2020: O Fim definitivo dos Blog!

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Este é o momento em que podemos ver o fim dos Blogs? Muita gente vem anunciando que os Blogs acabaram e que é um formato de conteúdo superado pelas redes sociais, vídeos no Youtube, Podcasts no Spotify e Apps de celular. Ninguém mais lê blogs ou consegue ganhar dinheiro na internet com esse tipo de estrutura. Ou não é bem assim?

Este conteúdo pode ser consumido em texto, vídeo ou áudio. Você escolhe o que form melhor.

Assistir este conteúdo

Escutar este conteúdo

Escutar no Spotify – Clique AQUI!

Sou Blogueiro desde 2007 e já ouvi milhares de vezes que os Blogs estão acabando ou já acabaram, foram superados por outras estruturas da internet. Além do fato de todos os dias surgirem pessoas que decretam o fim da blogosfera, como o caso deste comentário que apareceu aqui no Blog:

Boa parte das análises futuristas sobre o que vai ou não sobreviver na internet estão erradas e é praticamente impossível saber o que vai ou não ser adotado pela maioria das pessoas. Há 10 anos seria impossível prever o domínio dos smartphones para o consumo de conteúdo. Nem mesmo era possível imaginar que o Facebook tomaria tal proporção ou que o Instagram (ou coisa do tipo) estaria no topo dos Aplicativos.

Não dá pra esgotar no texto tudo o que foi apresentado no vídeo/podcast acima, mas é fato que os Blogs não morreram e não estão nem perto do fim. Plataformas e sistemas como o WordPress hoje dominam o mercado de criação de Blogs e sites, dos mais variados tipos.

Os Blogs estão sobrevivendo desde 1997 e estão se ajustando à nova internet. São sistemas híbridos capazes de absorver praticamente qualquer formato de conteúdo, como estou fazendo agora para publicar este post.

.

24 Comentários

  1. Sou especialista em ciências da religião e gosto muito de ler e pesquisar sobre o meu objeto de pesquisa que é o fenômeno religioso. Tenho um blog focado nessa temática, sempre coloco artigos que escrevo. Acredito que o blogueiro que gosta do que faz deve sim perseverar e manter o seu blog.

    Responder

    • Avisar pra essa “Ana Silva” que blogs não morrem, eles apenas se reformulam e melhoram o conteúdo e se adaptam a realidade atual.

      Se fosse assim então eu deixaria de ganhar dinheiro com blogs, visto que tenho blog desde 2006 e até hoje meus blogs me geram dinheiro quase todo dia.

      Coitada, está indo no efeito manada. Esqueceu que rede social é terra alugada, blogs são apenas uma extensão de todas as ferramentas que podemos usar para alavancar nossos negócios.

      Não sei de onde ela ouviu que a “blogosfera” morreu. Morreu nada, Está bem viva e vai viver por muito tempo.

      Responder

      • Marcos Lemos! Você ‘e a prova viva de que Blogs não morreram! Eu lia teus posts ha 10 anos e sempre me ajudaram muito. Tanto que agora de forma simples fui buscar a ferramenta para colocar minha humilde pagina do Face o botão /plugin no meu Blog fraquinho e capenga, rs. E acredita que eu a tiazinha da internet, vovozinha, consegui! ha, ha, teus ensinamentos sempre com a didática perfeita valem ouro! Se os mais jovens não gostam de ler, lamento muito, nem sabem o que estão perdendo. Deixem para a galera das ” tias das antigas” como eu, rs. Garanto que aproveitaremos muito bem, obrigada! Muito agradecida por insistir em ” existir”. Feliz 2020! Acho que vou colocar a hashtag ” da hora e da moda” #gratidao

        Responder

    • Os blogs vão sempre existir e serem muito procurados, principalmente os que são da área de educação.
      Sou professora e, como tal, sei que essa nova geração quase não lê mais livros, infelizmente.
      Onde pesquisam? Na internet! E no meio de tanto conteúdo ruim, existe muito conteúdo bom também.
      Outro fator importante é que o aluno tem a praticidade de copiar, colar no editor de texto e, ali sim, trabalhar em cima de vários textos que copiou, criando o seu próprio texto.

      Alguns professores desvalorizam esse ato do aluno. Eu não! Errado é copiar e colar os textos encontrados na internet, na íntegra. Mas, copiar, ler o conteúdo, cortar, acrescentar, não é nada mais, nada menos. do que um trabalho de pesquisa. O que fazemos com os livros não é isso?

      Sendo assim, os vídeos não substituem os conteúdos dos blogs, pois por meio deles apenas poderão elucidar algumas questões que talvez já tenham tido dúvidas ao ouvir, por exemplo, de um professor na sala de aula.

      Mas o que substitui a praticidade dele ter acesso a conteúdos, em texto, na sua própria casa?

      Responder

  2. Olá, Marcos! Gosto muito de seus posts e, principalmente, a forma didática de como você passa cada conteúdo. Assisti até o final este vídeo e fiquei aliviada em ouvir sua opinião de que os blogs terão vida longa.
    Comecei a escrever em 2010, mais como hobby. A partir de de 2014, lancei meu blog profissional para ter mais visibilidade e alcançar meu público-alvo, mas sem monetizar.
    Com todo o estardalhaço de redes sociais, criei meu perfil em vários canais – o que me tomou muito tempo para: entender como funcionavam e criar conteúdos para todos eles – concluí que tomam muito de meu tempo, porque a interação é rápida e alguns são efêmeros. Fica sempre a sensação de produzir pouco conteúdo e, com isso, deixei de escrever textos mais densos para o blog.
    Neste final de ano, estou atualizando meu blog e pretendo voltar a escrever, disponibilizando o áudio dos textos.
    Obrigada pelo vídeo, sempre inspirador!
    Abraços,

    Responder

  3. Olá Marcos, acompanho o seu blog há muitos anos, mas nunca comentei. Parabéns pelo seu trabalho! Eu trabalho através da internet como afiliado e representante de algumas plataformas digitais e nunca montei um blog, na verdade eu comecei e não continuei, “achando que não teria retorno financeiro com ele”. Meu meio de divulgação era só pelas Redes Sociais e canal do Youtube. Mas confesso que não gosto de Redes Sociais, não gosto mesmo e estou há 5 anos fazendo algo que não gosto. Tem que fazer trafego pago, porque no orgânico é muito desgastante e não dá tanto retorno assim. Então comecei, depois de 5 anos, a criar o meu blog para falar do que realmente gosto e monetizar ele de uma forma profissional. Sou amante da leitura e passo horas lendo artigos de conteúdos que consumo. Assim como eu, existem milhões de pessoas que se atualizam e acompanham seus blogs favoritos. As Redes Sociais podem mudar, acabar e todo o seu investimento de tempo e trabalho também, mas os Blogs não. É seu, é sua casa, é o seu trabalho, o seu cantinho e só você pode acabar com ele.

    Grande abraço!
    T.Tavares.

    Responder

    • Muitos sites retiraram os comentários de suas plataformas, diminuindo com isso a interação com seus leitores.
      Infelizmente, houve uma utilização indiscriminada dos comentários, onde as pessoas ao invés de comentarem de acordo com os textos (opinião relevante), apenas fazem spam.

      Responder

  4. Nunca fui um bloquear de sucesso mas gosto e ao ler este conteúdo ate deu tristeza, espero que nunca acabem.. abraços a todos os bloqueios e não desistam, Quem vai atrás de redes sociais é gente que não sabe mais e são como as ovelhas vai tudo pro mesmo lado.. Redes sociais são fake news mundo de mentira que não se aprende nada.. Conheço muita gente que a ler é a gaguejar porque querem e rendes sócias e vídeos…ACREDITO NOS BLOGUES… Boas festas

    Responder

  5. Perfeita explicação, parabéns pelo trabalho.Os blogs não vão acabar, é sua identidade, e direciona para outras mídias caso alguém não goste de ler. Bom ter outras plataformas, mas nunca deixar ele de lado. Meu blog é de viagens, comecei recente, mas estou amando os resultados.

    Responder

  6. Marcosl Lemos, que bom ver que você ainda ” existe”, pois já me ajudou muito! Somente com tua explicação tao didática eu , tiazinha e vovó da internet consegui colocar o plugin do face no meu Blog capenga e fraquinho ,rs. Muito obrigada por continuar. Se os mais jovens não gostam de ler, que pena para eles. Estão perdendo muito!. Gratidão pelo teu trabalho.

    Responder

  7. Olá Marcos, eu assisti ao seu vídeo até o final e achei muito relevante. Caso eu queira trocar uma ideia com você por e-mail, para qual endereço posso enviar? Desde já, agradeço pelos esclarecimentos.

    Responder

  8. Marcos, não diga isso não meu amigo. Agora que eu acabei de seguir suas dicas e criar meu próprio blog. Vou continuar te seguindo e estar ligado nas suas informações valiosas. Forte Abraço!

    Responder

  9. Blogspot tem mais de 21 anos, mas quem sabe de tudo é a Ana da Silva, que deve saber de tudo o que acontece na Google, e tem uma bola de cristal para prever o futuro. Só porque ela não ler blogs, não significa que eles não tem a sua importância.

    P:S: dono do blog, arrume essa caixa de comentários. Comentei cinco vezes aqui, até finalmente ter êxito. Coisa mais deselegante.

    Responder

  10. O que morreu foi o negócio físico. Eu mesmo fechei uma loja que fazia 5 anos que tinha. E passei o último mês montando o novo site. Não há mais ninguém nas ruas. E inclusive caí aqui pesquisando sobre blogs, que estou pensando em fazer para melhorar o próprio ecommerce. Minha grande dúvida é que já há bastante pessoas fortes no meu nicho e não sei se valeria a pena o esforço ou ficaria apenas com o Ads mesmo. O que me recomendariam? Se quiserem dar uma olhada para uma opinião mais consistente.

    Responder

  11. Por favor veja se o meu site q deixou de ser blogger e passou a ser .com pode ser monetizado?! Se eu já posso tentar a inscrição no AdSense…foi criado no final de Março, 2020, tem uns 30 posts e 13 mil acessos.

    Responder

  12. Vc viu o site? Poderia me auxiliar em relação a que parte do HTML eu devo colocar o código dos anúncios (eu sei q é entre as tags HEAD, mas n sei onde exatamente)…o que está faltando nele em sua opinião p o meu site ser válido para o AdSense?!!

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.