Copiando ideias de outros Blogueiros: Pode?

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Uma assunto que atormenta a vida de blogueiros é o plágio e conteúdo duplicado. Quando copiam nossos trabalhos é uma tormenta. Mas pode acontecer de alguém simplesmente nos copiar uma ideia, ler nosso blog e fazer algo muito parecido, só mudando algumas palavras e imagens; tudo o que fazemos o outro tenta fazer igual, alterando alguns detalhes para fingir ser original. Podemos copiar ideias de outros para criar nosso próprio conteúdo?

Clique AQUI e Inscreva-se no nosso Canal no Youtube

É praticamente impossível ser totalmente original na internet, pensar em algo que nenhum outro pensou. Mas olhar o que outros fazem e simplesmente querer fazer igual pode ser um problema. Não é crime, mas também não está totalmente certo. Ficar olhando e esperando o outro fazer algo para copiar suas ideias não é algo muito nobre:

Se você não entendeu bem o que estou falando aqui, então vou explicar com um exemplo para ficar mais claro:

As vezes alguém acessa o seu blog, um outro blogueiro do mesmo tema que o seu, só para “roubar” suas ideias e fazer algo tão parecido que quase parece cópia. Você cria um artigo assim e outro só copia a ideia mudando poucos detalhes:

Note bem que foram mudadas algumas palavras, a imagem e o título, mas de forma que dá para perceber que o segundo foi uma cópia, roubando a ideia do outro que publicou primeiro.

Com toda certeza vamos tratar de assuntos bem semelhantes quando encontramos blogueiros do mesmo nicho que a gente. Fatalmente vamos tocar nos mesmos temas e até escrever posts bem parecidos. O problema está quando percebemos que o outro simplesmente copiou nossas ideias descaradamente.

Inspirar-se em outro blogueiro, aproveitar ideias bem sucedidas e até usar algo como modelo é perfeitamente legítimo e aceitável. Uma das coisas que ensino é sempre ler várias fontes para que você seja capaz de criar seu próprio conteúdo, sem precisar usar ideias de terceiros.

O que não pode é fingir que a ideia é sua, ir até o blog ou site alheio copiando tudo o que vê pela frente, mudar só algumas frases de lugar e dizer que fez algo original. Não dá para ser a sombra do outro, andando apenas no rastro para roubar inspiração.

Roubando ideias

Isso nem pode ser chamado de “cópia” apenas. Não é bem duplicar conteúdo, mas é um roubo de ideias. O outro teve o trabalho de produzir algo, preparar um material e criar conteúdo, enquanto alguém só lê, imita tudo o que encontra, tentando fingir que não fez nada de errado.

Para mim, roubar ideias é ainda pior do que copiar e colar. O sujeito que faz isso teve a maldade de tentar falsificar algo que não é dele, enganando o leitor, enganando o criador e até tentando enganar a si mesmo.

Gostou de algo que encontrou na internet, cite, recomende o link, indique para seus leitores, mas sem copiar nada. Nunca tente fazer igual aos outros, pensando que assim você terá os mesmos resultados. Além disso, você faria algo muito nobre divulgando uma boa ideia, apontando para o original.

Questões de SEO

Não podemos esquecer do nosso velho amigo, o Google, que tudo vê e tudo segue. O Google detesta quem copia conteúdo, duplica coisas e rouba ideias. Mas aprecia quem cita informações, recomenda links bem contextualizados e aponta caminhos na internet.

Há algum tempo a Google lançou duas atualizações importantes em seus algoritmos, o Panda e o Penguin. Ambos tem como objetivo melhorar a experiência do usuário em encontrar conteúdo original e único. Eles querem oferecer a quem pesquisa, resultados mais refinados.

A questão é que os algoritmos do Google conseguem identificar semelhanças e determinar por semântica e significado das palavras ou contextualização, o que é muito parecido, mesmo que tenha algumas mudanças para tentar parecer diferente do original. (Google está punindo quem copia conteúdo)

Copiar e duplicar conteúdo para o Google não é apenas “Ctrl+C/Ctrl+V“. Inclui também o roubo de ideias. Com a chegada do Google Penguin Update, querem reforçar a questão da qualidade e originalidade dos conteúdos. Cópias de ideias podem ser até consideradas SPAM e excluído do índice do Google.

Vale a pena copiar ideias?

Alguns dirão que não tem problema copiar ideias; defenderão que até citam a fonte; e que citar a fonte é bom para o autor original. São os mesmos que defendem que “plágio não é ruim” ou dizem que “só estão querendo divulgar” (Copiar conteúdo de outros Blogs é divulgação?).

Não vale a pena copiar e roubar ideias de outros por um motivo bem simples: prova a ignorância em criar algo próprio, mostrando o quanto é limitado e até estúpido quem faz isso. Sem contar que blogs alimentados dessa forma tendem ao fracasso rapidamente, por serem pouco eficientes e sempre dependerem dos outros.

Se você criou um blog, então deve ter algo a dizer. Se foi apenas para copiar os outros, seja plagiando, duplicando conteúdo ou roubando ideias, então vá arrumar outra coisa para fazer. A Blogosfera é um espaço para a criatividade e o exercício dos bons modos, do respeito ao trabalho do outro. É lugar de produção.

Aproveite os links citados nesse post para pensar um pouco mais sobre o espaço que você ocupa na blogosfera e como tem sido suas atitudes na hora de pensar e criar seu conteúdo. E comente abaixo dando sua opinião sobre esse tema um tanto quanto direto, mas muito relevante para nossa presença na blogosfera.

.

67 Comentários

  1. Eu tenho por hábito rascunhar as ideias dos posts antes de fazer buscas pela web sobre o assunto. Isso evita que eu caia na tentação de aproveitar ideias já publicadas. Pode ser até que já existam assuntos similares, mas texto igual é impossível acontecer quando se adota essa prática. Depois de praticamente terminar meu texto é que busco pela web assuntos similares e uso algumas citações, com os devidos créditos e links, para respaldar minha opinião.

    Responder

    • José Marcio,
      Essa é a prática perfeita e ideal, que todos deveriam seguir. Criar seu próprio conteúdo antes e só depois pesquisar para complementar suas próprias ideias. É como buscar respaldo e confirmação, para tornar o artigo mais completo e ampliar as citações.
      Ótima dica a sua.

      Responder

    • Também faço como você, José!

      Alguns exemplos:
      Semana passada rolou o SPFW e eu sabia, desde o início, que ia encontrar muito material e muito texto parecido. Por isso, fiz uma cobertura diferente de todas que vi e diferente de tudo que já fiz: pus de lado as regras da moda e falei só sobre minhas opiniões dos desfiles. Acabou sendo a edição da semana de moda que o blog teve mais acessos!

      Além disso, tenho uma editoria no blog que posto ideias de enfeites para fazer em casa. Todas eu encontro na internet e só divulgo as que acho legais. Ao fim e cada post, conto de que site tirei a ideia e as fotos (a maioria é em inglês, então meus posts acabam sendo uma versão em português dos tutoriais).

      De resto, crio meu próprio conteúdo! =)

      Consciência limpa!!!

      Responder

    • Acabei de descobri que meu blog foi copiado, uma portagem que eu fiz, olha só, um blog simples como o meu foi vitima de plágio.não sei se posso falar aqui o nome desse site nem o nome da pessoa, pela data tem a prova mais que concreto, tem um detalhes não foi blog grátis que copio, foi um site até bem bacana, minha postagem foi feita TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2012, o que fez plágio foi 17 November 2012, que devo fazer contra isso eu odeio esse tipo de coisa, essa pessoa não copio um trecho não foi todo minha postagem. quem puder me dar uma resposta agradeço.

      Responder

  2. Copiar ideias é algo tão tenso. Já tive tantas ideias do meu blog antigo copiadas por blogs maiores. Vê-los receber todo o crédito por algo que não se deram o trabalho de pensar me deu vontade de matar alguém.
    E não adianta nem falar nada… A maioria não sente a mínima culpa 😐
    Ótimo post. Espero que sirva pra despertar alguma sã consciência nos copiadores de plantão.

    Responder

  3. Eu faço isso com posts que vejo em outros países de língua inglesa, traduzo e faço minhas adaptações com a minha forma de abordar os assuntos.

    Para os blogs do Brasil eu não tomo base para nenhuma postagem que faço, justamente para evitar isso e ter algo muito similar. Pegar um post base e fazer outro melhor não vejo problema, desde o conteúdo não seja simplesmente a troca de palavras como foi o caso acima.

    Teve uma boa ideia? Então faça logo e da melhor forma possível, por mais que outros copiem ou troque as palavras, jamais vão ficar na sua frente nas pesquisas, que é o que queremos. Eu mesmo nem ligo mais quando vejo copias de meus posts por ai, sempre estou em 1º mesmo.

    Responder

    • Clayton,
      Eu não acho tão legal assim ler outros blogs no exterior e adaptar o conteúdo depois. É o mesmo que roubar ideias, como exemplifiquei. Podemos ler conteúdo em qualquer lugar, mas é importante nunca copiar o que outros fizeram só traduzindo e mudando algo.
      Tente elaborar seus próprios textos e encontrar seu estilo.

      Responder

      • Eu entendo seu ponto de vista. No meu nicho esse lance de roubo de ideias , particularmente não vejo assim. Os textos adaptados no meu blog são muito genéricos e jamais vão prejudicar um blog no exterior. No seu nicho isso fica diferente, pois o texto é tudo! Quando falei que tenho muito posts copiados, são justamente os de minha autoria.

        Uma forma que estou fazendo para atrapalhar quem copia tudo do meu blog, é colocar videos, imagens com um tipo de logo ou identificação de meu blog. Sem falar que isso vai deixar o post muito mais completo para o Google.

        Responder

  4. Olá Marcos
    E isso não é raro de se ver não, principalmente entre blogs como o seu que ensina os outros blogs.Tá certo que as formas de fazer são as mesmas,mas com palavras e imagens bem parecidas aí fica estranho,eu já vi isso por aí, mas a minha confiança está no seu blog.Isso me lembra qdo um professor pedia o resumo de uma determinada pg de um livro e a maioria copiava tudo e só mudava o significado das palavras rsrsrsrsr,é mais ou menos assim.Abraços

    Responder

    • Queria completar com algo bem pior que acontece com quem tem um blog de artesanato como eu.Muitas já tiveram fotos de trabalhos que fizeram, sendo até expostas por aí na net, sendo vendidos, como se fossem de outra pessoa.Só não sei como fazem para entregar o trabalho se foi outra pessoa quem fez.Aí temos que colocar marca d´água em nossas fotos e mesmo assim,já vimos pessoas colocando tarjas em cima dessa marca e escrevendo outro nome…Roubo…

      Responder

      • Inês,
        Realmente isso é muito grave. É roubar deliberadamente e ainda fingir ter uma capacidade que não tem. Gente assim só sabe mesmo viver à sombra dos outros.
        Seu exemplo é um dos mais tristes que já vi.

        Responder

  5. Passei por isso recentemente, praticamente um efeito delay, eu publico o assunto, 2 dias depois ta la um post no blog do cara, sobre o mesmo assunto e com o mesmo enfoque que o meu.Triste

    Responder

    • Eu passo por isso sempre.
      Eu sei exatamente o que “certos blogueiros” vão publicar nos próximos dias, exatamente porque copiam todas as minhas ideias.
      Não importo se usam meu blog como inspiração, mas daí querer fazer tudo o que faço, isso não é legal.

      Responder

  6. Estou passando por isso a meses, um certo cara aqui da minha cidade onde eu moro, já copiou praticamente dois templates meus, copia a forma que eu falo/forma de se expressar, a forma em que ponho os títulos das postagens em meu blog, mudei o template e o mesmo já está se preparando para mudar, copia até a forma em que eu posto a descrição dos trabalhos que eu fiz etc… até mesmo a forma de eu divulgar o meu trabalho na folha sempre numa imagem de fundo cinza e etc… Área dos serviços, Área dos contatos os mesmos dizeres, Marcadores com os mesmos nomes… como devo agir nessa situação Marcos?

    Responder

  7. Marco Lemos, desta vez você me assustou. Tenho um blog sobre notícias de desenhos animados e quadrinhos. Não copio de nenhum site e não acho que seja roubo de ideia por se tratar de notícias. Mesmo quando escrevo algo que vários sites estão falando eu preciso pesquisar muito. Escrevo a notícia de uma maneira diferente e acrecendo um toque pessoal. Mesmo assim o Google pode punir meu blog por duplicar conteúdo? Por favor, me responda. Obrigado pela atenção.

    Responder

  8. agora compreendo a importância da originalidade, eu estou passando a ler mais blog do que eu lia antes para depois publicar, agora vou refinar ainda mais!

    Responder

  9. Olha… eu vou confessar que este é um assunto muito, muuuuuuuuito difícil de comentar.

    Não pelos focos que vc deu ao mesmo, mas porque muitas vezes uma ideia faz a safadeza de frequentar muitas cabeças mesmo. Em certas situações eu já me vi assim, sentindo-me invadida por uma mente estranha por ver em algum lugar posta em prática uma ideia que eu achava ser minha. Fico pensando que se eu já tivesse posto em prática, teria certeza que minha ideia teria sido roubada, surrupiada por alguém que a viu mesmo que nós não nos conhecêssemos. Na internet então… qualquer um em qualquer lugar pode ter acesso.

    Enfim… Acho que passo esta …E olha que eu nem sou de ficar em cima do muro 🙂

    Responder

  10. Olá Marcos…
    esse assunto é delicado, mesmo!
    Eu administro um blog, que eventualmente preciso alimentá-lo. Como é um blog de notícias, muitas vezes me pergunto se posso receber a notícia de uma outra fonte e citá-la no “meu” blog.
    Como a jornalista responsável me passa as informações, vou por ela, mas será que o google pensa do mesmo jeito?

    Vou até passar esse seu post para ela ler!
    Obrigada por dividir isso conosco!
    Aline.

    Responder

  11. Bom Marcos, concordo que copiar é errado, mas seria muita hipocrisia NOSSA falar sobre copiar ideias não? Até este estilo de Blog como o Ferramentas Blog eu conheço dezenas internacionais, inclusive muitos parecidos com o seu. Não estou desmerecendo o seu trabalho, até pelo contrário, eu sempre acompanho e já aprendi bastante. Mas este artigo ficou vísivel que é alguma briga particular com alguém que deve ter copiado a “sua” ideia, sei lá.

    Se a gente for levar isso à risca, é melhor nem termos um Blog, porque BLOG também foi uma ideia, não? O facebook copiou a ideia do Orkut (Rede Social) até o próprio Google copiou a ideia de outros buscadores, para quem não sabe o google não foi o primeiro.

    Agora, eu concordo com você no que se diz respeito ao cara ler um artigo seu e ir lá fazer quase a mesma coisa, até o título igual. Existem alguns que não fazem questão nem de mudar a imagem. Eu tenho dois Blogs, não copio conteúdo, não estou defendendo quem copia, porém fazer uma redação diferente também é trabalhoso. Não acho legal, mas devemos considerar isso também.

    Responder

    • Leandro,
      Acho que você não leu com muita atenção o início do artigo, onde digo exatamente que é praticamente impossível criar algo totalmente novo. E não s trata de criar algo novo.
      Não foi o que escrevi nesse post.

      E, ao contrário do que você pensa, não tenho nenhuma “briga pessoal” que me motivou a escrever esse post. Foi um email de uma leitora que questionou sobre esse problema que ela enfrenta. Respondi ela e achei interessante publicar sobre o assunto.

      Fui muito claro no início em me posicionar contrário apenas ao roubo de ideias de quem só quer se aproveitar do trabalho alheio.
      Sinto muito se não entendeu meu ponto de vista.

      Responder

  12. Marcos, ainda não entendi o que vc considera como copia de conteúdo (ok, esse eu entendi sim) e cópia de idéias. Afinal, blogs de um mesmo nicho fatalmente vão tratar de assuntos iguais hora ou outra, como fazer? Se, por exemplo, eu entrar no seu blog, ver esse texto aqui e me sentir motivado a postar minha opinião sobre o assunto no meu blog, vou estar copiando uma idéia. A idéia central do texto está, sim, sendo copiada, mas o texto em si não. Você considera isso errado?

    Agora a minha opinião: não acho errado buscar idéias de posts em outros blogs do mesmo nicho (seja nacional ou internacional). Essa é uma técnica eficiente para “garimpar idéias” de temas para serem abordados. Copiar textos (mesmo trocando palavras) é uma coisa (errada), buscar inspiração em outros blogs, para fazer um texto totalmente novo, é outra e eu não vejo problemas nisso.

    Muito bom você levantar a discussão.

    Abraço!

    Responder

    • Bernardo,
      Você entendeu bem o que eu quis ilustrar no artigo.
      Copiar ideias é apenas mudar uma coisa ou outra. Inspirar-se em outros blogs e nas ideias de outros não há problema.
      O problema são os que fingem inspiração e só querem fazer exatamente o que o outro fez.

      É perfeitamente legítimo ver o que outros estão fazendo, ler outras opiniões e querer escrever sobre o mesmo tema. Melhor ainda se você citar o outro como referência, levantar seus pontos, apresentar novos argumentos e recomendar que seu público leia o link que te inspirou. Sobre isso eu trato no artigo que citei no início “Como criar artigos originais para seu Blog“. Ensino justamente como podemos usar as ideias dos outros como inspiração.

      Por exemplo:
      Você gostou desse tema que tratei aqui? Então escreve sobre isso no seu blog, dizendo que leu o tema no meu e quer aprofundar ainda mais esse debate. PERFEITO!

      Responder

  13. Olá Marcos. Realmente é muito difícil criar algo 100% original. Alguns são cópias e outros são paráfrases. Lavoisier dizia que “na Natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma” e eu acredito que quase tudo o que vivemos hoje, é o melhoramento de algo que já existiu.

    Há outra questão do blogueiro ACHAR que algo de outro blog foi copiado dele e essa pode não ser a realidade. Alguns blogueiros devem esquecer este egocentrismo (quando errado) e procurar ser o melhor na sua área. O gênio Steve Jobs era um grande copiador de ideias e altamente plagiado. Porém, o que ele fazia era o melhor e o melhor se sobressai sempre!

    Não existe um melhor sozinho!

    Abraços!

    Responder

  14. Olá Marcos!

    Eu faço algo parecido com o José Márcio,eu simplesmente quando tenho uma idéia, se tiver um certo conhecimento começo a escrever, sem consultar nada só o cérebro rs.

    Algumas vezes mesmo boa parte do artigo já escrito, eu preciso pesquisar para aprofundar ou explicar como funciona mais detalhadamente se for um Tutorial.

    Não vou dizer que nunca fiz isso de pegar um trecho e tentar escrever como minhas palavras e acabou ficando como se eu tivesse só trocado as palavras, não faço mais isso!

    Prefiro mil vezes escrever com minhas palavras,mesmo que não fique bom,do que trocar as palavras,é por isso que só pego inspiração do Titulo e vou criando (imaginando) meu post,depois é claro faço uma pesquisa para não escrever besteira.

    Abraço!

    Responder

  15. Marcos Lemos, concordo em algumas partes, mas qual sua opnião sobre um blog que disponibiliza links de artigos de outros blogs com uma pequena descrição e o link original do artigo? Ele está plagiando? Eu mesmo tenho ideia de criar um blog assim. O que voce acha?

    Responder

    • Lucas,
      Citar um pequeno trecho para divulgar outro blog não tem problema. Claro, desde que seja um trecho bem pequeno mesmo, não mais que 1 parágrafo, com o link direto para a página original. Isso não é plágio. Pode ser feito como uma forma de oferecer para seus leitores opções de conhecer novos blogs que você gosta de ler.

      Responder

  16. Fico feliz em saber que eu estou dentro da “legalidade” pois eu sempre as fontes. Uma outra prática legal é fazer um “trackback”, desta forma as fontes sempre ficam informadas de que o seu post foi indicado… certo?

    Responder

  17. Pingback: Copiar é errado e anti-ético, todo mundo sabe. Mas o que é copiar?

    • Ótimo texto do Bernardo, que recomendo a todos lerem. Mostra exatamente como podemos nos inspirar nas ideias dos outros sem precisar copiar ou roubar ideias.
      Muito obrigado, Bernardo, pela ótima contribuição.

      Responder

  18. casos e casos. no meu caso por exemplo, meu site é um guia com instruções para sobrevivência. inevitavelmente terei que postar assuntos e lidar com idéias que já foram utilizadas é inevitável caso eu queira realmente abordar cada aspecto do tema do site. por exemplo, dias atrás alguns sites do mesmo nicho publicaram artigos sobre nós de escoteiro e marinheiro. este foi o ultimo post de meu blog, era inevitável mais cedo ou mais tarde eu tocar neste assunto.

    Responder

  19. Olá Marcos ! Sou uma grande fã do seu trabalho e da sua postura como blogueiro, admiro seu talento e personalidade sempre autêntica e objetiva, parabéns !

    Já passei pelos dois tipos de cópia, em alguns casos o plágio foi control c Control V em minhas opiniões pessoais e de quebra a pessoa usou até as fotos de meu marido e irmão como se tudo fosse parte da vida dela… a opinião, o marido e o irmão… Para estes casos, não tenho nem comentários… Para estes : a denúncia.
    Sobre o roubo de idéias, comecei a perceber algo do gênero a alguns meses… Um leitor e comentarista do meu blog faz exatamente o que você descreveu no caso do chuveiro… Lamentável. Sou da seguinte opinião, se eu não tenho inspiração para uma postagem, não coloco nada no ar e quando um artigo me inspira, sempre cito com link e recomendo o outro blog como leitura complementar.
    É desagradável ver um texto modificado em pouquíssimos pontos e em alguns casos o uso da mesma imagem que colocamos…
    Inspiração ou pesquisa são uma coisa, Mediocridade é outra.
    Concordo contigo que não é uma prática nada louvável e nem deve ser incentivada e com seu artigo tenho certeza de que muitos irão reavaliar seus conceitos e quem sabe tomar vergonha na cara 🙂

    Mais uma vez, meus parabéns !
    Grande abraço e tudo de bom para você e sua família ! 🙂

    Responder

  20. Oi Marcos,
    Descobri seu blog hoje, estou adorando!
    Acho que todos podemos ser “autorais”, mas às vezes as pessoas tem preguiça, acham mais fácil cortar caminho e copiar o que os outros já tiveram o trabalho de pensar.
    Para ser autoral é preciso inspirar coisas boas e depois expirar novas ideias, novos pontos de vista, novas opiniões. Não dá para pegar atalho, é preciso topar a aventura de mostrar-se!
    Valeu pelas inspirações! Vou continuar lendo e alimentando novas ideias para meus textos. Abraço,

    Responder

  21. Copiar idéias e posts eu acho que não tem problema nenhum,por exemplo eu criei meu blog baseado em outras idéias,e muitos posts também,mas eu não copio conteudo(mesmo eu não sendo contra quem faz,desde que cite a fonte).

    Responder

  22. Oi, Marcos,

    dessa vez discordo de você. Não é possível afirmar que a segunda nota sobre o chuveiro é cópia da primeira, só porque apresentam uma mesma ideia: a do chuveiro velho e do banho gostoso… olha que já escrevi algo que depois encontrei parecido em outro local, mas pela data, vi que a pessoa havia escrito primeiro. Eu costumo postar no Blog muitos artigos e notas encontradas na web, mas sempre coloco a fonte. Inclusive já coloquei links teus.

    Responder

    • Veja bem,
      O exemplo do chuveiro fui eu mesmo que criei. Um é cópia do outro. Isso é inegável. Só foram mudadas algumas palavras. E não acho que essa seja uma prática legal. Pegar o trabalho de outros e só maquiar para parecer algo novo e diferente.

      Responder

  23. Ok. Você sabe pq foi você quem redigiu as duas. Se não tivesse sido você, seria temerário firmar que uma é cópia da outra. Coloquei a argumentação no comentário acima.

    Obs.: Tb não acho legal copiar.

    Responder

    • É fácil identificar cópias de idéias como essas e elas acontecem diariamente.
      Seu argumento não justifica o roubo de ideias e a falsificação de conteúdo como o exemplo do chuveiro posto acima. É impossível que duas pessoas escrevam sobre o mesmo assunto e montem uma estrutura textual que só mudem algumas palavras.

      Responder

  24. O ideal é ter uma nova idéia, usar a referência que case com a sua, enriquecer o post com a sua, e fechar com a chave de outro com a referência. Ganha você, o leitor e quem está sendo referenciado.

    PS: Será que alguém teve a cara de pau de plagear essa postagem? Rs.

    Responder

  25. Oi Marcos;

    Eu tenho um Blog que criei a pouco tempo, criei porque moro na Europa é mais para os familiares verem meus post,fotos e etc. Então, eu sigo alguns Blogueiros e quando quero alguma coisa que acho legal entro em contacto e eles mandam pro meu email, mas sempre dou os créditos, link e fins…Sendo que algumas reflexão eu com autorização do autor mudo as imagens…minha pergunta é se estou cometendo algum plágio ou roubo.
    Dá uma olhadinha no meu Blog por favor para saber o que tu achas e me diga, obrigada Dalva.

    Responder

    • Dalva,

      Se você tem a permissão dos autores para copiar o conteúdo, não tem problema, mas saiba que está prejudicando eles. Isso atrapalha para os artigos originais aparecerem bem no Google, gera conteúdo duplicado e os faz perder visitas diretas.
      O melhor é sempre produzir seu conteúdo e indicar os links que gosta, mas sem copiar.

      Responder

  26. Olá Marcos!
    Sou iniciante no que diz respeito á ética na internete e também na internet. Procurei muito sobre algumas dúvidas que eu tinha a postar no blog, mas só encontrei aqui. Eu já utilizei informações de sites para divulgar no blog, pois achei interessante e gostaria que mais pessoas vissem, portanto, me ajude a esclarecer algumas dúvidas (sou leiga no assunto): não devemos modificar o texto ou copiar as imagens, certo?! Mas se eu quiser divulgar as pessoas que lêem o meu blog, como faço? Os vídeos que estão no youtube podem ser adicionados ao blog? Tenho que colocar algo escrito? Desculpe minha ingenuidade, mas não encontro respostas aos meus questionamentos. Desde já agradeço a sua ajuda!

    Responder

    • Glau,

      – Copiar conteúdo de outros blogs, mesmo citando a fonte, está errado.
      – Se gostou de algo e quer indicar para seus leitores, indique o link para as pessoas lerem na página original.
      – Vídeos do Youtube podem ser adicionado no seu Blog, desde que tenha a opção “Incorporar” disponível.
      – Nunca devemos modificar conteúdo de outros só para colocar no nosso blog como se fosse algo novo.

      acho que é isso que vc queria saber.

      Responder

  27. Olá,

    Essa questão é muito complicada pois quando falamos de mesmos assuntos é óbvio que falaremos nos mesmos termos.

    Agora, realmente vejo alguns profissionais copiando idéias de artigos, eu mesmo já tive 3 idéias de publicações copiadas, até faço apostas com um amigo para saber em quantos dias o cara vai publicar algo semelhante, rsrsrs.

    Parabéns pelo ótimo post.

    Grande abraço!

    Responder

  28. Olá Marcos, tudo bem? Faço das palavras do Fábio Umpierre as minhas, realmente é complicado quando se trabalha o mesmo nicho, no meu caso por exemplo “Ganhar Dinheiro na Internet” os livros que compro para poder aprender como ganhar dinheiro na internet abordam os mesmos assuntos, ensinam as mesma técnicas, portanto ficar difícil ser totalmente original, se você aprende as técnicas nos livros não tem como você não passa-las aos seus leitores. Acredito que é aí que os blogs ficam muito parecidos, podemos dizer que alguns são quase que um xerox do outro. Eu já tiver artigo de meu blog copiado por outro, o interessante é que o assunto que foi copiado é um assunto que poucas pessoas teriam ideia de escrever. Mas tudo bem, é assim mesmo, por um lado eu vi que o que escrevo é interessante pois despertou interesse em alguém para copiá-lo. (kkkk) Concordo plenamente com você em vários aspectos que você abordou aqui. Sucesso! Forte abraço!

    Responder

  29. Olá Marcos, eu tenho 4 blogs no blogger e 1 no wordpress que tratam do mesmo assunto. Eu posso postar o mesmo post em todos os 5 blogs? Estou postando em apenas um no momento e está bem visitado. Digo se posso importar todas as postagens do blog principal para os outros. Isto pode aumentar a receita do adsense? Ficará com os posts duplicados. abraços

    Responder

    • Evandro,

      agindo assim você mesmo está prejudicando seu trabalho.
      Está duplicando conteúdo e o Google não gosta disso. O que significa que seus blogs perderão visitas e indexação por não ter conteúdo original, mas apenas duplicação.

      Foque seu trabalho em apenas 1 blog e só publique nele.

      Responder

  30. Olá Marcos ! Por exemplo, quero criar um blog sobre concursos públicos nacionais e da minha região , então terei que estar pesquisando sobre novos concursos sempre em outros sites e blogs e copiando informações , nesse caso esta citando a fonte e os links já não é o suficiente … lembrando que sou um pouco leigo sobre criar blogs , desde já agradeço .

    Responder

  31. Pingback: Como criar um Blog - Blogger, WordPress e Tumblr - Tutorial com vídeo

  32. Olá Marcos
    Em primeiro lugar quero dizer que sou fã do seu trabalho e estou sempre recebendo suas dicas por e-mail.e elas tem me ajudado muito.
    Vou tentar te explicar minha situação e duvida me desculpe se o texto ficar grande.
    Há uns meses atrás decidi criar meu blog e escolhi o nicho dicas de relacionamento como todo iniciante encontrei varias dificuldades e passei a procurar ajuda em outros blogs sendo o seu um dos que mais visito, de tanto pesquisar e aprender com os tutoriais sem perceber fui deixando de escrever os artigos e me dedicava mais na digamos(manutenção)do blog acabei descobrindo que sou apaixonada por esse nicho e posso dizer que tenho aprendido muito por esse motivo decidi criar um novo blog com esse nicho,até já me matriculei em um curso de web design que começo semana que vem, agora vamos a minha duvida copiar e disponibilizar códigos HTML para um tutorial em meu blog é plagio.
    Exemplo você faz um tutorial ensinando a colocar posts relacionados em um blog nesse tutorial você disponibiliza o código que deve ser usado, eu pegar esse código e fazer o meu próprio tutorial sem copiar nem uma palavra do seu, mas usando o código que colocou nesse caso é plagio.
    Desde já agradeço sua atenção e parabéns pelo blog

    Responder

    • Viviane,

      Isso depende do código. Se for algo exclusivo, sim, seria plágio. Mas se for uma informação já evidente e amplamente conhecida, uma aplicação de códigos HTML comuns, não tem problema.

      Responder

  33. olá Marcos. gostei tanto der ter lido as suas dicas que até fiquei com frio na barriga pois, o seu artigo descreveu quase tudo que eu precisava saber. Eu sou bem novo em meaterias que dizem respeito a blogs.
    Visto que eu sou obsecado por noticias, decidi então criar o blog.
    Ao criá-lo, queria achar um jeito de poder compartilhar com os outros todas as noticias que eu ia vendo em diferente sites, num so lugar.Ainda faço isso hoje.

    Agora, depois de de ter lido o seu artigo estou me sentido “como um ladrão”, apesar de sempre,no final do post, indicar o link do saite.
    Então, te peço do fundo do coraçã, que acesses o blog :e me diga qualquer coisa (conselhos, repreenções são bem vindos…Me escreva se poder

    Responder

  34. ola marcos exite também um outro tipo de copia que outras pessoas usam a “copia de sites estrangeiros”
    eles pegam o texto em inglês traduz ai e só Crtl C + Crtl V.

    Desse jeito ainda e Copia,sim ou não?

    Responder

    • Considero, sim, isso um tipo de plágio. O que é muito feio. Mas caso tenha autorização para traduzir e republicar, com algum tipo de acordo entre as partes, então acho que não tem problema.

      Responder

  35. Marcos, sites de curiosidades como, Megacurioso e Fatos Desconhecidos sempre fazem artigos parecidos com de sites estrangeiros e, sempre citam as fontes. Caso eu faça artigos no mesmo tema “curiosidades” posso me basear em, artigos desses sites e citar a fonte dos mesmos? isso, é considerado plágio? mesmo eu falando do mesmo assunto, com minhas palavras e, acrescentando conteúdo? Se sim, porque esses grandes sites fazem e, não são punidos? Obrigado, sempre passo, dar uma olhada nas suas dicas.

    Responder

    • Anderson,
      Você pode se basear e citar as fontes, reescrever o texto com suas palavras, sem copiar. O que não pode é copiar literalmente ou só fazer pequenas alterações, fingindo que é algo novo.

      Responder

  36. Estou passando por essa situação angustiante a desgracada pega meu conteudo idealizado por mim, troca imagens, titulos acrescenta algumas coisas diferentes e posta sempre depois de mim. Percebi que agora ela altera as datas da publicacao para parecer que postou primeiro que eu.me sinto roubada. Agora ela deu de pegar meus artigos e gravar videoa como se quem tivesse dito tudo aquilo foi ela….isso me desmotiva..eu nao sei como agir.

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.