Como ter seu Blog e seu trabalho respeitados

Siga o Ferramentas Blog: Canal no Youtube | Facebook | Twitter | Google+
Acesse AGORA: https://blogueiro.pro e se torne um Blogueiro de Elite.

Todo blogueiro quer seguidores, muitas visitas, ganhar dinheiro e receber milhares de comentários em seus posts todos os dias. Queremos ser lidos, divulgados em redes sociais e citados por outros blogs. Mas tudo isso perde valor se não tivermos o respeito e não respeitarmos o trabalho alheio. Ter um blog respeitado é uma das tarefas mais difíceis em qualquer nível. Penso que algumas coisas são fundamentais para se conquistar o respeito da maioria, já que “agradar a todos” é praticamente impossível.

Não pense que você só terá facilidades e que tudo vai dar certo para seu blog em poucos dias ou meses de existência. Um erro comum à maioria dos blogueiros, especialmente os iniciantes e mais novos, é achar que tudo vai dar certo sempre, aparecendo milhares de visitas, empresas querendo patrocinar seus blogs e milhares de pessoas comentando e compartilhando seus artigos.

A verdade é que a coisa é um pouco mais complicada. Para se atingir um nível de respeitabilidade, não existem tempo certo, nem tamanho, dinheiro ou nicho. Você pode ser bonito ou feio, homem ou mulher… nada vai garantir que seu blog seja levado a sério pelos outros a ponto de conquistar o respeito dos outros.

Mesmo assim me atrevo a levantar alguns pontos fundamentais para que você (e eu também) caminhe rumo à conquista do respeito pelo seu blog e por seu trabalho na blogosfera:

Tenha muita paciência

Não pense que tudo acontecerá rápido. Um blog de poucos meses tem mesmo poucos visitas e nem todos sabem que você existe. Respeito é algo que se conquista com muita dificuldade e pode levar anos para amadurecer.

Crie conteúdo de qualidade

Para um blog ser respeitado é preciso ter conteúdo de qualidade que os outros considerem. Mas até isso leva tempo. Nossos primeiros posts  não são tão bons quantos os atuais e vamos melhorando a cada dia.

Respeite para ser respeitado

Claro! Se quer ser respeitado por outros blogueiros, grandes e pequenos, então respeite a TODOS. Nunca escrevi uma linha em meu blog citando ou criticando nenhum blog ou blogueiro. Não temos o direito de criticar ninguém. Mesmo quando eu discordei de alguém, nem assim eu escrevi criticando ou querendo “debater”. Todos têm o direito de fazer do blog o que acharem certo.

Seja coerente em suas atitudes

A coerência é importante, não só para manter um mesmo assunto ou nicho em seu blog, mas ser capaz de defender sua opinião e ponto de vista. Deixe claro qual é sua forma de trabalhar, o que você gosta e quais são os seus objetivos. Nunca tente enganar ou manipular seu público. Qualquer atitude sua pode e deve ser bem explicada e amparada.

É como faço aqui, por exemplo, com os comentários. Escrevi uma Política para Comentários onde meus visitantes podem saber exatamente como eu vou agir na hora de moderar e publicar o que recebo dos leitores. Desse modo estou sendo coerente ao tomar certas atitudes que foram previamente apresentadas.

Esse é um exemplo concreto, mas há coisas que devemos ser coerentes e que não dá pra escrever uma “Política”.

A persistência é o caminho

É uma fatalidade, mas o maior mal que assola a blogosfera é a falta de persistência. Muita gente querendo resultado imediato, soluções fáceis e reconhecimento relâmpago. Mal mal criaram o blog, existem há poucos meses e querem “sentar na janela”. Os resultados só aparecem a longo prazo. E “longo prazo” é logo mesmo. Pode ser anos… Fatalmente você vai desistir antes de chegar lá.

Tenha personalidade e seriedade

Você não vai conseguir agradar a todos e se você tentar, vai parecer falso e perderá sua personalidade. Gente sem personalidade não é levada a sério. Seja você mesmo, sem querer imitar os outros e sem querer roubar o espaço do outro. Conquiste seu público sendo você mesmo e nunca tente denegrir alguém achando que assim vai chamar a atenção.

Agir assim só gera mais inimizades e afasta até as pessoas que você julgava que estavam do seu lado. Quando você menos espera, acabará sozinho. A agressividade é um sinal de falta de personalidade.

Todos somos DIFERENTES

Só entendendo que as pessoas são diferentes, mesmo aquelas que estão no mesmo nicho que você, é que você será capaz de crescer, conquistar seu espaço e ser respeitado pelos outros. Ninguém pensa igual a você, no máximo aceitam suas ideias, mas cada um tem sua forma de pensar e agir.

As vezes até pode conseguir simpatizantes para sua causa, mas logo logo existirão outras coisas e outras motivações, as causas vão mudar e, dependendo da forma como você agiu antes, terá perdido muitas pessoas e oportunidades à sua volta.

NUNCA tente derrubar os outros

Por fim, conquiste o seu espaço de forma honesta, séria e competente. Não tente derrubar alguém só porque você quer o mesmo espaço e lugar. Mesmo que você ache que o outro não merece estar onde está, respeite. Provavelmente, se você age assim, você não merece estar onde está.

.

O mais interessante desse pontos que levantei aqui é que se aplicam a praticamente tudo na vida!

.

55 Comentários

  1. Marcos, percebo que muitos blogueiros não são nada generosos. Comentamos em seus blogs – não por querermos reciprocidade, de imediato – e não temos sequer uma resposta no mesmo post/artigo. No twitter, tem acontecido algo semelhante (parece moda agora): Adicionam você e você, claro os adiciona também. Logo em seguida, te excluem (dão unfollow). É uma estratégia pilantra. Penso que bom caráter seja uma das premissas pra se ser um blogueiro de qualidade e, consequentemente, ter um trabalho de qualidade.

    Responder

    • Edson,
      O que vc comentou é similar ao que escrevi, quando disse que é preciso ser coerente nas ações que tomamos. Também não podemos esquercer que atitudes que só visam gerar mais seguidores, como a que você citou, atrapalham e não dão resultado a longo prazo. Quem age assim não está pensando a longo prazo.

      Responder

    • Também tenho esse sentimento que o Edson mencionou.

      Muitos recomendam que uma das melhores formas de divulgação é fazer comentários sinceros em outros blogs. No final, a recomendação acaba sendo decepcionante, pois na maior parte das vezes não há a interação esperada. A voz ecoa no vazio.

      Em todo caso, com o tempo, começamos a aprender a fazer uma filtragem. Começamos a saber realmente onde pisar e onde investir em nossas opiniões. Formamos os nossos círculos e deixamos de fora aqueles que não tem esse dom de interagir.

      Responder

      • Carlos,
        E fazer essa “seleção” de onde e com quem queremos interagir é legítimo, pois temos o direito de escolher como queremos agir. Você tem toda razão em seu comentário.

        Responder

  2. Marcos Lemos,lembra da briguinha chata da Record e Globo? Podemos usar isso como um exemplo do errado,tem muitos blogueiros cometendo esse erro,é fácil vermos um certo movimento contra certos blogs de sucesso,tentam rebaixar-los a todo custo;procuram erros onde não tem,viram Troll’s,derrubam blogs com ataques hacker,procuram o alvo e atacam-os nas redes sociais,é triste e lamentavam. Mas aí eu pergunto,se conseguirem realmente derrubar esses blogs,conseguiram se manter no topo?

    Responder

    • Misael,
      Você tocou no ponto. E o melhor é quando a “Record” se acha melhor que a “Globo”. Tem muita gente aí se achando melhor que os outros e no direito de difamar e humilhar publicamente o nome alheio. Acham que agindo assim vão assumir o Topo e serão os melhores. Na verdade só se expõem ao ridículo.

      Responder

  3. Marcos talvez você sempre sabe o que faz, na parte em que citou o trecho
    ( Não temos o direito de criticar ninguém. Mesmo quando eu discordei de alguém, nem assim eu escrevi criticando ou querendo “debater”. Todos têm o direito de fazer do blog o que acharem certo.) bom isso eu reconheci como se fosse uma indireta pra “mim” por causa do meu outro artigo. Você tem o blog você faz o que quiser com ele, tem sua politica de comentários, eu estou comentando aqui, então estou concordando com suas regras, só quero dizer que nunca tive e nunca terei a intenção de ofende-lo, o Iago disse que conheceu um novo Marcos, graças ao artigo dele eu conheci também, talvez eu nunca irei conseguir o seu respeito, mas quero dizer que se fiz algo de errado (ME DESCULPE) esse comentário claramente você ira excluir pois não vem ao assunto, só deixei o recado.

    Responder

    • Izaque,
      Este é o 13o. (décimo terceiro) comentários seu aprovado em meu blog e não seria excluído, pois segue as regras da Política de Comentários.
      Realmente vc nào tem o direito de criticar ninguém, mas mesmo assim criticou-me publicamente. Pior ainda de forma ofensiva.
      Nào faço indiretas para ninguém, Izaque. Se você se sentiu atingido, isso é com você.
      Nào teve a intenção de ofender, mas ofendeu e está público na internet. Espero que esteja pronto para assumir as consequências de seus atos no mesmo nível de suas críticas e ofensas.

      Não, você NUNCA terá o meu respeito e perdeu todas as chances de conseguir tal coisa.

      Responder

      • Marcos, você fala para mim ficar preparado para assumir as consequências ? quais delas ? me fala uma ? Eu acho que as consequências que cairão contra mim só é o fato de você não gostar de mim. Bom com isso eu não me importo. assim como você disse eu nunca terei o seu respeito. Mas esqueceu de dizer que eu não preciso do seu respeito para seguir em frente, se você se sentiu ofendido com o meu artigo eu não posso fazer nada, nem lamentar. pois o que adianta eu lamentar uma pessoa que eu não tenho se quer o respeito.
        Você age como se fosse o melhor OBS você É um dos melhores, mas não é o melhor do mundo NUNCA será !!!! com todo o respeito conheço blogueiros que você nunca chegara perto deles, é infelizmente a dura realidade, Você disse: (Espero que esteja pronto para assumir as consequências de seus atos no mesmo nível de suas críticas e ofensas.) nesse trecho você fala que eu o ofendi, me responda eu chinguei você ? eu humilhei ? apelidei ? pelo que eu me lembro não. agora o que você acha é o certo não é ? só vê as coisas pelo seu ponto de vista.

        Responder

        • Izaque,
          Eu não sou mesmo o melhor. Estou bem longe dos melhores. Mas trabalho todos os dias para chegar onde eles estão. E não será agindo como uma criança chorona que vou conseguir isso. Eu já trabalho há 4 anos como metablogger e foi com muito suor que cheguei onde estou e conquistei o respeito de milhares de outros blogueiros em todos os níveis.

          Gente infeliz como você, os que chamamos de Trolls (sinto muito, mas você é um troll), nós ignoramos e seguimos adiante.

          Ah! Não venha em meu blog me ofender! Eu não fui ao seu te ofender, mesmo tendo um artigo em seu blog me humilhando e me ofendendo.

          Responder

  4. Olá Marcos, depois de tantos dias sem entrar, ler e comentar aqui no Ferramentas Blog, vou participar do debate, ja que estou incluso nele. Quero dizer que antes de tudo, o blog é seu, você faz com ele o que quiser. Porém, em meu artigo eu expresso que eu acho errado você excluir comentários e aceitar aqueles que só lhe fazem melhor. É uma opinião.

    Eu sinceramente te acho desumilde baseado em coisas que você escreve, como: “Claro, só vou aprovar o que eu considero util e que seja benéfico para a minha imagem.”

    Espero que você possa expressar seu ponto de vista, seja por seu blog seja pelo meu, ou seja pelos outros que tambem tocaram no assunto. Eu gostaria muito de ser seu amigo algum dia, porém não gostaria de esperar que meu blog ficasse com 2000 subscritores para que isso aconteça. Mude suas atitudes, pelos seus leitores. Caso não queira mudar, acredito que você esta fazendo errado em estar por aqui ainda.

    Quem fez seu blog subir foram os leitores, não despreze a opinião deles.

    Abraços, Arlindo Armando

    Responder

    • Há uma política de comentários. Cada blogueiro deve ter uma, eu tenho e não admito anônimos, por exemplo.
      Portanto, antes de criticar, leia as políticas de cada blogueiro. O fato de ter comentários abertos, não que dizer que aceitaremos TUDO que os leitores escrevem, pois podemos ser processados por qualquer coisa dita aqui, que possa ofender alguém ou uma empresa.

      Responder

    • Arlindo,
      Se se sentiu incluso no debate, com certeza foi porque suas ações estão refletidas nele, mas ao contrário.

      O pior é ter a coragem de vir aqui e mentir descaradamente dizendo que ficou muito dias sem ler meu blog.
      Esqueceu de contar que você é cliente do MEU serviço de Hospedagem, que seu blog está hospedado no FBlogHost. Com toda certeza usa o FBlog Host justamente por confiar no MEU trabalho e acreditar que seu um blogueiro SÉRIO e COMPETENTE. Do contrário estaria hospedando seu blog em outro lugar.

      Ao contrário de você EU NUNCA entrei em seu Blog, nunca li nenhuma linha do que você escreveu e não faço ideia do que trata nele. Escreveu um artigo sobre mim? Azar o seu, pois eu não vou ler e não estou interessado no que você tem a dizer e pensar.

      Quer vir ao meu blog e me dar lição de moral, dizendo que não sou humilde? “Desumilde”?

      Você nunca terá amigos agindo dessa forma. Taca pedra e depois vem pedir amizade? Quer respeito e espaço na blogosfera, mas não é capaz de respeitar o espaço do outro. Sinto muito, mas suas chances são zero.
      Minhas atitudes são COERENTES. Eu digo o que penso, explico e justifico. Meus leitores gostam disso, por isso mesmo tenho mais de 10.000, sim DEZ MIL visitas todos os dias. Um número que poucos blogueiros podem sonhar.

      Se eu estou errado, não vão ser atitudes como a sua que me farão mudar. E, muito pelo contrário: justamente pela atitude de alguns como você é que me mantenho firme na minha forma de agir. Nunca pensei que eu agradaria a todos, mas tenho a certeza de que agrado à maioria. Então, fico com a maioria que respeita meu blog e meu trabalho e descarto e ignoro gente como você.

      Quem fez meu blog subir foi meu trabalho de qualidade apreciado por leitores sérios, que respeitam minhas atitudes, concordam com elas e sempre voltam para ter mais.
      Leitores como você eu dispenso!

      Passar bem!

      Responder

      • Abriu o verbo em Marcos! As vezes penço em gravar um vídeo só para expressar a indiguinação que sinto em situações como essa,mas aí lembro que isso só me traria dor de cabeça. Acho que todos já ouviram a frase que é + ou – assim: “Não adianta discutir com idiota,pois eles nos rebaixão ao nível deles e nos vencem pelo canssaço”. Então o melhor que se tem a fazer é deixar e relaichar,pois não é atoa que você chegou onde está hoje!

        Responder

        • Misael,
          Você conseguiu resumir o que penso.
          Só abordei o assunto para ajudar outros blogueiros a lidar com esse tipo de situação, mas o melhor é nunca discutir com gente desse nível para não precisar se abaixar.

          Responder

      • Marcos, primeiro de fato fazem dias que eu não entro no FBHost. Uma das últimas vezes foi quando eu adquiri a hospedagem.
        Segundo, nunca disse que o seu trabalho é de má qualidade, pelo contrário, só escrevi o artigo em meu blog falando sobre você pois acredito de fato no potencial que você tem em escrever artigos de qualidade e prestar serviços altamente qualificados.

        Por isso escrevi um artigo apelando para termos um Marcos Lemos que eu conheci a algum tempo (ou pelo menos achava que conheci) de volta. Tacar pedra e pedir amizade? Na verdade eu penso que amigos são aqueles que elogiam, mas que principalmente falam dos defeitos. Apesar de não ser seu amigo, eu era um admirador do seu trabalho, por isso continuo apelando para mudanças em suas atitudes.

        Qual o ponto positivo em receber 10.000 visitas por dia? Isso não faz de você melhor que ninguém. Como eu disse no artigo que publiquei: “Acredito que para um blogueiro fazer sucesso ele tem que fazer muito mais do que ter 4 faculdades, ou escrever artigos todos os dias. Para um blogueiro ter sucesso ele tem que interagir socialmente, escrever artigos qualificados e, principalmente, ser humilde.”

        Os mais de 10.000 visitantes por dia não fazem de você um melhor blogueiro. Aliás, mesclando sua popularidade com suas atitudes só temos que lamentar o resultado final. Eu era seu fã e realmenteestava disposto a sair disso tudo com mais um amigo dentro da blogosfera, mas pelo jeito só se importa com aqueles que algum dia pode transformar em seu aliado, não é mesmo? Indireta? Quem sabe….

        Abraços, Arlindo Armando

        Responder

        • Arlindo,
          você reclama das “minhas atitudes”, mas o que faço é só me defender da agressividade de vocês. tenho o direito de ser duro na minha forma de agir, pois vc o foi antes comigo.

          Outro ponto mais grave: você se arvora no direito de vir (e continuar vindo) ao meu blog para me ofender e desrespeitar as regras que coloquei na Política de Comentários.
          Você teve um comentário deletado em meu blog por violar as regras. Você quem agiu errado. Eu fui coerente.

          Você diz que eu não sei me relacionar e que preciso melhorar isso. Ao contrário do que você pensa, há milhares de outros visitantes do meu blog que pensam diferente de você. Respondo mais de 100 emails por dia, aprovo mais de 80 comentários por dia e respondo praticamente todos. Tenho mais de 13.000 seguidores no twitter e interajo com todos que falam comigo.
          Tenho quase 5.000 seguidores no Facebook e interajo diariamente com todos que comentam lá.

          Me desculpe, mas quem está ERRADO aqui é VOCÊ que vem julgar o meu trabalho por estar “tristinho” porque não aprovei seu comentário que violava a Política de comentários do MEU blog.
          Para e pensa um pouco. Sua atitude é que está totalmente errada. É ofensivo, agressivo e descarado em se dirigir à minha pessoa.

          Rapaz, antes de voltar ao meu blog, olhe para suas atitudes, pare de mentir e fingir para o seu público e largue de ser Troll. Vá cuidar da sua vida que eu cuido da minha.
          Você está muito preocupado com o MEU Blog e aposto que nem tem tempo para o seu próprio Blog. Quer vir aqui cuspir e vomitar regras para mim? tenha dó!

          Responder

      • “Acham que agindo assim vão assumir o Topo e serão os melhores. Na verdade só se expõem ao ridículo.”

        Você acredita mesmo que nossa intenção (pelo menos minha) é realmente assumir o topo? Faça-me o favor, não é?! Prefiro ser um trabalhador ganhando 600 todo mês do que ganhar mais que isso, “assumir o topo”, e ter atitudes como a sua. Eu tenho menos de três meses de vida, tenho quase 400 comentários e mais de 90% deles possuem uma qualidade que muitos dos seus artigos não recebem. Nem por isso saio me gabando por ai.

        Pegaremos um exemplo ainda melhor que o meu, o Bruno Simomura do Meta.Blog. Tem a mesma idade do meu blog e ja possui 2200 comentários, sim DOIS MIL E DUZENTOS COMENTÁRIOS! Ele não se gaba por isso.

        Porque você tem 3 anos de blogagem, uma hospedagem de sites qualificadíssima (sim, ela é altamente qualificada, o atendimento de vocês é excelente!) que você pode menosprezar outros blogs.

        Você nunca visitou meu blog? Que pena, confesso que se algum dia tivesse recebido um comentário seu eu ja estaria motivado a continuar por muitos dias. São atitudes como essa que um grande blogueiro como você tem que fazer. Não precisa nem ler o artigo, va e comente algo motivador e nunca mais volte la, mas saiba que fez algo bom pelo próximo.

        Abraços, Arlindo Armando

        Responder

        • Vontade que estou de excluir seus comentários de meu blog só pra exercer o meu direto de dono do Blog que está previsto na minha Política para Comentários.
          Sim… está previsto lá que eu posso excluir qualquer coisa que eu quiser. Essa é a maravilha de ser coerente.

          Arlindo,
          Claro. Ter 2.200 comentários em 3 meses de Blog você acha muito? Isso é fácil de criar. Recebo 2.200 comentários em apenas 3 dias. Eu poderia ter milhares de comentários agindo como “vocês querem” que eu faça, aprovando qualquer coisa e respondendo loucamente qualquer coisa que aparece. Eu faria 2000 novos comentários em emu blog todo dia. FÁCIL!!!

          Mas isso é um número falso, não reflete a realidade do Blog. Pode folear meus artigos e verá que os comentários aprovados são coerentes com o conteúdo em questão, são respondidos apenas quando necessário e são feitos por leitores inteligentes, competentes… não tem aqui comentários monossilábicos.

          O pior é você continuar vindo ao meu blog para continuar comentando e agora ofendendo o meu público, dizendo que eles não são capazes de comentários tão bons quanto os que você recebe em seu blog. tenha dó.
          Toma seu rumo e volta pro seu mundinho.

          E olha você mais uma vez julgando o meu caráter: quem é você para julga o caráter de alguém??? QUEM É VOCÊ???
          Como você tem coragem de dizer que eu menosprezo outros blogs? Só porque eu nunca li ou visitei seu blog? Eu nunca li e nunca visitei milhares de blogs e só por isso eu estou menosprezando? Tenha dó… volta pro seu mundinho.

          Se eu fosse ficar esperando comentário de blogueiro famoso pra me sentir importante eu já teria desistido antes mesmo de começar. Minha motivação não são comentários.

          Responder

  5. Eu dei a minha opinião sobre oque ocorreu com o amigo Marcos, nós Blogueiros somos seres mortais, as vezes você levanta com o pé esquerdo, mas deixe para lá amigo e bola pra frente, gosto do seu Site e Blog, e não é por causa desse acontecimento que vou deixar de estar visitando o seu Site, o rapaz apresentou a versão dele, você apresentou a sua versão, tem uns blogueiros que foram para o lado dele outros para o seu lado, eu ainda continuo achando que isso é assunto passado, não guarde magoas amigo desse rapaz, e bola pra frente .

    Responder

    • Camilo,
      Não guardo magoas de ninguém, pois isso é um sentimento muito triste.
      Infelizmente a “versão do rapaz” em questão é uma versão ofensiva, falsa e mentirosa, que não preza pela verdade e só gera mal-estar. Tenho que lidar com coisas muito piores que essas, mas acho que eles ainda vão aprender como é a vida.
      Querem respeito e espaço, mas não querem permitir que outros tenham espaço.

      Responder

      • Eu comentei no meu facebook para os meus amigos, sempre visitei o seu site e seu Blog, sempre comentei e nunca recebi nenhuma censura, Marcos aconselho você que deixe para lá, Como dizia o meu velho pai a M… quanto mais mexe mais féde, todos nós Blogueiros conhecemos a sua índole e o seu trabalho, bola pra frente, não fique se estressando com isso.

        Responder

    • Lazaro,
      com toda certeza esse tipo de post é um dos que mais gosto de escrever, pois sào temas que podemos aplicar em várias áreas de nossa vida. As vezes só pensamos em códigos e coisas técnicas para nossos blogs, mas esquecemos que é preciso um toque humano no que fazemos para tudo dar mais certo.

      Responder

  6. Olá Marcos,

    Com relação ao artigo, eu concordo que está muito bem fundamentado, porque:

    Paciência:
    Virtude fundamental para um blogueiro que preza pela criação de algo qualificado. Sem conhecimento e paciência não chegamos a lugar algum.

    Qualidade:
    A base para qualquer projeto. Sem essa grande “amiga” é melhor fechar as portas.

    Respeito:
    Concordo plenamente, tanto que faço o possível e impossível para ser no mínimo cordial com 100% das pessoas que converso, e não abro mão disso.

    Coerência:
    Sem a coerência, aquilo que escrevemos perde valor, e o leitor no mínimo não saberá ao certo sobre a confiabilidade do que está lendo.

    Persistência:
    99% (ou mais) desistem nas primeiras dificuldades. Se não sabemos onde queremos chegar, fica bem complicado.

    Personalidade:
    Cada blog é diferente, único e especial justamente pela roupagem que podemos dar aos conteúdos. Fundamental! Sendo que esse mesmo conceito já reforça o ponto que diz sobre a característica de sermos diferentes.

    Derrubar os outros:
    Típico exemplo de empresa, onde a subida de cargo obrigatoriamente significa a queda de alguém. Eu larguei o meu emprego justamente por isso.

    Acredito que esse “meio de campo” ficou embolado por uma série de ações que eu concordo que foram coerentes da sua parte. Não sei se você lembra, mas um dia eu cotei uma publicidade com você, e foi negada, devido a ser “incoerente” indicar um possível concorrente, e nesse ponto, eu até pedi a opinião do Iago, na época ele disse que não concordava, esses dias ele até tocou no assunto e eu até disse que para mim isso ai não tem nenhum problema, porque é meramente uma visão de negócios, e se cotei uma publicidade, posso ouvir um “sim, ou um “não”.

    Tempos passaram e eu até entendi a sua visão sobre a questão da publicidade e nem liguei mais para isso, acho que uma coisa não tem nada a ver com a outra, e se um dia eu quis anunciar aqui é porque o seu blog é altamente qualificado no ramo, e não temos como fugir disso.

    Após algum tempo, notei que uns comentários que enviei foram apagados, mas também passei a entender que existe uma “política”, e como não concordava, passei a não comentar mais.

    Resumindo a história, acredito que o FB tem uma linha editorial muito específica, com uma política estruturada. Obviamente, considero o seu projeto muito bom, mas por não concordar com algumas políticas eu reduzi as visitas.

    Eu visitar o FB ou não, isso não deve fazer nenhuma diferença para você. A única coisa que posso dizer algo, é que eu sempre acessei o FB com a esperança de uma política diferente, mas se ela não existe, fico por aqui desejando que você tenha sucesso e que mantenha essa coerência, mesmo que eu não concorde muito com essa visão.

    Abraços.

    Responder

    • Bruno,
      Não é bom faltar com a verdade. O contador do WordPress me mostra que você tem 5 comentários aprovados e publicados em meu blog e apenas 1 comentário seu foi excluído por conter poucas palavras relevantes ao tema e um link, claramente indo contra a política que aplico em meu blog.

      Você tem o direito de discordar da minha política de comentários, mas não tem o direito de querer que eu a mude ou altere.

      Realmente neguei exibir publicidade de seu blog. Já neguei até de parceiros como o Paulo Faustino (pergunta pra ele). Nego de dezenas de empresas todos os dias por vários motivos. Tenho o direito de ter meus critérios pessoais para definir o que deve ou não aparecer no meu blog.
      O blog é minha imagem e prezo por tal imagem.

      Normalmente nego fazer publicidade de blogs do mesmo nicho que o meu por um simples motivo: Se o seu blog for bom, por que pagar para aparecer em meu blog? Eu publico sobre o seu blog de graça. Sim, GRATUITAMENTE, se o seu blog for bom, relevante e útil para o meu público.
      É assim que mantenho minhas parcerias. Seu blog pode ser parceiro do meu blog.

      Olha: aqui tenho até uma Política para Parcerias. Que ironia. –> http://fblg.in/ni

      E você quer conversar sobre concorrentes? Olha a minha visão sobre concorrentes –> http://fblg.in/nj

      Entendeu agora!?

      Responder

      • Marcos,

        Eu era um aluno do seu blog desde 2010, e o primeiro artigo que eu li aqui foi sobre manter o foco dentro do blog, e partindo dessa linha comecei a projetar conteúdos com uma temática relevante ao assunto. Para mim o FB sempre foi uma verdadeira escola e nunca neguei isso a ninguém e respeito da qualidade do projeto. Hoje eu apenas mudei de escola, para uma que eu concorde com os termos de uso, pois isso é coerente.

        Esse e-mail que uso associado ao Metablog, tenho poucos comentários, pois há algum tempo eu não o visitava tanto quanto antes, porque não sei se você acompanha outros blogs, mas acabo participando mais ativamente de outros projetos, que não vem ao caso citar, porque não está na pauta da discussão, e não comentava mais aqui porque se eu não concordo com as políticas, eu simplesmente devo trancar a minha expressão, pois é contra a política de comentários, então preferia não opinar.

        Não tenho porque faltar com a verdade, da mesma forma que você não tem porque.

        Com relação a publicidade, está tudo esclarecido. Hoje eu entendo que o FB tem uma política de parceria, uma visão de concorrência e uma política de comentários bem específica, que também enaltece o valor da sua imagem pessoal.

        Como disse no outro comentário, isso para mim já estava esclarecido há tempos, apenas reforcei a relação da política de comentários, mas eu tenho certeza que isso não será mudado.

        E novamente, sou coerente em dizer para qualquer pessoa que sempre considerei o seu projeto qualificado, apenas não concordo com parte das políticas. Não concordando, não seria coerente que eu comentasse, mas alguns artigos eram bacanas e eu fui incoerente e comentei, igual estou sendo incoerente agora e comentando.

        É bem legal conversar quando temos a coerência. Enfim Marcos… se fosse para ficar falando sobre isso, não teria fim, porque concordar ou não a respeito de algo, está baseado em uma série de fatores, que não vem ao caso.

        Novamente, que o sucesso esteja com o seu projeto.

        Obrigado

        Responder

  7. Marcos,
    Tive grande identificação com o artigo, pois estou começando agora na blogsfera, trabalho com criação de sites desde 2009 (somente desenvolvimento), mas criar e elaborar artigos requer além do conhecimento do assunto, uma persistência maior. Você citou pontos importantes, os resultados são gradativos e não instantâneos, a custo de muito trabalho. Uma longa viajem começa pelo início!!!
    Abraço!

    Responder

  8. Bom dia Marcos.

    Acho essa discussão salutar, embora exista o desgaste entre os debatedores. Conforme exprimi minha opinião no Escola Sites, acho o Ferramentas Blog um grande canal de conhecimento, principalmente para quem está iniciando como blogger como eu, passo aqui com frequência para extrair conteúdos de qualidade.

    Ainda que discorde de você quanto à política de comentários e ainda que tenha assistido seu vídeo bem fundamentado sobre a necessidade de se filtrar comentários, entendo que o blog é seu e quem estiver frequentando-o sabe de suas preferências normativas, mas é preciso sempre estar atento às opiniões de quem nos cerca para que não se incorra no equívoco de você se passar por uma pessoa arrogante, sem humildade e que despreza os leitores, algo que sei que verdadeiramente você não é.

    Assim como você sou formado em Letras e sei que a nossa formação nos deixa mais criteriosos, principalmente quando se trata da palavra, que para mim é algo quase sacrossanto e ver comentários que não acrescentam nada ao post é realmente irritante.

    Sucesso, meu caro.
    Continue publicando artigos de qualidade.

    Responder

    • Antônio,
      É permitido a todos discordar, mas desde que seja respeitando o direito do outro de agir como lhe convém. A estrutura de meu blog me leva a gira de forma mais rigorosa e sou coerente em minhas ações.
      O mínimo que estou exigindo é respeito e que meu nome não seja usado de forma tão leviana, nem difamado como alguns fizeram só porque não tiveram seus comentários aprovados aqui. Se não são capazes de ler as regras, entender e aceitar meu direito de usá-las, como podem querer exigir que eu faça como eles querem? Em meu blog eu faço o que eu quiser.

      Muito obrigado pelo apoio e por entender meu ponto de vista.

      Responder

  9. Oi Marcos,

    Parabéns pelo seu artigo, principalmente pela sua defesa dos comentários de pessoas que se dizem blogueiros, que além de está ofendendo você e seu blog, estão agindo como crianças! Pois, se existe uma Política para comentários, é para ser respeitados. Outro dia tive um deslize no cometário meu do seu artigo de PÁGINAS ESTÁTICAS DO WORDPRESS, o meu comentário foi excluído e até entendo porque fiz uma pergunta que não tinha nada a ver com o artigo em questão. Se tinha uma dúvida porque não procurar enviar no CONTATO? Foi o que fiz e você tirou minha dúvida do comentário que havia excluído e nem por isso fiquei chateado. As pessoas não estão acostumadas a conhecer outras como você sendo sinceras e de opinião formada, estas pessoas preferem uma mentira que alimentem o ego, do que uma verdade para abrir os olhos. Não vejo os seus artigos como ofensas, pelo contrário, vejo como críticas construtivas.

    Abraços e sucesso…

    Responder

    • Wagner,
      É esse nível de maturidade que você tem que esperamos das pessoas na blogosfera. Você é uma pessoa muito atuante em meu blog com mais de 23 comentários aprovados e entende as regras de uso desse espaço aqui.
      Realmente quando as pessoas entram em contato direto eu tento responder da melhor forma possível.

      Muito obrigado pelo seu apoio.

      Responder

      • Oi Marcos,

        Obrigado por responder o meu comentário! Se permitir. Me cadastrei no Ferramentas Blog no dia 12/05/2011 e nunca dava valor no comentários dos visitantes, não lembro exatamente qual foi um artigo seu que me despertou nessa viagem que é criar um blog e aí pude observar os comentários dos visitantes que tinham dúvidas, sugestões. Comecei me interessar na parte da criação de blog e não tenho conhecimento nenhum e nem tenho um blog propriamente dito. Lembro-me que me apaixonei foi uns dos artigos que você escreveu do WIX que serve tanto na criação de blog ou site e percebi que minha área não é no momento a criação de blog. Procuro ler cada artigo sobre a criação de blog e vi também que muitas dicas pode criar sites magnificos tanto no Blogger e/ou WordPress, se souber usar as ferramentas certas, por isso o nome Ferramentas Blog, ela não é somente para criação de blog, também serve para criação de site. Parabéns a toda equipe Ferramentas Blog!

        Responder

  10. Acho super legal me fazerem criticas, discutirem o que posso melhorar no meu blog. Todavia, isso que está acontecendo é bem diferente… Não seria melhor gastar o tempo escrevendo e pensando no seu blog do que fazer comentários a respeito da vida e do trabalho dos outros?

    Desculpe, mas nem vou perder meu tempo entrando nesse debate, quer dizer, briga. Acho que é a coisa mais desnecessária que já vi na blogosfera.

    Apensar de escrever sobre o mesmo nicho que você, nunca tive problemas e sempre tive respeito da sua parte apesar do meu blog ter menos de 20% do número de visitas do FB.

    Continue com seu trabalho, você está de parabéns.

    Abraços

    Paulo Estevão

    Abraços

    Responder

    • Paulo Estevão,
      Primeiro quero dizer aqui o quanto admiro o seu trabalho e você sabe que o acompanho de perto. Concordo com o que você disse, especialmente com o despeito de alguns em pararem seus blogs apenas para ofender e difamar os outros sem conhecimento de causa.
      Isso virou uma briga e por isso meu artigo de resposta foi para falar da importância do respeito que precisa existir entre as pessoas.

      São pessoas como você, com trabalhos de altíssimo nível que me motivam e de quem aceito críticas, sugestões e opiniões. Os blogueiros mais novos devem se espelhar em seu exemplo, maturidade e inteligência.

      Muito obrigado pelo apoio.

      Responder

  11. Ola marcos!
    Isso pra mim são pessoas desqualificadas que tentam subir a qualquer custo e de qualquer maneira, e que acham que se pisarem em cima de outras pessoas irão longe, estão muitos enganadas.
    Do seu artigo aqui publicado, digo que este corretíssimo, e que muitos pontos que você levantou servem para a vida pessoal e não somente aos blogs.
    Eu quando vi esse artigo mesmo tendo minha opinião já formada e souber que tens politicas de comentários e outras politicas, que são necessárias, caso o contrario blog seria casa e todos iriam querem mandar, regras são necessárias em todos os lugares, não temos leis que são regras que ditam como deve ser nossa convivência por que seria diferente aqui.
    Creio que você esta no caminho certo, e essa discursão são pessoas que querem ser o que não são.

    Responder

    • Marcos Ricardo,
      Você disse a coisas certa. Algumas pessoas querem crescer rebaixando e humilhando os outros. Mas é bom lembrar que isso não ajuda em nada. Existe espaço pra todos, desde que respeitando uns aos outros.

      Muito obrigado por seu apoio.

      Responder

  12. Concordo com sua postagem Marcos! Acho que honestidade é a palavra certa. Possuo um blog sobre um assunto que é escrito por muitos profissionais da área, muitos destes até trabalhando na TV, e, mesmo assim, jamais os copiei/imitei.

    Responder

  13. Muito bom esse post Marcos, seus textos são sempre uma inspiração a mais.

    Daqui há seis dias, o meu blog sobre basquete, vai fazer oito meses. Nesse meio tempo, já conheci muitos blogueiros profissionais do meu nicho, como o Rodrigo, da Globo.com, Fábio Balassiano, da Uol e Byra Bello, do Sportv.

    Ainda não sou conhecido da grande maioria, mas acho que tenho a fórmula certa para um dia ser, que é a persistência e um objetivo.

    Esse texto ilustra tudo o que penso, inclusive, estou comentando ele, algo que confesso, não faço muito por aqui, apesar de ficar horas lendo seus textos.

    Parabéns e continue com esse trabalho maravilhoso e motivador!

    Responder

  14. Pingback: Seu Blog precisa de regras para comentários? | [ Ferramentas Blog ]

  15. O Dicas blogger é melhor que todos esses caras que comentaram ai, inclusive o FB…..junta todos, não da metade do que é o dicas blogger, msm meio parado.

    Responder

  16. Muito interessante esse artigo. A falta de personalidade é um terror. Já conheci pessoas assim e precisei me afastar. Parecia que estava vendo uma cópia de mim, como se fosse um clone, mas não físicamente.

    Responder

  17. parabéns pelo post, existem ferramentas também que faz o blog ser divulgado em vários sites de busca melhorando assim o número de visitantes o próprio google tem uma ferramenta que vc cadastra o seu site para que ele seja incorporado nas buscas

    Responder

  18. Olá, Marcos!

    Primeiramente quero lhe parabenizar por mais um excelente post. E parabenizo mais ainda pela sua atitude diante de tantas ofensas: VOCÊ NÃO SE REBAIXOU AO NÍVEL DELES!

    Confesso que acompanho sempre que posso, o FB e tenho aprendido muito com ele. O que não entendo é que todos os que se levantaram contra você, são (ou foram) seus “alunos”. E agora se acham no direito de lhe ensinar. Qual é o aluno que é maior que seu mestre??

    O blog que criei é totalmente diferente do nicho do FB, mas foi através do Ferramentas Blog que eu continuei com meu blog. Foi um dos seus artigos que me fez não desistir do blog. Foi muito motivador! Obrigado.

    Na minha opinião, os que te atacaram não querem motivação, mas atenção. Somente isso! Eu admiro muito seu trabalho e espero um dia ter a honra de hospedar meu blog no FBlog Host.

    Opinião e EXPERIÊNCIA é para ser respeitada e não discutida.

    Abraços, e obrigado pela ajuda com meu blog…

    Responder

    • Bia,
      Dar opinião é muito diferente do que eu descrevi aqui.
      Ninguém tem o direito de dizer se um blog é certo ou errado, se é feio ou bonito. você podem levantar seus pontos, mas não pode querer nem exigir que o dono de tal blog faça o que você acha que ele deve fazer. Dar opinião significa respeitar o direito do outro de fazer como ele quer, mesmo que você tenha algum ideia contrária à dele.
      Um blog é algo pessoal, mesmo sendo público. Nào podemos intrometer na vontade do outro.

      Responder

  19. Um artigo muito bom, parabéns. Acredito que respeito e credibilidade se conquistam com o tempo, e isso em qualquer área de trabalho. O problema é que nós brasileiros somos muito imediatistas, queremos tudo para ontem, e é por isso que muitos não conseguem alcançar o seus objetivos.

    Responder

  20. Nossa que resultado surpreendentes em adorei seu post muito interessam, na verdade estou adorando navegar em seu site, pois aqui encontro vários artigos interessantes de se ler como este.
    Bjss!

    Responder

Deixe um comentário

Ao comentar você concorda com nossa Política de Comentários.