ATENÇÃO: Vamos fechar os comentários do Blog

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Administrar um blog nas proporções do [ Ferramentas Blog ] é uma tarefa complexa e demorada, especialmente pela grande quantidade de interações que recebemos diariamente. A parte mais difícil é mesmo moderar as centenas de comentários que chegam diariamente e ainda manter o blog atualizado, responder e-mails/contatos e ainda marcar presença nas redes sociais. Por isso mesmo, nos próximos dias tomaremos uma medida radical com relação ao uso de comentários no Blog.

Quem acompanha o nosso Blog sabe o quanto somos rigorosos na moderação que fazemos de todos os comentários recebidos, não poupando ninguém. Temos regras claras para manter o alto nível de interação e já explicamos nosso ponto de vista sobre a importância de regras e moderação.

Portanto, recomendo que leia também:

Para termos uma melhor qualidade de nosso conteúdo e interação de melhor nível com nosso público, resolvemos que seria melhor fecharmos os comentários de todos os nossos artigos e adotarmos uma nova forma de interação mais restritiva.

Muitos que acompanham o [ Ferramentas Blog ] sabem que enfrentamos duras críticas por nossa postura de moderação e nossa busca por qualidade.

A imaturidade de alguns e o desrespeito de outros nos obrigam a tomar medidas drásticas para conseguirmos continuar com o Blog e ainda oferecer espaço para nos relacionarmos com nossos leitores.

Desse modo achamos melhor fechar a área de comentários do Blog, permitindo que apenas pessoas cadastradas possam comentar e interagir. Isso não elimina as regras de moderação, mas inibirá a ação de pessoas que não são capazes de respeitar o espaço do outro.

Vimos essa atitude de fechar comentários só para assinantes no Tecnoblog (Decidimos fechar os comentários: só com cadastro) e compartilhamos da opinião deles. Acreditamos que esta seja uma tendência para a blogosfera que busca mais seriedade e profissionalismo até em suas interações.

Como funcionará

Nos próximos dias estaremos ativando o serviço (que ainda está em testes e implementação), onde só será possível comentar quem for devidamente cadastrado, podendo fazer login (conectar) por uma conta de rede social como o Facebook, Twitter ou Google.

Desse modo poderemos identificar melhor as pessoas que comentam, diminuindo os fakes e eliminando aqueles que só veem até o blog para ofender, xingar ou falar bobagens. Eleva-se o nível de responsabilidade, uma vez que não será possível comentar de forma anônima e irresponsável.

Mesmo assim, vamos continuar moderando os comentários, mas alguns leitores mais frequentes poderão ganhar alguns privilégios.

Comentários e Conteúdo

Algumas mudanças e melhorias no Google e questões de SEO, levam em conta os comentários como parte integrante e relevante do conteúdo de um blog ou site.

Buscamos assim melhorar e elevar o nível de qualidade dos comentários que hoje recebemos, tornando os conteúdos mais úteis para os visitantes em geral. Vamos inibir os “vandalismos” virtuais e até acabar com certas críticas infundadas ou desrespeitosas que aconteceram no passado, por parte de outros blogueiros que não sabem respeitar a liberdade do outro de fazer no próprio blog o que quer.

Liberdade e responsabilidade

Temos a certeza de que isso incentivará as pessoas de bem e mais qualificadas a comentarem de forma mais livre, aberta e constante. Ofereceremos segurança para nossos leitores interagirem, uma vez que evitaremos o anonimato e os fakes que só tumultuam debates.

Isso também ampliará o respeito nas interações já que todos estarão e serão facilmente identificáveis.

Todos continuam livres para vir comentar e terão suas opiniões amplamente respeitadas num espaço cordial, amistoso e sério. Vamos ampliar nossas relações sociais de blogueiros, porque será mais fácil encontramos outros blogueiros pela identificação de redes sociais.

Assim que implantarmos o novo sistema, publicaremos um tutorial que ensine como você também poderá fazer o mesmo em seu blog.

Já pensou em ser um(a) Blogueiro(a) mais Profissional?

Está cansado(a) de ser um blogueiro mediano(a) e que não tem resultados com seu Blog, não ganha dinheiro e não recebe as visitas que gostaria?

Você chegou aqui procurando como aprofundar seus conhecimentos em Blog, como Ganhar Dinheiro com seu Blog, aplicar as melhores técnicas de SEO, divulgar seu Blog e fidelizar seu público alvo. E posso te ajudar com essas coisas e muito mais, elevando o nível de qualidade do seu projeto.

Desenvolvi um curso completo, totalmente online, cobrindo tudo o que é necessário para um Blog atingir seu potencial máximo, detalhe por detalhe, que vão te tornar um Blogueiro de Elite:
  • Técnicas de produção de conteúdo
  • Fidelização do Público alvo
  • Divulgação e Técnicas de SEO
  • Métodos e técnicas de Monetização
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Esta é sua chance de ser mais profissional e ter um blog eficiente, completo e que pode ser sua fonte de renda permanente. Sou Blogueiro desde 2007 e condensei todo este conhecimento dentro do curso Blogueiro de Elite para entregar a você.

48 Comentários

  1. Concordo plenamente. Apesar de ser uma decisão difícil, é o que terá que ser feito mesmo, eu mesmo estou para lançar meu blog e estou bem atento ao que está acontecendo. Existem blogs por ai que são uma verdadeira “curva de nível”, só para entulho e lixo. Abraço.
    Bruno Bubula

    Responder

  2. Medida correta Marcos, mesmo com a obrigatoriedade do registro, para quem se interessa pelos assuntos pale qualidade, como eu, não vê nenhum tipo de empecilho. Aguardamos o tutorial…

    Responder

    • Erick,

      Ninguém será obrigado a assinar a newsletter do Blog, nem a receber conteúdos ou divulgar algo involuntário em suas redes sociais.
      O cadastro e login será meramente uma forma de entrar nos comentários do Blog e identificação das pessoas.

      Responder

  3. É uma boa ideia para o teu nicho de mercado… Acho que vai funcionar e contribuir para uma informação de qualidade, até nos comentários! E não podemos esquecer que, por vezes, os comentários, tE~m informação complementar importante – quer seja dada pelo autor do blog ou não…
    Mas, este sistema para alguns nichos pode não funcionar. No nicho em que eu trabalho – o da fertilidade e infertilidade – não poderia recorrer a esse tipo de comentários… O anonimato é importante para uma grande faixa de leitores que nos procuram! Muitos não assumem perante a sociedade que estão a tentar engravidar ou que têm problemas de infertilidade. Comentar sob a protecção do anonimato é a forma que
    têm de comunicar!
    Boa sorte!
    E, claro, que me irei cadastrar!~
    Margarida Braga

    Responder

  4. Tenho certeza que são necessárias medidas enérgicas para poder separar aqueles utilizam com frequência o Ferramentas blog como verdadeiro orientadores,daqueles que fazem comentários depreciativos.Como se diz é separar o “joio do trigo”.Um bom trabalho a todos e sucesso.

    Responder

  5. Olá. Entendo a importância da medida, bem como os motivos que levaram a ela. No entanto, não gostaria de ter a minha liberdade privada, nem gostaria que usassem o meu comentário como máquina para marketing. Não gosto quando blogs colocam o comentário apenas via facebook, por exemplo. Mesmo existindo a opção de apenas eu visualizar sinto que a minha privacidade está sendo restringida. Me sinto num cerco, onde a vida pessoal e virtual não possuem mais distinção. Meu perfil é completamente dissociado do meu blog. Meus amigos não são o meu público. Quem eu troco experiências sobre blogs não estão no meu face, ou g+ ou qualquer outro lugar. Minha relação é de blog para blog.
    Não gostei dessa iniciativa. Mas respeito sua vontade de tomá-la para manter a idoneidade do blog.

    ps: Realmente um assunto polêmico, como foi anunciado.

    Responder

    • Eu leio um blog sobre TV, mas porque gosto do que (e como) o autor escreve que propriamente as atrações. Diversas vezes comentei os assuntos propostos.
      Em determinada ocasião, ele implementou a necessidade de logar pelo Facebook, Twitter ou se cadastrar no portal. Não vi problema algum em logar pelo Twitter, porém após emitir meu comentário no blog, um resumo com um link foi postado no meu Twitter.

      Cai na mesma questão que você, Mira. Eu queria conversar sobre o tema proposto com o autor e com os comentaristas naquela discussão. Não era do meu interesse levar a discussão para os meus contatos do Twitter (ou do FB se por lá tivesse conectado). Acredito serem redes sociais (sim, eu acho que os comentários em um blog são redes sociais) diferentes e fiquei p*** que eu não tivesse escolha em não publicar o comentário de um em outra (eu por exemplo, envio meus comentários do Twitter para o FB por livre e espontânea vontade, mas não envio os comentários do FB para o Twitter).

      Os comentários no Tecnoblog como informa o link citado no post, tem um “em tempo” que mostra a preocupação deles em não usar a necessidade de logar como uma publicidade direta (que foi o que o blog do comentarista de TV fez) -> “Em tempo: os comentários feitos aqui não são postados nos perfis de redes sociais. Ficam somente no TB.

      Não me causa um incômodo grande o dono do blog que eu comento coletar algumas informações minhas. Acho até bom. Se o que eu postar ficar somente no local que posto, faço sem maiores problemas. (só que no caso deste blog em específico, que discute ferramentas para blogues, sentirei um tanto a falta de colocar na minha assinatura o link do meu… BLOG).

      Responder

      • Mira e Victor,

        Entendo a preocupação de vocês e já adianto que não vamos coletar informações das pessoas e nem mesmo publicar links em suas redes sociais.

        Usaremos unicamente o recurso como forma de identificação e conexão, deixando livre para as pessoas também usarem um perfil do Blog, caso não queiram usar perfil pessoal.

        Eu também não gosto que algo seja publicado na timeline de minhas redes pessoais sem que eu mesmo faça isso livremente.

        Responder

      • Concordo absurdamente com vocês dois.
        E outra, sou comentadora esporádica, dos posts que me interessam. Eu preciso me cadastrar em (mais um!!) site/página, pra comentar?!
        Imagino o quão difícil deve ser ler uns 1000 comentários por dia, mas é pra isso que temos blogs não? Há os que “reclamam” dos comentários demais e há os que reclamam dos comentários de menos. Ninguém nunca tá satisfeito. Creio que minha participação vai diminuir mas não vou deixar de ler.

        Responder

        • Kate,

          pense na qualidade dos comentários que virão…
          Olhe esse artigo aqui mesmo como exemplo ou o artigo anterior a esse (o que falo sobre um problema no Blogger), quanto mais rigoroso sou na moderação, maior é a participação e melhor é o debate e a troca de informações.

          Sei que isso dificulta um pouco, mas torna os comentários um lugar mais atraente. Veja como é melhor saber que você realmente estará interagindo com perfis verdadeiros, com pessoas que realmente estão dispostas a trocar ideias, sem o perigo de ofensas ou mesmo misturar conteúdo e comentários de qualidade com comentários desnecessários ou intrusivos.

          Além disso, isso facilitaria a minha vida como moderador. Eu fico mais tranquilo sabendo que meus leitores podem interagir sem precisar da “supervisão de um adulto” ou alguém ditando regras.

          Mesmo que os comentários diminuam, eles terão maior qualidade, incentivando outros a também comentarem.

          Responder

          • Isso é relativo, Marcos. Um exemplo: Folha de São Paulo. O cadastro não faz uso de rede social, inclusive pede o cpf e seu endereço e as insanidades que escrevem são, no mínimo, absurdas. Reconheço que alguns comentários são mais interessantes que a própria matéria, mas aqueles comentários aqui, simplesmente seriam vetados.
            Não acho que vai ter dar mais tranquilidade, pode dar uma organização, fidelização, tudo mais.
            Tem muitos adultos que precisam da supervisão de adultos! :d
            Mas a ideia, por si, é boa.

            Responder

    • Marcos, Muito obrigada pelos esclarecimentos.
      Tenho certeza que aqueles que estão realmente interessados em interagir e contribuir continuarão vendo o espaço de cometários como um espaço de valor. Um espaço que serve, p.e. para você nos convencer que tomou uma decisão acertada e que não quer se aproveitar de nossas informações. Um simples cadastro não irá nos fazer mal. =)

      Responder

    • Quando os comentários chegam a centenas, quando a obrigação de postar um conteúdo de torna diária, e a obrigação de se atualizar também, não fica tão simples assim amigo. Entendo perfeitamente o Marcos. Se para mim, que sou blogueiro iniciante, manter o conteúdo diário, publicá-lo e me reciclar já dá um bom trabalho, imagine nessa proporção.

      Responder

  6. Confesso que quando li, tomei um susto, afinal sempre foi aconselhável por você manter a interação com o público. Mas essa de uma alternativa para poder deixá-los mais elitizados, concordo plenamente. E certamente os frequentadores assíduos não vão se incomodar. Eu mesmo não vou me incomodar.

    Responder

  7. Marcos, concordo com sua iniciativa de cadastrar as pessoas que comentam os artigos. Especialmente por que vocês não podem perder tempo lendo e moderando comentários ofensivos ou que geram discursões desnecessárias e prejudiciais. Você e sua equipe podem gastar esse tempo pesquisando e postando mais conteúdo de valor. Além do mais ficou claro que comentários de baixo nível prejudicam o blog nos buscadores, e irritam também os blogueiros que querem informação de qualidade. Um ponto que eu preciso tocar é que você nos presta um imenso favor, nos ensinando gratuitamente a melhor forma de blogarmos, seja nos layouts, nas funcionalidades, ou na forma de nos portarmos na blogosfera, além de dicas para produzir conteúdo relevante. Sua responsabilidade é imensa, assim como seu altruísmo, e eu não me importo de logar quantas vezes forem necessárias para emitir minha opinião, por que a parte mais difícil vocês já fazem: ensinam de graça. E ninguém precisa comentar todos os seus artigos! Essa sua atitude foi em tempo! Um grande abraço e obrigado mais uma vez!

    Responder

    • Rodrigo,

      tenho certeza de que essa iniciativa vai atrair ainda mais pessoas para comentar, por se sentirem seguras aqui no blog, reconhecendo esse espaço como um espaço realmente democrático e civilizado para o debate e troca de informações.

      Sei que muita gente tem perdido o hábito de comentar por não ter paciência de ler comentários desnecessários em muitos blogs por aí. Agora vamos elevar o nível dos comenta’rios por aqui e sei que muita gente vai querer participar de forma séria e construtiva.

      Obrigado por seu apoio e por entender o que estamos fazendo.

      Responder

  8. Decisão mais que acertada. Fico até imaginando a quantidade de comentários, por exemplo, do último post que não foram publicados devido a ofensas, ainda mais quando o assunto em questão gera uma discussão mais acirrada entre os leitores.
    Da minha parte eu não poderia ficar quieto diante de tanta besteria ali escrita. E juro que tentei manter o nível. 🙂

    Responder

    • E pode apostar que aquele nem foi dos artigos mais difíceis de moderar. As vezes tenho vontade mesmo é de nem permitir comentários em certos artigos. O pior mesmo são os caras que não entendem as regras e não aceitam o fato de terem comentários pagados, querendo dar lição de moral e ainda interferir no trabalho alheio.

      Tem muita gente “cagando” regra para os outros, mas não olham para o próprio umbigo.

      Responder

  9. Apoiado! Concordo com você Marcos, hoje em dia devemos moderar e restringir os comentários de um blog. Quando os comentários estão liberados, sempre há diversos spams misturados aos bons comentários! Eu tomei está medida no meu blog e não me arrependo; os comentários diminuíram bastante, mas agora eles têm mais qualidade.:)

    Responder

  10. Boa atitude!
    As vezes eu também recebo comentários bobos, muitas vezes, até com xingamentos! É tão difícil manter um blog atualizado, e tb responder à todos. Essa sua proposta dará certo e é bem vantajoso.

    Felicidades!

    Responder

  11. Gostaria que esses portais de informações, como: UOL, Globo e o Terra, também realizassem essa atitute diante do sistema de comentários.

    Parabéns!

    Responder

    • Mas eles fazem! De forma errada. Exemplo, você pode ofender o colega que fez o comentário, mas não pode falar mal do portal em si e nem estou falando do jornalista em si, é do site mesmo! 😀

      Responder

  12. Olá Marcos

    Por incrível que pareça, eu pensei nisso agora há pouco, ao ver um comentário indigesto no meu blog.

    A pessoa escreve o link do site, o e-mail, um nome ridículo e escreve uns absurdos.

    Entretanto, instalei o plug-in Facebook Comments num blog e percebi que os comentários ofensivos continuam. A vantagem, nesse caso, é que os comentários ofensivos aparecem no mural de quem comenta.

    Sabemos que mais tarde o próprio Facebook cortará os usuários que bagunçam a internet, usando sua conta.

    Tomara que desapareçam os maus comentadores!

    Responder

  13. Olá Marcos!

    Por mim não tem problema, com a integração ao twitter e facebook não tem desculpa para não comentar.

    Assim como você citou, evita os preguiçosos,fakes e que gostam de uma intriga.

    Abraço!

    Responder

    • Evitar acho que não, mas vai diminuir ao ponto de se poder controlar. Infelizmente pode-se criar facebook e twitter fake do mesmo jeito. Vai diminuir porque preguiçoso gosta de facilidade, rapidez, e isso pode ser considerado um obstáculo para eles.

      Será que existe algum tipo de plugin que modere os comentários ao ponto de poder bloquear certos usuários?

      Responder

  14. Olá Marcos.Apesar de meu blog, ser pequeno,e eu não ser uma grande blogueira como você já fui vítima desse tipo de brincadeira sem graça, mas para mim foi simples, fui lá e apaguei,era apenas um. Mas fico imaginando como deve ser difícil para você, com um blog do porte do Ferramentas blog. Creio que você tenha tomado a decisão mais correta.Infelizmente, por causa de uns “palhaços virtuais” outros acabam prejudicados, mas seja qual for sua decisão, saiba que te apoiamos totalmente, mesmo que eu não esteja entre esses que vão poder dar sua opinião ou tirar suas dúvidas.Boa sorte…

    Responder

  15. Pingback: 12 Dicas de Metabloggers Que Você Não Deve Seguir | Rentabilização de Blogs: Dicas e Informações reais para Blogueiros

  16. Oi Marcos, tomei um susto quando li o título.
    Mas você tem razão, alguns comentários tiram a gente do sério, aí dá aquela vontade de ser mãe do desorientado só para poder cortar a internet do moleque e dizer: “Desce pro playground para aprender a interagir na vida real!”(Sabe como é, né? No parquinho se você não brinca direito com os colegas…:))
    Um abraço e obrigada por manter um canal de comunicação conosco, Pat

    Responder

  17. Sofro com o mesmo problema e vinha pensando em abrir o cadastro só que no próprio WordPress, porém gostei muito de também permitir por Facebook e Twitter, mas…

    Como se faz? Procurei tutoriais na internet e nada. Gostaria que vocês fizessem um tutorial de como implantar esse sistema de comentários no blog. Até achei alguns porém os atuais comentários iriam ser substituídos.

    Um abraço!

    Responder

  18. Sempre leio os artigos pelas newsletter. Apoio totalmente os comentários via cadastro. Quem quer opinar, debater, ou mesmo criticar, visando o crescimento, nao precisa ter medo de mostrar a cara. E se vocês prometem que não vai ter interferencia nas nossas redes sociais, melhor ainda. =D

    Responder

  19. Isso mesmo fecha os comentários. Desta forma poderá dedicar seu tempo para produção de mais conteúdo. O Ferramentas tá precisando de uma sacudida.
    Abraços

    Responder

  20. Marcos, sabe que sou um entusiasta de suas ideias. Sua posturas corretíssimas – duras, mas consequentes e equilibradas – são um exemplo na Blogosfera. Seu espaço já foi conquistado e já fez história, já tem noção disso, não é?
    Abração amigo.

    Responder

  21. Marcos, entendo a sua colocação, mas vejo isso totalmente desnecessário. Diariamente, recebo comentários de pessoas que desrespeitam meu trabalho. Simplesmente, ignoro-os e sigo em frente. Meu blog não tem a mesma quantidade de comentários que o seu, mas acho que bastava moderá-los.

    Enfim… Boa sorte!

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.