Vale a pena ter um Blog com seu Nome pessoal (próprio)?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+

Quando devemos usar nome pessoal em Blogs?
Dar um nome e registrar um domínio para um blog nem sempre é uma tarefa simples. Há infinitas possibilidades, principalmente se depender do nicho, o assunto principal do Blog. Mas é comum que os blogueiros usem seu próprio nome para registrar um domínio e até para caracterizar o Blog que criou. Mas, afinal de contas, vale a pena fazer isso?

Pode parecer simples de resolver e a dúvida veio de um de nossos leitores. Ele usa o próprio nome para a URL (o endereço de domínio) do Blog, além de ser também o nome principal do Blog, mas o assunto principal não é seu currículo ou para promoção pessoal direta; é voltado para desenvolvimento de softwares e programação.

A dúvida do Gustavo é pertinente e nos chama a atenção para outras questões importantes. Registrar um domínio com o seu nome pessoal é importante para a garantia de sua identidade na internet, bem mais do que para ter um blog ou site que divulgue quem você é ou o que você faz. Trata-se de um investimento.

Quando usar domínio com nome próprio para Blogs?

É indispensável que, se você é um profissional liberal ou que dependa de sua imagem para trabalhar, tenha registrado um domínio com seu nome e crie um blog/site para manter um currículo online. Não uma reprodução do seu currículo impresso, tradicional, mas uma extensão e uma forma de aprofundar seu marketing pessoa e sua rede de contatos.

Ter um blog pessoal para publicar sobre assuntos relacionados ao seu trabalho, sua empresa – de forma discreta e sem colocar em risco sua privacidade – podem ser um diferencial no mercado.

Isso também vale para estudantes, pesquisadores, escritores, professores, músicos e até advogados ou médicos, que podem criar um blog para propagar suas ideias, seus trabalhos, pesquisas e análises de assuntos relacionados à sua área de atuação.

O Blog pode ser um aliado para que você seja encontrado por empresas que procurem pessoas com o seu perfil e estilo de trabalhar e pensar. Tudo tem que ser feito de forma discreta, profissional e calculada, para não ficar ridículo ou expor-se exageradamente.

É melhor criar um nome de nicho para Blogs?

Sim. É o mais recomendável quando se tem um blog de nicho e que não esteja diretamente ligado ao seu trabalho, profissão ou área de atuação.

Mesmo assim, essa “regra” vale também para quando o nicho é perfeitamente ligado à sua área ou formação profissional, como é o caso do Gustavo, que mandou o email que lemos no início desse artigo.

A sugestão é que o Blog tenha um nome amigável e fácil de relacionar com o assunto principal, para atrair o público e ficar melhor indexado no Google. Um nome e Domínio adaptado para o assunto do Blog dá mais chances de que seu público se identifique, gera uma melhor identidade para o Blog e para as interações e usos das redes sociais.

Nesses casos onde é importante dar destaque ao nome do autor para reforçar sua especialidade, o autor poderá trabalhar seu nome de forma indireta, seja com perfil em redes sociais como o LinkedIn ou uma página interna do Blog só para falar de si mesmo.

Vale a pena mudar a URL do Blog no meio do caminho?

Pode ser interessante, como perguntou o Gustavo no email, mudar a URL do Blog, principalmente se ainda estiver no início e se ele encontrar um domínio que tenha um nome adequado para seu blog.

É possível migrar todo o conteúdo e redirecionar a URL sem preder visitas ou indexação no Google, se feito o procedimento da maneira correta. Isso libera o endereço com nome pessoal para outras coisas, inclusive para criar um blog profissional como destaque pessoal.

E os Blogs de opinião pessoal, como ficam?

Para quem mantém ou quer criar um blog com opinião pessoal, recomendo uma alternativa ao nome próprio. Eu mesmo tenho um blog para opinião pessoal que usei um jogo de palavras com o meu sobrenome – www.LemosIdeias.com – justamente para publicar o que quero, como quero e quando quero.

Tenho registrado os domínios com o meu nome, mas não estão em uso e achei melhor manter assim, pois ainda não tenho o que criar com eles que seja relevante para meu trabalho ou atuação na internet.

Serve de exemplo o Blog do Cardoso- www.contraditorium.com – ou mesmo do Izzy Nobre – hbdia.com – que têm blogs para tratar de assuntos gerais e opinião, mas não usam seus nomes para o domínio ou mesmo como nome principal do Blog.

Considerações finais

Lembre-se de registrar um domínio com o seu nome e sobrenome, sempre que possível. Este é um investimento baixo e que, mesmo que não seja útil agora, poderá ser no futuro e fará diferença para você em algum momento. Ainda não seja seja usado, garanta isso.

Pesquise e pense sempre em como fazer um blog pessoal usando o seu nome próprio e faça o melhor possível. Sua imagem estará aberta para milhares de pessoas, por isso mesmo é importante ter algo de qualidade quando for feito.

Por fim, seja criativo na hora de criar um nome para seu Blog e registrar um domínio. Registre todas as possibilidades comerciais de extensão (de preferência .com e .com.br) e as variações para evitar que sua ideia seja roubada, copiada ou plagiada por endereços de URL semelhantes.

24 Comentários

  1. Esse artigo veio num bom momento pra mim. Tinha essa dúvida também. No meu caso, pensei em criar um site com portfólio, na época estudava webdesign, mas acabei deixando um pouco de lado essa área.

    Mesmo assim ainda penso em comprar um domínio ligado ao meu nome. Li suas considerações finais mas mesmo assim gostaria de confirmar uma coisa: mesmo sem eu ter certeza do que e como vou fazer um site pessoal (e se vou fazer), devo registrar o domínio mesmo assim?

    Abraço

    Responder

    • Márcio Lima,

      Penso que seja importante registrar mesmo que nunca use. Isso pode evitar confusão com seu nome, caso outro pessoa registre e tenha nome semelhante, por exemplo ou queira só causar problemas para você.
      É uma garantia.

      Responder

      • Entendi. Infelizmente só meu nome ou nome e sobrenome já existe antes de pensar nisso, mas tem um outro nome que pretendo registrar, que é parecido e é o mesmo nome que uso nas redes sociais, acho que fica bom.

        Obrigado Marcos!

        Responder

  2. Já passei por isso. No meu caso, como era apenas um blog onde deixava minhas opiniões e pensamentos, então resolvi deixar o domínio do blogger mesmo. Para o meu novo blog a situação é diferente. Realmente tive de comprar um domínio…
    Espero que esse artigo ajude a quem estiver passando pelo problema abordado no mesmo.

    Responder

  3. Muito bom Marcos! E obrigado pela resposta rápida mandei o e-mail na hora do almoço.

    Sanou minhas dúvidas, eu estava mesmo pensando nessa forma de ligar a imagem pessoal de forma indireta. Acho que vou seguir essa indicação no meu blog, só falta bolar o nome do blog (detalhe). Vou aproveitar que ainda não tenho muito conteúdo (44 posts publicados) pra ser mais fácil de migrar.

    Como disse no e-mail, criei o blog mais pra aprender a trabalhar com blogs e colocar na minha rotina o “escrever”. Cada dia aprendo mais e o blog se tornou algo muito empolgante!

    Obrigado pelas dicas do [ Ferramentas Blog ].

    Abraço!

    Responder

  4. Pro meu blog, coloquei o nome Dona Prig. Não é exatamente um nome próprio, mas meu apelido está bem na URL… E , no mundo offline, as pessoas acabam me chamando pelo nome do blog, “Oi Dona Prig!”
    Acredito que seja mais fácil de memorizar, uma vez que, mantendo contato direto com meus leitores, as pessoas acabarão guardando.

    Responder

  5. Óla Marcos, em meu blog fiz de acordo com a recomendação do seu artigo, dessa maneira é mais fácil ser encontrado pelos nossos seguidores e pessoas que gostam do nosso trabalho.

    Responder

  6. Muito interessante o post. No meu caso comprei o domínio com o meu nome e sobrenome (BrunoCunha.com) a nove anos atrás, por indicação de um amigo.

    Fiz isso pra reservar o nome, mas acabei usando ele para publicar minhas opiniões, resenhas de livros que li, dicas de tecnologia que salvaram a minha vida e posts sobre os diversos hobbies que comecei e tive certeza que seriam pra sempre, até um outro surgir…

    É muito bom compartilhar ideias, mas se o objetivo é ganhar dinheiro com o blog, a criação de um domínio com um nome mais focado para o nicho do assunto a ser tratado é sempre a melhor opção.

    Mas também ganho as minhas migalhas na blogosfera. 🙂

    Mais uma vez, parabéns pelo post!

    Responder

  7. Marcos.

    Eu já tive o dominio com o meu nome registrado, mas acabei não gerando conteúdo para ele, pois senti que seria um blog muito generico.

    Mas estou considerando registrar novamente e usar ele como agregador dos posts dos outros blogs de nicho que eu venha a criar

    O que você acha ?

    Responder

  8. Recentemente, há uns 3/4 ou até 5 meses (não me lembro) comprei o domínio com meu nome e sobrenome, para divulgar meus trabalhos e ideias sobre o que me interessa, mas infelizmente estou sem tempo para manter este blog pessoal e decidi adotar uma página estática até eu conseguir um espaço para escrever nele.

    Ótimo artigo, Marcos. Abraço!

    Responder

  9. Oi já tenho um blog com dominio fantasia em um nicho de um hobby que tenho mas que costumo utiliza-lo como um blog pessoal onde posto minhas opiniÕes no caso não registrei o dominio utilizo o dominio gratuito do blogger e acredito que para um blog em que eu exponha minhas ideias seja o suficiente

    como minha area profissional é de (hardware e webdesigenr) estou pensando em criar um outro blog com dominio (registrado .com) e a questão é o seguinte eu tenho conhecimentos nessa área mais ainda não atuo profissionalmente e gostaria de criar um blog que seja relevante a minha vida profissional

    estou pensando em utilizar meu nome mais algum complemento que indique meu nicho de atuação profissional nesse blog então pensei em: Fabio Web Serviços url:(fabiowebservicos.com) ou como o nome serviços tem o cedilha talves um outro nome de complemento o que acha?

    Responder

    • Fábio,

      ter um domínio com seu nome e a referência da área é uma boa ideia e simples que indica o estilo do conteúdo. Pode ser uma boa alternativa para juntar as duas coisas.

      Responder

    • Meu caso é semelhante ao seu: Tenho conhecimentos na área de WEBDeveloper/WORDPRESS e estou estudando sobre desenvolvimento Java/android.

      Decidi(só agora) criar meu portefólio e estava pensando qual domínio que eu colocaria… e por acaso este post veio mesmo a tempo, antes de eu comprar o host!

      Gostaria de pedir a opinião de vocês:

      Nas redes sociais, utilizo o BRUNINHO4EV3R e achei ficaria legal:

      [links suprimidos]

      Mais dicas serão bem vindas! 😉

      Obrigado,

      atenciosamente Bruno Araújo.

      Responder

  10. Muito bom este artigo, Marcos! Eu estou pesquisando textos sobre o assunto pois tenho um blog pessoal (camilando.com) no qual escrevo o que me vem em mente (cultura, música, literatura, fotografias pessoais). Porém, como gosto muito de literatura (e também sou graduanda em Letras), queria criar um blog de nicho apenas para livros, fazer parcerias com editoras etc. Eu tenho um domínio com meu nome e sobrenome, mas que apenas guardo, não há blog nenhum nele. Minha dúvida é se crio um novo domínio pra esse blog literário ou se aproveito meu domínio com meu nome pessoal. O que seria melhor? Muito obrigada,
    Camile

    Responder

  11. Marcos, preciso te agradecer pelas dicas desse post e outras também disponíveis aqui no [ Ferramentas Blog ].

    Eu nunca tinha blogado antes e nem imaginava que um dia iria fazer isso, mas acabei me interessando pelo assunto e no final do ano passado resolvi criar um blog pra começar a aprender. Mas comecei com o blog de meu nome (todo mundo erra na vida né rs), fui estudando e aprendendo várias técnicas, muitas lendo aqui no [ Ferramentas Blog ], foi quando eu tive essa dúvida do nome e perguntei a você aqui pelo blog. Fiquei surpreso da sua rapidez em responder, ainda mais com um post tão rico como esse. Foi umas duas horas entre o envio da minha dúvida e a postagem deste artigo.

    Enfim, tirou a minha dúvida e me alavancou a aprender mais coisas sobre criar um blog profissional, como técnicas de escrita, layout do blog, SEO, investimentos essenciais (uma boa hospedagem por exemplo) etc. Hoje, não posso afirmar ainda que consegui criar um blog profissional porque lancei a muito pouco tempo (dia 10/04/2013), mas percebo que estou no caminho certo! Graças às dicas aqui do seu blog.

    Consegui criar um blog bem legal, do jeito que eu queria usando meus conhecimentos para ajudar outras pessoas, agora só preciso trabalhar mais pra gerar conteúdo (e de qualidade). Estou me esforçando!

    Se quiser conferir o resultado do blog que você indiretamente influenciou bastante, o blog é esse: [link suprimido]

    Um abraço, e obrigado!

    Ah, avise-nos com antecedência quanto for fazer outro hangout.

    Responder

  12. Acho muito importante ter um domínio com o nome próprio pois auxilia muito na imagem (branding) e na autoridade da profissional. Ter o um site ou blog que seja uma extensão do currículo profissional é uma excelente idéia!

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.