geral.
    Acho que tem espaço para todo mundo ……………
    Nada acaba com nada, só melhora!
    Vida que segue …………

    Responder

  10. As redes sociais é um ótimo canal para difundir a interatividade na internet. Mas, não podemos esquecer o que o Orkut representava há uns anos atrás, e no que ele se tornou com a chegada do twitter.

    Sou blogueiro há muitos anos, e nesses tantos anos como usuário assíduo nunca ouve uma diminuição de blogueiros. Pode ser que um dia esse montante venha a diminuir, mas nunca acabará.

    Responder

  11. Marcos Lemos estou a criar um blog,se depender de mim deve continuar, pois é la que as opinioes de espalham por varios sites da internet e pelas redes sociais incrementadas, acho bobagem em falar de fim de coisas, tanto blogs como outras coisas, é falta de ética e liberdade das pessoas que gostam disso, boa postagem sua e vamos pra frente, os blogs nos mantem vivos e por isso não ligo a certas pessoas que olham essas materias e acreditam no pior, internet é livre e os blogs merecem muito mais, espero que goste desse comentario, abraço, mais uma vez um comentario meu, rafael do facebook, abraço.

    Responder

  12. Eu sinceramente acho que o público não é , necessariamente, o mesmo… Muita gente usa as redes sociais o tempo todo, o que não impede de, em algum momento do dia, acesse blogs…

    Acho que os dois conviverão muito bem… o próprio twitter já enxerga a curva do crescimento diminuir, coisa normal…

    Responder

  13. olha marcos nós temos que manter nossos blogs pois ainda com twitter em lingua inglesa e facebook com algumas dificuldades que temos a blogosfera ainda terá um grande espaço você não acha?

    Responder

  14. Olá,
    Não acredito que isso venha a acontecer algum dia, cada dia surge centenas de novos blogs já que o serviço é gratuito. Atualmente conheço aproximadamente uns 2000 blogs e a cada dia me surpreende com a quantia que vem surgindo de novos blogs. Aonde irão esse montante? Desaparecerá num piscar?
    Beijos

    Responder

  15. Dificilmente as redes sociais como o “Twitter” poderam acabar com a vida dos blogs, pois na minha opnião essas duas redes sociais (Facebook e Twitter) servem como uma espécie de acessório, onde podemos compartilhar conteúdos. Ter um blog, um layout bem estruturado, uma identidade visual e um bom conteúdo é o que faz a alegria do povo, pois escrever em um blog é mais interessante que publicar algo com 140 caracteres ou clicar no botão “curtir”.

    Responder

  16. Blogs que contenham conteúdo de vídeos e cyberabobrinhas são dispensáveis, mas aqueles que produzem conteúdo de verdade dificilmente vão perder espaço. Como dito no post, as redes sociais precisam dessa produção ou elas não têm porque existir. São elas que ajudam as pessoas a conhecer outros blogs, outras páginas, produção textual e design, mas sem essa produção o que vai ser delas?

    Responder

  17. Concordo plenamente com você quando diz que as rede sociais são complementares e úteis para quem tem blog.
    Acho que os blogs terão sempre seu lugar.
    Eu, particularmente, prefiro os blogs.
    Bjs

    Responder

  18. Marcos,

    Essa é uma questão sempre levantada ao longo da história da humanidade: uma tecnologia “matando” a outra.
    Há alguns séculos, a única fonte de conhecimento e difusão de informação massiva eram os livros. Apenas uma elite tinha acesso a eles.
    Depois vieram o telégrafo e o telefone. O livro não morreu. Posteriormente veio o cinema. E o livro presisiteiu. Ai inventaram o rádio e pensaram que o cinema ima morrer.
    O homem, na sua insaciável curiosidade e inventividade, criou a televisão. Aí disseram que o rádio estaria com os dias contados.
    Com o advento da internet também profetizaram o fim dos jornais e dos livros etc. Vieram as redes sociais e a coisa ficou ainda pior: agora dizem que os blogs vão morrer.
    Na verdade, todas essas plataformas de difusão de conhecimentos vão sobreviver de forma complementares, umas com mais destaques e mais procura que as outras.
    Só voltando ao exemplo dos livros. Falou-se que os livros e jornais desapareceriam, mas nunca o mercado editorial, a produção de jornais, livros e revistas esteve tão aquecida como atualmente. Isso porque tem muito mais gente lendo. E lendo inclusive e-books que são veiculados pela internet.
    Então, sempre vai haver essa “história” de uma platafora/mídia/tecnologia suplantar outra pré-existente. Mas, repito, elas serão apenas complementares. Umas mais requisitadas que as outras.

    Responder

  19. Os blogs vão sim morrer, mas somente aqueles, que como já citaram nos comentários anteriores, que foram criados pensando que iria ganhar um dinheirinho fácil nas costas dos inocentes. Para esses não ha sobrevivencia e realmente eu gostaria que fossem extintos. Já para aqueles que levam a função a sério, não estão realmente preocupados, por que, mesmo que as coisa mudem e devem mudar, basta estar antenado para absorver, adaptar e transformar, por que com isto com certeza vem por ai uma nova geração de blogs.

    Responder

  20. Eu acho isso a maior besteira. Hoje em dia, cada mídia complementa a outra. Quando a televisão surgiu muitos falaram que o rádio ia acabar, porém está aí até hoje.

    Depois veia a tv paga que iria dizimar a tv aberta, com tudo, está longe disso acontecer. A mesma coisa acontece na interenet, cada rede social irá sempre complementar a outra, e assim segue a vida!

    Responder

  21. Os blogs não acabaram e não acabarão! Não enquanto existirem pessoas que gostam de escrever e ler! Isso está bem longe de acontecer.. pelo menos até a telepatia (rs). Por exemplo, o caso do meu blog mesmo. Percebi que os comentários caíram muito, talvez pelo fato da informação que passo geralmente ser extensa (essa é uma característica dos meus textos) e o leitor hoje em dia prefere informações curtas. Óbvio que isso não diminuí a qualidade do que escrevo nem meus leitores diminuirão por isso, só acho que hoje a praticidade e o tempo são prioridade e talvez por isso o n° de comentários tenha caído. Talvez, as pessoas usassem os blogs como “redes sociais” primitivas e hoje que elas existem de verdade, elas simplesmente migraram para elas. Sinceramente, não ligo muito para isso. Se eu puder ajudar somente uma pessoa com um dos meus textos, para mim já é suficiente. As redes sociais são muito legais e práticas, mas as informações que transmito, são impossíveis de serem transmitidas por 140 caracteres e duvido que meus leitores fiéis – aqueles que curtem o que escrevo de verdade – ficariam satisfeitos só com isso. Acho que o que está acontecendo é até benéfico! Uma seleção natural mesmo, só sobreviverão os blogs com conteúdo. Então que venham as redes sociais. Abraço…

    Responder

  22. Bom dia pessoAll,

    Também tenho lido bastante sobre isso e inclusive é motivo de preocupação para quem possui um blog, pois o Twitter e o Facebook facilitou e muito a divulgação -da informação- e a forma de interagir com as demais pessoas (que isso sirva de licao e dai surja novas oportunidades e/ou melhorias). Mas como muitos comentaram, o bom e velho leitor/acompanhante nunca deixara de acompanhar o blog, ainda que reduza a assiduidade, mas sempre estará lá.

    Responder

  23. Olá Marcos.

    A blogosfera esta caminhando para um processo seletivo onde só sobreviverá aquele que realmente estiver comprometido.

    Aqui no Brasil por exemplo os números mostram que se tem bastante espaço para crescer.

    Enquanto aos adolescentes, não podemos esquecer que eles estão passando por uma fase de transição e que um dia vão precisar de algo mais completo para ter uma vida virtual. Por esse motivo acredito sim que os blogs estão caminhando para uma realidade diferente desta de hoje, mais madura e melhor.

    A humanidade nunca vai se livrar dos blogs porque já é algo necessário no cotidiano virtual.

    Abraço
    Roger Dance

    Responder

  24. Olá!
    Primeira vez que comento por aqui… Já visitava o site mas, este artigo em especial me deixou intrigada. Não acho que os blogs irão acabar, acredito que tudo evolui ( para o bem ou para o mal) e esta evolução acarretará em mudanças idem. Vejo a blogosfera como um imenso banco de dados,algumas informações são relevantes, produz interação ( os blogs dão essa sensação de maior proximidade com o leitor), em contrapartida as redes sociais facilitam na divulgação de informações de uma maneira mais fácil e interação sem complicação e por isso tem a maior aderência do público.

    Infelizmente tenho que concordar com você no quesito leitura. As pessoas geralmente não curtem ler posts longos e nem se dedicarem a uma página pessoal personalizada. Muitos blogs são abandonados como se fossem um acidente de percurso e não um produtor de conhecimento.

    Responder

  25. São categorias muitos diferentes, e com o crescimento das redes sociais, os blogs crescerão cada vez mais, principalmente com o Facebook, que ajuda bastante na divulgação dos blogs. Os blogs são essenciais para tudo, para diversos assuntos, entre outros. Acredito que não acabará tão cedo, e provavelmente crescerá cada vez mais.

    Responder

  26. Acho que não é o fim dos blogs, mas penso que um blog hoje em dia tem que ser muito mais interativo pra sobreviver. Acho que esse formato que conhecemos de unicamente publicar matérias e comentá-las precisa mudar e é isso que está acontecendo. Um aprimoramento do que temos hoje.

    Abraço

    Responder

  27. Resumo, na minha opinião:
    O FB serve para você encontrar velhos conhecidos e reacender estas amizades;
    O twitter serve para você se atualizar de forma bem rápida (se estiver seguindo seus interesses) – ainda bem que existem os encurtadores de urls. Assim você encontra assuntos interessantes que pode ou não usar no seu blog;
    Os blogs… Ah! os blogs! Esses são mais (às vezes menos) elaborados e são nossas crias, que vemos crescer com amor e carinho.
    Conclusão: os blogs são insubstituíveis!!! 😀

    Responder

  28. Acho que blogs e redes sociais são duas coisas diferentes, com propósitos distintos. Tem as pessoas que usam blogs como diários virtuais pra falar sobre suas vidas. Essas podem substituir o blog pelo twitter ou pelo facebook. Mas quem escreve sobre assuntos mais complexos dificilmente fará isso.

    Enquanto houver conteúdo, vai ter gente disposta a ler e os blogs continuarão existindo. Mesmo que as pessoas não comentem, porque tenho notado que os leitores estão cada vez com mais preguiça de fazer isso. Mas enfim, não creio que os blogs morrerão tão cedo.

    Responder

  29. Dúvido que isto aconteça, muito do que é comentado no Twitter, Orkut e Facebook tem como origem postagens de blogs.

    Outra coisa que acho é por exemplo, dúvido que construam uma comunidade no Orkut/Twitter/Facebook/Redes Sociais como o Ferramentas Blog por exemplo, tão completo e de conteúdo original e relevante.

    Se os blogs acabarem, acabará-se bons blogs com conteúdo didático como este 🙂

    Responder

  30. Marcos, como já disse estou engatinhando como blogueira mas apesar da minha pouca experiência tenho absoluta certeza que, o que procuro e encontro nos blogs dificilmente encontraria nas redes sociais.

    A propósito estou tentando colocar um link de imagem que redirecione para minhas postagens no blog. É possível????… Disse a você que estou engatinhando, Grata.

    Responder

    • @Célia,
      Aqui não é o post adequado, mas sim, é possível. Procure aqui que temos algo sobre links em imagens.

      Responder

  31. Acho que já foi faldo tudo sobre isso. Então só tenho a dizer que no twitter mais de 70% das tuitadas são para linkar um assunto postado em um blog, e quando visita o perfeil de alguém no Facebook por exemplo, está lá no website.a url do blog pessoal ou do preferido..
    Blog é igual a motor de carro, pode até mudar algo aqui ou ali, mas sua essencia continuará intocada.

    Responder

  32. não pudi deixar de notar,ali no post tu diz que tem mais pessoas adultas e tals,que usam o a arte de blogar,e que muitos adolecentes
    não usam blogs ,por mera preguiça …
    bom só queria dize que tenho 15 anos adoro mexer com blogs ;D
    e gosto muito de ler seus post …parabéns …

    Responder

  33. “Outra coisa que acho é por exemplo, dúvido que construam uma comunidade no Orkut/Twitter/Facebook/Redes Sociais como o Ferramentas Blog por exemplo, tão completo e de conteúdo original e relevante.”

    Beto em relação a FB e Twitter eu não sei, mas no Orkut existem comunidades com conteúdo original e relevante tal qual o deste blog.

    Responder

  34. Não acho que as redes sociais, e similares possam destruir e acabar com os blogs. Se você precisar de informações mais completas, mais detalhadas, etc. os blogs ainda continuam sendo uma boa opção.

    Responder

  35. Toda vez que surge um nova forma de comunicação esse papo aparece. É rádio que vai acabar por causa da televisão, jornal que vai deixar de existir por causa da internet e por ai vai.

    Um complementa o outro e cada um possui seus fãs, essa história é tudo mentira!

    Responder

  36. Pingback: Ter Blog é melhor que usar Rede Social | [ Ferramentas Blog ]

  37. Pingback: Sobre o polêmico fim (será?) dos Blogs | Blog da Webop

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.