A importância do Blog de Testes

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

teste-blog Um assunto importante e simples, mas que me vejo na obrigação de tratar aqui dada a constante recorrência de mensagens e contatos solicitando ajuda para “arrumar” erros e bagunças de blogueiros em todos os níveis quando se metem a mexer no código-fonte do blog. Sempre trato da importância de se manter um blog para testes antes de aplicar qualquer mudança no blog original, mesmo que seja para inserir um gadget e é isso que vamos conversar agora.

Não importa o seu nível de conhecimento em HTML, CSS, Script e tudo o mais para programar para blogs/sites – seja iniciante ou avançado nessa empreitada de manter um blog, é sempre importante fazer testes antes de começar a mexer em qualquer coisa em seu blog. Vou falar do que eu faço como um exemplo: tenho dois blogs na plataforma Blogger fechados apenas para fazer testes. Um uso para testar recursos, gadgets e mudanças no código-fonte, onde aprendo o que vou ensinar nos meus tutoriais. Ou segundo eu tenho instalado meu layout, que é uma réplica do [ Ferramentas Blog ]. Com isso posso testar o resultado das mudanças que quero fazer no meu blog original e ver como ficará antes de aplicar em definitivo.

Também tenho dois projetos no WordPress. Só vou lançar quando estiverem devidamente prontos e quando eu estiver bem familiarizado com os recursos que vou usar para cada um deles. Também criei blogs de testes para os dois, onde posso, sem risco de perder o que já foi feito nos originais, mudar e aprender o que tem potencial de uso nos meus novos trabalhos.

Mas antes de se ter um blog de testes é preciso sempre lembrar de algo muito importante também: fazer sempre Backups de segurança do seu blog original. Mesmo com um blog de testes algo pode sair errado quando for transportar para o seu blog principal. E tem muita gente esquecendo disso:

teste-blog2

Como criar um Blog de Testes.

Para cada plataforma, seja o WordPress ou o Blogger, é possível ter na mesma conta, vários blogs. O que recomendo aqui é que se tenha no mínimo mais um e que seja uma cópia idêntica do seu blog original, para que as mudanças feitas em um fiquem exatamente como ficarão no seu blog principal e assim você poderá ver os resultados antes e avaliar se vale a pena.

Se você usa o Blogger.

É o mais simples. No topo do painel do Blogger, quando você entra em sua conta, há um link “Criar um blog”, como mostra a imagem abaixo:

link-criar-blog-testes

Daí pra frente as etapas são as mesmas que você cumpriu ao criar o seu primeiro blog. E esse novo ficará na sua conta do Blogger sempre disponível para você fazer modificações. Com isso, pegue o backup do template de seu blog original e instale no blog de testes como se faz para instalar um novo layout (se não sabe como fazer isso veja “Vídeo Tutorial – Trocar Template Blog Blogger”).

Se você usa o WordPress.

Para quem tem um blog no WordPress padrão, sem usar uma hospedagem, ao entrar na sua conta, você verá abaixo da entrada do seu blog um link “Registrar outro blogue”.

link-registrar-blog-wordpress

Da mesma forma que você criou o primeiro, crie um segundo. Vá no menu para alterar Temas e escolha o mesmo tema que você usa no seu blog principal, criando assim uma cópia idêntica ao seu blog original.

Já quem tem um blog no WordPress.org (avançado com hospedagem própria), o procedimento só muda um pouco.

Vá ao gerenciador de arquivos de sua hospedagem (seja pelo site do provedor ou pelo programa de FTP) e crie uma nova pasta chamada “Testes”, assim você terá um outro diretório de seu endereço, algo como:

http://www.seublog.com/testes/

Dentro desse novo diretório instale o WordPress como se fosse começar um novo blog. Ele funcionará nessa nova pasta e sempre que você acessar esse endereço você poderá ver e modificar o novo blog.

Outra sugestão é criar um subdomínio para seu blog de testes. O procedimento de instalação é o mesmo. Coloque no novo blog todos os plugins e Temas que você usa no seu blog original criando assim uma cópia idêntica e use-o para fazer seus testes e ver resultados antes de aplicar no seu blog principal.

Concluindo.

Manter um blog é trabalhoso e demanda algum tempo e dedicação para se aprender alguns recursos. Você não precisa ser um especialista em todos os assuntos, mas precisa entender ao menos a estrutura e investir algum tempo em se desenvolver e desenvolver seu blog. Os testes evitam problemas e sustos na hora de usar novas aplicações e tentar coisas diferentes. Então comece seu blog fazendo testes e aprendendo a usar o seu serviço de blogs.

Recomendo que veja para completar o assunto:

Já pensou em ser um(a) Blogueiro(a) mais Profissional?

Está cansado(a) de ser um blogueiro mediano(a) e que não tem resultados com seu Blog, não ganha dinheiro e não recebe as visitas que gostaria?

Você chegou aqui procurando como aprofundar seus conhecimentos em Blog, como Ganhar Dinheiro com seu Blog, aplicar as melhores técnicas de SEO, divulgar seu Blog e fidelizar seu público alvo. E posso te ajudar com essas coisas e muito mais, elevando o nível de qualidade do seu projeto.

Desenvolvi um curso completo, totalmente online, cobrindo tudo o que é necessário para um Blog atingir seu potencial máximo, detalhe por detalhe, que vão te tornar um Blogueiro de Elite:
  • Técnicas de produção de conteúdo
  • Fidelização do Público alvo
  • Divulgação e Técnicas de SEO
  • Métodos e técnicas de Monetização
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Esta é sua chance de ser mais profissional e ter um blog eficiente, completo e que pode ser sua fonte de renda permanente. Sou Blogueiro desde 2007 e condensei todo este conhecimento dentro do curso Blogueiro de Elite para entregar a você.

12 Comentários

  1. Eu sempre faço isso, quando um dia, eu era novato ai fui fazer o Hack Leia Mais que tem na própria página do blogger e meu template (que na época era o Mínima), ficou todo defomado.

    Responder

  2. Eu tenho feito isso já há bastante tempo. Quando mudei meu template, fiz tudo em um blog de testes. É bem mais seguro. Mas, engraçado que o pessoal acha que dá mais trabalho. Mal sabem eles…

    Responder

  3. Ora aqui está um algo que mais uma vez aprendi lendo o seu blog e o da Juliana Sardinha. 🙂

    É algo que já se tornou pratica comum para mim, quando quero testar algum truque ou dica nova. Tenho sempre pelo menos uns dois ou três blogs de testes somente para esse objectivo onde carrego o template que uso no meu blog oficial para que o teste seja o mais próximo possível ao que quero.

    Mais uma grande dica recomendada a todos, novatos ou não. 😉

    Abraço. 🙂

    Responder

  4. Um blog de testes é de extrema importância. Quis alterar o meu template e configurei o mesmo em meu blog de testes. O novo template estava cheio de defeitos e erros, tive o tempo que quis para configurar tudo (quase 6 dias) coisa que você não pode fazer no seu que é blog aberto ao publico, pode até espantar os novos visitantes.

    Um abraço

    Responder

  5. Saudações Marcos!

    Meu caro amigo, a cada suas postagens estão melhores, uma dica como essa, rica em detalhes, poucos blog's oferecem com tanta precisão. Minhas apologias.

    William Douglas
    pubwebtv.com

    Responder

  6. Olá, Marcos!

    Bem interessante a sua dica. Eu já tenho e faço uso frequente de meu blog de testes.

    Realmente dá muito mais tranquilidade aplicar as alterações no meu blog "oficial" somente após elas terem funcionado corretamente no ambiente de testes.

    Um abraço!

    Adelson Smania
    Gerenciando Blog

    Responder

  7. Olá Marcos!
    Obrigado por mais estas preciosas dicas! Como ainda não tenho o WordPress instalado, precisava de saber se posso efectuar uma instalação experimental no meu PC, a fim de me ambientar com o WordPress e para ir desenvolvendo o site, para posteriormente fazer upload para o servidor do host.
    Obrigado. Pedro

    Responder

  8. Um blog de testes é indispensável, a 6 meses atras eu nem pensava nisso, por isso, certa vez eu fui acrescentar uma ferramenta e essa ferramenta ACABOU de vez com meu modelo, mas eu consegui recuperar!

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.